Como fazer um empréstimo no banco

Saiba como fazer um empréstimo no banco e os documentos exigidos. Veja como é importante organizar o orçamento e pesquisar as melhores taxas de juros oferecidas.

Como fazer um empréstimo no banco
Os bancos têm diferentes condições e juros que influenciam na escolha

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

Quem precisa levantar algum dinheiro e tem pressa acaba sempre pensando em como fazer um empréstimo no banco. Seja para concluir algum negócio imperdível, ou para situações de urgência, às vezes a solução é recorrer aos pedidos de crédito. Quando pensar em como fazer um empréstimo no banco sem correr o risco de cair na inadimplência, é importante considerar alguns aspectos importantes como a taxa de juros cobrada pelo banco escolhido. A percentagem do salário que irá ficar comprometida com o pagamento das parcelas também deve ser bem ponderada.

Fazer empréstimo para pagar as dívidas compensa?

Como funciona o crédito pessoal? 

O crédito pessoal, também chamado de empréstimo pessoal, é feito mediante a um contrato entre o banco e a pessoa solicitante e requer aprovação prévia. É importante saber que, independentemente de qual escolher, todos os bancos vão cobrar juros – do contrário, não teria nenhuma vantagem emprestar o dinheiro.

Depois de escolher o banco, ponderando as condições e exigências de cada um, o próximo passo é dirigir-se à agência. Para aprovar o crédito, será preciso comprovar que tem condições de pagar as prestações e, para isso, será necessário fornecer cópias de documentos e comprovativos ao banco.

O banco analisa o pedido de crédito, bem como a documentação entregue e comunica a decisão ao cliente. Desde que o pedido de empréstimo seja aprovado, basta assinar o contrato e esperar que o dinheiro seja disponibilizado na conta. Vale lembrar que, todo esse procedimento torna-se mais rápido e menos burocrático quando o empréstimo é feito no banco onde se é correntista.

Com o empréstimo feito, começam a ser cobradas as prestações mensais. Alguns bancos chegam a parcelar o montante em 36 vezes, mas isso depende do seu acordo e do valor máximo das prestações em cada caso.

Veja algumas estratégias para organizar as finanças pessoais

Como fazer um empréstimo no banco e conseguir pagar as parcelas

Antes de começar o processo para pedir um empréstimo, é muito importante se organizar e fazer bem os cálculos. É fácil cair na inadimplência quando o valor cobrado em cada parcela é maior do que aquilo que a pessoa tem disponível no orçamento mensal.

CONTROLE AS SUAS FINANÇAS
Com o cartão de crédito certo, você pode fazer compras programas e colocar as finanças em dia. Encontre o melhor cartão de crédito para você.

Pesquise as melhores taxas de juros disponíveis e fuja dos bancos que cobram taxas muito altas e que, em contrapartida, são flexíveis nas exigências. Em alguns casos, vale mais a pena fazer o empréstimo no banco onde é correntista pois alguns oferecem condições especiais para clientes. Para consultar os juros das instituições bancárias basta acessar o site do Banco Central, onde essas informações estão sempre atualizadas.

Para que o orçamento não entre em total descontrole, não comprometa mais do que 30% dos rendimentos mensais com o pagamento das parcelas. Portanto, se for necessário, opte por aumentar o tempo do empréstimo para diminuir o valor das parcelas. Se ainda assim, o valor da parcela for superior a 30% do salário, o melhor é não arriscar.

Como fazer um planejamento financeiro para o ano todo

Exigências dos bancos

Quando se pensa em como fazer um empréstimo no banco, normalmente pensa-se também nas exigências de cada um. Isso varia conforme a instituição e, normalmente, a burocracia é menor quando o empréstimo é feito no banco onde é correntista. Apesar de haver diferenças nos pré requisitos, esses são os que normalmente são exigidos:

  • Ter mais de 18 anos.
  • Ter residência fixa no Brasil.
  • Apresentar RG (Carteira de Identidade) ou Carteira de Motorista (CNH) e CPF.
  • Apresentar comprovante de residência e de renda atualizado.
  • Não estar com restrições cadastrais no SPC/Serasa/CCF/Cadin etc.
  • Oferecer referências comerciais ou familiares.
  • Possuir número de telefone e DDD fixos e celulares.
  • Comprovar renda mensal.
Encontre a conta corrente ideal para você. Saiba mais.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Poliana Oliveira Poliana Oliveira

Nasceu em Brasília, cresceu em Goiânia e vive há oito anos em Portugal. Formada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Trabalha na área de Marketing Digital. Adora cães, cinema, dança e viagens.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar