Como fazer intercâmbio pela AIESEC

Quer ter uma experiência de trabalho voluntário ou remunerado no exterior? Faça um intercâmbio barato pela AIESEC. Saiba como funciona.

Como fazer intercâmbio pela AIESEC
Saiba como funciona o intercâmbio pela AIESEC e por que ele é o mais barato

Você tem interessse em fazer um intercâmbio barato que dê oportunidade de morar num país estrangeiro e ainda ter uma experiência profissional ou voluntária por lá? Então você precisa conhecer a AIESEC. Saiba o que é, como funciona e com se candidatar a vagas de intercâmbio por essa instituição.

O que é a AIESEC

aiesec

A AIESEC é uma organização sem fins lucrativos gerida por jovens universitários, que visa desenvolver liderança responsável e empreendedora através de intercâmbios realizados em parceria com organizações e instituições ao redor do mundo todo. A instituição é reconhecida pela ONU e atualmente está presente em mais de 120  países e territórios e realiza cerca de 20.000 mil intercâmbios por ano.

A AIESEC surgiu após a Segunda Guerra Mundial quando jovens estudantes de 7 países europeus seu uniram no propósito de criar uma entidade que promovesse intercâmbio de pessoas para diversos países com a intenção de contribuir para a integração entre culturas diferentes.  Com sede no Brasil e no mundo, a AIESEC consegue promover intercâmbios baratos por ser uma instituição que não visa o lucro. Portanto, é um investimento bem mais em conta do que as agências de intercâmbio comuns e com uma vivência no exterior incrível, que pode ou não contar com remuneração do seu trabalho por lá.

Intercâmbio pela AIESEC – Tipos e objetivos

A AIESEC tem por objetivo criar a possibilidade para que jovens do mundo todo desenvolvam seus potenciais de liderança, cresçam pessoalmente e gerem um impacto positivo na sociedade onde vão morar no exterior e também no seu lugar de origem, na volta da experiência. É uma entidade que tem responsabilidade social – não manda jovens para o exterior só para viajar e conhecer outros lugares – já que trabalha em parceria com instituições que buscam melhorar da sociedade onde estão instaladas.  

Existem dois tipos de intercâmbio que são oferecidos pela AIESEC

Programa Cidadão Global – esse é um programa de trabalho voluntário no exterior.  É um programa que te insere em projetos culturais, sociais ou educacionais de ajuda à população da cidade destino.  As possibilidades de atuação são muitas: educação cultural, ensino de novas línguas, execução de workshops, etc.  O intercambista trabalha junto a ONGS e instituições sem fins lucrativos e não é remunerado pelo seu trabalho. Algumas instituições oferecem itens para ajudar os voluntários, como estadia ou alimentação, mas não é obrigatório, isso varia de organização para organização.  A duração do intercâmbio é de 1 a 4 meses.

Ganhe um tablet para aprender inglês oferta limitada
Programa Talento Global – é um programa de trabalho/estágio remunerado no exterior. Nesse programa, você é contratado e recebe um salário suficiente para arcar com as suas despesas básicas (hospedagem, alimentação e transporte) no país destino. Algumas instituições da AIESEC oferecem moradia para os intercambistas, depende da sede da AIESEC do lugar onde você vai morar. O intercâmbio pelo Programa Talento Global é interessante para quem quer ter um aprendizado profissional num país estrangeiro e trazer essa experiência para a sua vida e para o seu currículo. A duração do intercâmbio é de 3 a 12 meses.

Quanto custa fazer um intercâmbio pela AIESEC

Os valores mudam anualmente, é preciso estar atento e procurar a unidade da AIESEC mais próxima de você para confirmar os valores corretos. Você pode conferir no site oficial da instituição no Brasil. Os valores para 2015 praticados pela AIESEC no Brasil foi:

  • Para o programa Cidadão Global:  taxa de R$ 1.450,00
  • Para o programa Talento Global: taxa de R$ 1.990,00

Os custos com documentação (visto, passaporte), passagem aérea e seguro de saúde são de responsabilidade do intercambista nos dois programas, não há auxílio da AIESEC no pagamento desses custos.

Pré-requisitos para fazer um intercâmbio pela AIESEC

Para fazer parte dos programas dos programas de intercâmbio da AIESEC você precisa:

  • Ter entre 18 e 30 anos
  • Estar cursando uma faculdade ou pós graduação. Ou então ter finalizado o seu ensino superior a no máximo 2 anos (respeitando o limite de idade).
  • Ter nível de inglês ou espanhol intermediário. Para algumas vagas, a exigência pode ser ainda de nível avançado ou de outro idioma específico, isso depende do país para onde você for. Para a maior parte das vagas, a exigência é de inglês intermediário.

Como participar – Passo a passo

 Decida qual programa de intercâmbio você quer participar.  Você pode se inscrever para os dois, se desejar, mas é indicado já ter em mente seu objetivo definido: voluntariar ou trabalhar.

2º Acesse o site da AIESEC e inscreva-se. No site brasileiro, o programa Cidadão Global está definido com “Intercâmbio Social” e o Talento Global está como “Intercâmbio Profissional”.

3º A equipe da AIESEC mais próxima irá entrar em contato com você. Nessa etapa eles irão te explicar todo o processo e você pode também tirar todas as dúvidas que surgirem. Se estiver de acordo, vocês partem para a entrevista, que pode ser presencial ou por Skype.

4º Você pode ou não ser aprovado. Eles fazem a entrevista para verificar se o que você procura em um intercâmbio é o que a AIESEC vai te oferecer e para verificar a sua fluência na língua requisitada. A maioria das vagas estão nos países em desenvolvimento, como na Índia, China e Rússia, assim como toda a América Latina. Existem vagas para a  Europa Ocidental e para os Estados Unidos, mas em menor número esão muito mais concorridas, portanto têm aprovação mais difícil e mais demorada.

5º Caso você seja aprovado, o próximo passo é comparecer à AIESEC para assinar o contrato e pagar a taxa de inscrição do seu programa. Após assinar o contrato e efetuar o pagamento, você terá acesso ao sistema Myaiesec. É nesse sistema que você pesquisará sobre os projetos existentes em diversos países. Cada vaga possui uma “Job Description”, que nada mais é que descrição do projeto. Nela, você encontrará informações como data de inicio e término do projeto, habilidades necessárias, descrição do serviço que será realizado e possíveis benefícios como acomodação e alimentação.  Atenção: você só poderá ver os projetos discriminados após pagar a taxa, por isso é preciso cautela.

6º Você terá acesso a projetos abertos com vagas nas mais diversas áreas (já alertamos de antemão que o maior número de vagas é para trabalho remunerado está nas áreas de gestão, engenharias e tecnologia da informação). Após encontrar um projeto que te agrade, o próximo passo é enviar um email para a pessoa responsável pela vaga no país  destino, manifestando seu interesse. Caso o retorno seja positivo, vocês farão uma entrevista via Skype. Deixando o seu currículo (em inglês) e contato com a AIESEC pode haver também empresas e instituições que entrem em contato com você pois estão interessados no seu trabalho (profissional ou voluntário). A equipe AIESEC local pode te ajudar na decisão de escolher o melhor projeto.

 Caso as suas intenções e os objetivos da empresa combinem, eles dizem que deu “Match”, ou seja, combinou e vocês podem fechar o intercâmbio. A partir de então vocês irão fazer uma troca de cartas onde ambos se comprometem com o que está descrito no “Job Description”.

Dica do E-konomista: Antes de fechar com qualquer empresa o trabalho voluntário ou remunerado, procure outros intercambistas que fizeram o mesmo trabalho que você pretende fazer por lá. Há relatos de pessoas que tiveram experiências incríveis e que mudaram a suas vidas com os intercâmbios da AIESEC e outros que já passaram por dificuldades, empresas que não cumpriram com o combinado, os pagamentos não foram feitos como deveriam, etc. Há vários grupos no Facebook onde você pode conversar com outros intercambistas e descobrir como foram as experiências deles, para garantir que a sua vai ser como você imagina.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar