Como funciona o financiamento de terreno da Caixa

Que documentos e condições são necessários preencher para o financiamento de terreno da Caixa para fins de aquisição ou construção? Conheça aqui.

Como funciona o financiamento de terreno da Caixa
Condições especiais para quem recebe até R$ 3.500,00

O financiamento de terreno da Caixa é uma modalidade de aquisição de crédito imobiliário que permite financiar até 90% do valor do terreno não comprometendo mais do que 30% da renda bruta familiar e usando o FGTS como parte do pagamento com juros de 5% ao ano. Além disso, pelo programa Minha Casa Minha Vida, famílias com renda de até R$ 3.600 têm descontos e condições especiais.

Financiamento de terreno da Caixa: como funciona

As condições para financiar um terreno ou uma construção são praticamente as mesmas do financiamento imobiliário da Caixa. A página de financiamento de terreno da Caixa possui um simulador em que o interessado pode preencher um formulário contendo a renda bruta familiar mensal, a data de nascimento do comprador e a localização do imóvel. Após preencher, o site irá mostrar o valor máximo da parcela, do terreno e a quantidade mínima e máxima de meses para quitar o financiamento.

Características

O financiamento de terreno da Caixa pode ser requerido tanto por interessados em adquirir um terreno como por aqueles que já têm o terreno e precisam de crédito para a construção. Lembrando que o comprometimento com o financiamento não pode superar 30% da renda. Para entender melhor, vamos a um exemplo prático:

Uma pessoa com renda de R$ 3.500 mensais quer solicitar um financiamento de terreno da Caixa para aquisição. O terreno custa R$ 100 mil e a entrada é de 10% do valor total, com juros de 5% ao ano.

Entrada: R$ 10 mil

Valor do terreno: R$ 100 mil

Valor financiado: R$ 90 mil

Valor máximo da prestação com base na renda: R$ 1.050

Baseado na renda do comprador, a quantidade mínima de meses para obter o financiamento do valor solicitado será de 240 meses e a máxima, de 360 meses. Para o caso apresentado, não é possível fazer em menos tempo, pois existe a questão do comprometimento máximo de 30% da renda. Na opção de 180 meses, teto do valor do terreno seria de R$ 97 mil, já contando com os 10% da entrada, o que não seria suficiente para um terreno avaliado em R$ 100 mil.

Como fazer o financiamento de terreno da Caixa

Em apenas três passos, saiba como dar entrada no interesse em adquirir o financiamento de terreno da Caixa, a seguir:

1. Entre no site da Caixa e preencha a simulação de financiamento até o fim com os dados solicitados;

2. Confira a documentação necessária e compareça a uma agência da Caixa munido dos documentos pedidos;

3. Quando o seu contrato for aprovado, a Caixa avalia o terreno e o crédito é liberado.

Documentação necessária para comparecer à Caixa

Quanto maior o vínculo que o comprador tem com a Caixa, melhores serão as condições oferecidas para o seu financiamento. Além de fazer a simulação pela internet, também é interessante conversar com o gerente da agência e ver quais são as condições. Quem já tem toda a documentação completa deve levá-la a agência da Caixa. Veja a lista de documentos que você deve ter para solicitar a aprovação de um financiamento com a instituição:

Do comprador

  • Documento de identificação
  • Comprovante de renda
  • Quando for usar o FGTS como parte ou total da entrada, o comprador deve apresentar a última declaração de Imposto de Renda e o comprovante de entrega na Receita Federal. Para quem está incluído na faixa de renda isenta (até R$ 3.500/mês), não é necessário.

Do imóvel

  • Certidão atualizada e de inteiro teor da Matrícula do imóvel
  • Do vendedor do imóvel

Quando for Pessoa Física (PF)

  • Documento de identificação
  • Comprovante de estado civil

Quando for Pessoa Jurídica (PJ)

  • Representante Legal: Documento oficial de identificação Empresa Ltda ou Firma
  • Individual:
  • Documento de constituição e alterações devidamente registradas e
  • Certidão Simplificada da Junta Comercial
  • S/A: Estatuto Social e Ata de Eleição da última Diretoria publicada no Diário Oficial

Condições

  • Ter mais de 18 anos ou mais de 16, quando emancipado;
  • O financiamento não pode comprometer mais do que 30% da renda familiar mensal bruta;
  • Capacidade civil de pagamento e nome limpo;
  • Não possuir outro financiamento de imóveis ativo pelo Sistema Financeiro de Habitação no Brasil;
  • Não ser proprietário de outro imóvel na mesma cidade onde quer financiar ou na cidade onde trabalha – incluindo municípios da região metropolitana, quando houver;
  • Não ter recebido o desconto do FGTS para a aquisição de outro imóvel, anteriormente;
  • O imóvel deve ser usado exclusivamente para a moradia de quem contratou o financiamento;
  • A garantia do financiamento é o próprio imóvel.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar