Como gerar boleto bancário

Ainda entre os meios de cobrança e pagamento mais utilizados, saiba como gerar boleto bancário e otimizar os negócios como pessoa física ou jurídica.

Como gerar boleto bancário
Saiba como fazer a emissão como pessoa física ou jurídica

Mesmo com o advento dos meios digitais, o boleto bancário ainda está entre as opções mais usadas pelo brasileiro para pagar contas ou emitir cobranças a produtos e serviços, mas poucos realmente sabem como gerar boleto bancário e aplica-lo em seus negócios.

Um boleto bancário é resumidamente um título de cobrança de determinado valor emitido em nome de vendedores ou prestadores de serviço. Sua popularidade se deve principalmente pela facilidade de pagamento, já que não é preciso possuir conta bancária para pagar um boleto, uma vez que pode ser quitado tanto em agências bancárias (qualquer agência, desde que dentro do prazo válido), casas lotéricas ou mesmo pela internet ou smartphone, para quem possui conta em banco.

Como gerar boleto bancário como empresa

Aos enquadrados na categoria de Micro Empreendedor Individual (MEI) possivelmente já tiveram dúvidas sobre como gerar boleto a seus clientes; a boa notícia é que não somente é possível, mas é realmente simples.

DESCUBRA A CONTA BANCÁRIA SOB MEDIDA PARA O SEU NEGÓCIOsaiba mais

Para emitir um boleto que permita o recebimento sobre a venda de produtos e a prestação de serviços, o empreendedor MEI precisa apenas ter uma conta corrente válida e habilitada para esse fim; a conta estará apta a esse tipo de operação assim que o pedido for efetuado pelo correntista junto ao gerente de sua conta, permitindo a cobrança por meio de boletos bancários.

Muitas instituições bancárias, como o Itaú e o Santander ainda oferecem uma série de facilidades à esta modalidade, como a possibilidade de pedir o uso de boletos diretamente pelo internet Banking, assim como a geração e emissão do boleto de maneira totalmente online, através de um formulário de simulação.

Como pagar o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional)

Como pessoa física

Quem não se caracteriza como pessoa jurídica também não fica excluído do benefício, mas existem algumas diferenças em como gerar boleto para pessoa física. A princípio, o processo é simples e semelhante aos usuários do MEI, devendo a pessoa física possuir uma conta corrente regular e então dirigir-se à sua agência bancária a fim de comunicar o gerente que a conta será utilizada para receber fundos cobrados via boletos bancários. Esse serviço é disponível na grande maioria dos bancos, através da contratação de pacotes adicionais.

Tanto para pessoa física quanto jurídica, a emissão do boleto pode ser efetuada diretamente pela entidade bancária ou através de alguns dos diversos programas disponíveis, os quais podem ser encontrados tanto no formato pago, quanto gratuito, como é o caso da BoletoCloud.

Quem desejar pode ainda recorrer a plataformas on-line de empresas especializadas na geração e emissão eletrônica de boletos, as quais se apresentam como boas opções, pois oferecem amplo suporte, tanto na emissão quanto no gerenciamento dos mesmos onde, além de avisos de pagamento, a empresa pode se responsabilizar até mesmo pelo envio dos boletos pelos correios. Como exemplo, podemos citar a Nibo como referência neste segmento.

 Encontre a melhor solução de conta bancária para o seu negócio. Veja aqui! 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar