Como fazer uma carta de apresentação para uma empresa

Aprenda como fazer uma carta de apresentação formal e com personalidade e fuja dos clichês quando procurar um emprego.

Como fazer uma carta de apresentação para uma empresa
Uma dica: seja você mesmo e não cometa erros de gramática e ortografia

O candidato já enviou o CV, mas se deparou com o pedido de uma apresentação pessoal. A primeira pergunta que vem em mente é como fazer uma carta de apresentação sucinta, que não entregue todo o ouro do que tem no CV. Não precisa se desesperar. A carta de apresentação, geralmente, é um resumo da sua trajetória profissional e formação, e uma breve descrição das suas características comportamentais e perfil, que não costumam constar no CV.

Como fazer uma carta de apresentação - regras básicas

O que uma empresa quer avaliar com o pedido da carta é, além de simplificar processos e reduzir o tempo da triagem de currículos, se o candidato é capaz de descrever sucintamente o que é pedido, como foi feita a formatação da carta e se há erros de ortografia e gramática. O ideal é não ultrapassar 4 parágrafos e não evitar ao máximo os clichês como “Atuo no segmento há X anos” e mostre que você tem personalidade ao redigir a sua carta. Quer aprender como fazer uma carta de apresentação completa e objetiva? Siga as dicas a seguir.

Saudação

Uma boa sugestão de como fazer uma carta de apresentação é começar por uma saudação neutra. Tratamentos como Caro(a) e Prezado(a), seguido de Sr.(a) são um cumprimento educado. Evite utilizar Olá, pois é informal demais. Bom dia e boa tarde também não são aconselhados, pois você não sabe em que período o recrutador lerá a sua carta. Se já sabe o nome do recrutador, coloque após a saudação, na mesma linha. Veja abaixo um exemplo:

"Cara Sra. Fulana de Tal,"
"Prezado Sr.,"
"Caro Sr.,"

Caso for enviar a carta a um departamento específico e não tem o nome dos recrutadores, você pode optar por iniciar com uma saudação mais formal, destinada ao departamento:

"Ao Departamento de Recursos Humanos,"

MELHORE
O SEU
CV COM 
UM CURSO
SUPERIOR
Comece já!

Desenvolvimento

Depois de fazer a saudação, a primeira informação que você deve incluir é a indicação, somente se a tiver, pois é uma informação muito interessante ao recrutamento e merece uma posição no começo da carta, a fim de despertar mais interesse:

"Por indicação da Sra. Fulana, cargo X na companhia envio o meu CV para apreciação."

"Por indicação do Sr. Fulano, envio o meu CV para análise do departamento responsável."

Agora é hora de iniciar a sua apresentação. Há quem diga que o primeiro parágrafo deve ser dedicado aos seus anos de experiência na área, mas isso não é válido para quem ainda não começou a carreira ou julga que isso não é tão importante quanto outra característica, como uma formação acadêmica com excelência. Dentro do âmbito de formação acadêmica e percurso profissional, escolha o que você tem de melhor para começar e prender a atenção do recrutador:

Opção 1
“Candidato-me à Vaga X por cumprir os seguintes pré-requisitos:

  • Liderança de equipes
  • Planejamento
  • Inglês fluente

Há 4 anos trabalho no segmento de Planejamento Comercial. Nesse período, tive a chance de trabalhar em grandes companhias, como A, B, C, e D, onde conquistei o cargo de Coordenadora de Projetos. Hoje, busco novas metas e desafios profissionais e mais aprendizado, e escolhi a empresa X para tal"

Opção 2
“Sou formado em Administração com ênfase em comércio exterior e frequento pós-graduação em Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas. O meu percurso acadêmico foi honrosamente mencionado na instituição e os meus trabalhos de pesquisa e iniciação científica tiveram grande impacto nos conhecimentos que julgo pertinentes para concorrer à vaga.”

No terceiro parágrafo, você poderá falar um pouco sobre o seu perfil comportamental, conhecimentos de idiomas que possam ser pertinentes à vaga e experiências internacionais.

Opção 1
"
Possuo certificado do TOEFL com score de 700 e Espanhol em nível intermediário pelo Instituto Cervantes. Fiz um intercâmbio acadêmico de um ano em Malta e também trabalhei no país. Sou curioso, interessado em ouvir e propor novas ideias e tenho grande habilidade de aplicar a teoria à pratica.”

Opção 2
“Entre as minhas características comportamentais, destacam-se a criatividade, a curiosidade e o interesse e facilidade em aprender, além da paciência. Sou bom ouvinte, tenho capacidades notáveis em liderança de equipes com flexibilidade e resiliência, comprovadas por feedbacks positivos que recebi de gestores ao longo da minha carreira.”

No último parágrafo, você pode destacar o que o atraiu para candidatura à vaga da companhia. Qual foi o motivo da candidatura? Por que você tem interesse em fazer parte da empresa? Se o motivo foi puramente a necessidade de trabalhar, pesquise sobre a empresa e verifique as características que você valoriza e que ela possui. Um bom jeito é observar a missão a visão e os valores e relatórios de sustentabilidade e relacionamento com investidores. Notícias positivas e recentes sobre a companhia também são bem-vindas. Veja um exemplo abaixo:

Opção 1
“O meu interesse em fazer parte da EDP Brasil partiu de um intercâmbio que fiz em Portugal, onde tive a chance de estagiar em uma empresa portuguesa. Interesso-me pelo modo uma gestão portuguesa aplica os valores da empresa no dia-a-dia e valoriza os conhecimentos técnicos e acadêmicos. Quanto ao objetivo, pretendo integrar a equipe de comunicação sustentável e agregar valor percebido à companhia tanto às comunidades vizinhas de unidades de geração quanto, consequentemente, aos stakeholders.”

Opção 2
“Tenho imenso interesse em fazer parte da companhia desde que pesquisei um relatório de sustentabilidade e relações com investidores para fazer um trabalho acadêmico e observei o compromisso e seriedade com que são tratados os investidores. E isso se reflete no valor das ações da empresa, que teve alta de X% no período compreendido entre 2015 e 2016, devido às mudanças na gestão e reestruturação hierárquica.”

10 pecados em uma entrevista de emprego

Despedida

Ao pesquisar sobre o assunto para redigir a minha própria carta de apresentação, vi um modelo que dizia "Coloco-me à inteira disposição para prestar esclarecimentos". Ok, a carta precisa ser formal, mas você não precisa ser submisso ao ponto de parecer que recebeu uma intimação judicial da empresa. Ao invés de usar esses clichês, mais vale mostrar a personalidade apelando à simplicidade.

Opção 1
“Coloco-me à disposição para um contato pessoal, cujas informações disponibilizo abaixo.

Fulano de Tal
Telefone”

Opção 2
“Aguardo o vosso feedback e fico à disposição para contar mais de minha trajetória em um contato pessoal.

Atenciosamente,
Fulana de Tal
Telefone”

Formatação

A formatação é outro ponto importante de um CV. O melhor jeito de não falhar é redigir uma carta de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas. Veja abaixo quais são elas e como fazer uma carta de apresentação no padrão ABNT.

Fonte

Se a empresa for mais formal, opte por uma fonte com serifa, como a Times New Roman. Caso a companhia esteja num meio-termo entre formal e informal, use a Arial. Se você tiver certeza de que a companhia é descontraída, pode apostar na Century Gothic. Usando uma dessas três nessas circunstâncias, a fonte não vai ser um critério que vai te desclassificar para a vaga em questão.

Tamanho

O padrão da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o 12 para textos e 14 para títulos. A sua carta será inteira em tamanho 12. Não é preciso escrever centralizado “Carta de Apresentação” no topo do documento. Mas, se optar por escrever, use o tamanho 14, indicado para títulos.

Justifique o texto

A ABNT também determina que todos os textos escritos sob suas normas devem ser justificados. Depois de escrever a carta, selecione-a por completo e, nas opções da Página Inicial do Word 2013, abaixo das opções de tópicos e numeração, procure uma opção que tem um ícone com 4 linhas retas. O texto justificado diagrama as palavras para que todas as linhas tenham o mesmo tamanho.

Margens do documento

Nas opções do Word 2013, vá em Layout da Página e clique em Margens. A última opção é Margens Personalizadas. Clique ali e preencha os campos conforme segue:

Margem superior: 3cm
Margem inferior: 2cm
Margem esquerda: 3cm
Margem direita: 2cm

Espaço entre linhas

O espaçamento entre linhas deve ser de 1,5. Na Página Inicial do Word 2013, a opção está ao lado do botão de justificar texto. Clique ali e selecione a opção automática 1,5.

Boa sorte!

Fale inglês e tenha mais sucesso na sua carreira. Faça um teste e melhore o seu nível.

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar