Como fazer um plano de negócios

Fazer um plano de negócios parece algo muito difícil? Conheça nossas dicas de como fazer um plano de negócios de forma simples e rápida.

Como fazer um plano de negócios
Conheça 6 dicas de como fazer um plano de negócios simples

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

“Antes de se aventurar no mercado você precisa fazer um plano de negócios”. Toda pessoa que quer empreender já ouviu uma frase como essa. Mas como fazer um plano de negócios? É algo complicado? Precisa contratar um profissional? Conheça um passo a passo simples de como montar o seu plano de negócios de forma eficiente e rápida.

Como ganhar muito dinheiro em 2016

6 dicas de como fazer um plano de negócios simples

 

1- Busque uma metodologia

Existem muitos métodos de fazer um plano de negócio diferentes na internet. Não existe um que seja melhor ou pior, existe aquele que é mais adequado ao seu modelo de negócio. Procure um modelo de plano de negócios que se encaixe no perfil da sua empresa.

2- Analise o mercado

Esse é um dos passos mais importantes de todo o plano de negócios. Você precisa avaliar detalhadamente a situação do mercado em que deseja se inserir. É importante saber alguns pontos básicos como:

  • O crescimento médio do setor na cidade onde você quer instalar a sua empresa nos últimos anos
  • Os períodos de sazonalidade (período que em se fatura mais ou menos)
  • O número de concorrentes e o tamanho das empresas que concorrem com o seu negócio.

3- Estude o seu público alvo

Após conhecer o mercado é hora de definir quem será o seu público alvo. Defina pontos como:

  • Qual é a faixa etária do público que quero atingir
  • Qual é classe social/financeira do público do meu produto/serviço
  • Qual é o perfil de consumo desse público
  • Qual é a forma de pagamento que esse público prefere
  • Quais são os interesses e hobbies dessas pessoas que serão meu público (e que facilitará as suas estratégias para atraí-los para o seu negócio)

Lembre-se sempre que quem irá garantir o sucesso ou o fracasso do seu negócio é o consumidor, por isso pesquise sobre o que ele deseja e como atingí-lo da maneira correta.

Trabalhar por conta própria ou ser empregado: qual a melhor opção para você?

4- Tenha um diferencial

Você não vai abrir um negócio para ser mais um opção para o setor do mercado, certo? Você tem que ter um diferencial para atrair o público para o seu negócio, reinventar uma necessidade. Sabe aqueles produtos/serviços que depois que começamos a usá-los pensamos: “Como é que eu vivia sem isso antes?”, esse é o ‘pulo do gato’, algo que as pessoas conheçam e passem a querer utilizar/comprar sempre, que seja revelante em suas vidas. Conheça o seu diferencial deixe-o muito claro aos seus parceiros e funcionários.

5- Mantenha a consistência e busque sempre por novidades

QUER INICIAR O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO?
Cadastre-se e receba as melhores dicas, informações e oportunidades para investir no negócio próprio.

Se você já deixou todas as etapas acima bem definidas, siga com elas até o fim do plano e no andamento do seu negócio. É comum os empreendedores definirem o seu plano e logo deixá-lo para lá, ‘deixar o negócio andar’ e esquecem as prioridades estabelecidas. Atenha-se ao que foi definido, esteja sempre analisando o mercado, estudando o seu público e buscando novas estratégias. O mercado hoje é volátil, muda rápido e novas estratégias surgem rapidamente, se quiser que seu negócio tenha sucesso, você precisa acompanhar essas mudanças.

6- Pense no cenário – do pessimista ao otimista

Muitas pessoas fazem o plano de negócios imaginando a média de crescimento do mercado, os custos gerais que terá e o lucro previsto. Isso é ótimo, mas não basta. É preciso aprender como fazer um plano de negócios imaginando os 3 cenários que a empresa pode enfrentar: a situação pessimista, realista e otimista. A otimista é necessária pois pode acontecer do negócio dar muito certo inicialmente e o lucro ser mais alto do que o empreendedor imagina – isso dá margens para que ele pense que a reta será sempre ascendente e gastar mais do que pode, sem se precaver para uma possível queda futura.

A pessimista é importante para o empreendedor saber manter o seu negócio mesmo se os planos não derem tão certo quanto ele imagina inicialmente, é preciso gerenciar a crise e fazer o negócio crescer, portanto é preciso estar pronto para enfrentar o cenário onde tudo deu errado sem fechar as portas cheio de dívidas.

Por que é importante fazer um plano de negócios?

São diversos os motivos. Saber como fazer um plano de negócios vai te ajudar a:

  • Com o plano de negócios, você terá a real noção da viabilidade do seu negócio no mercado que você quer se inserir
  • O plano de negócios é também uma ferramenta que vai te ajudar a gerir a sua empresa, não é útil somente na preparação para abertura do negócio.
  • O plano de negócio vai deixar claro qual é a missão e os objetivos da empresa, assim fica mais fácil transmitir esses conceitos para funcionários e parceiros
  • O plano de negócios te ajuda a figurar as previsões pessimistas, realistas e otimistas de crescimento, assim o empreendedor já fica preparado para as situações que poderá enfrentar no futuro da empresa.

Portanto, vê-se que aprender como fazer um  plano de negócios é algo importante e que trará benefícios para o crescimento saudável da sua empresa. Planejamento é a chave do sucesso. Batista Gigliotti, coordenador da Fundação Getúlio Vargas, e Alvaro Cardoso Armond, professor da pós-graduação do Insper, são entusiastas do modelo de plano de negócios tradicional e eles dão dicas de como elaborá-lo de maneira simples e rápida, sem complicação.

Encontre a conta bancária ideal para você. Saiba mais.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar