Como fazer chupeta no carro: passo a passo

Entenda como fazer chupeta no carro pode dar sobrevida à bateria arriada e livre-se de situações emergenciais.

Como fazer chupeta no carro: passo a passo
Saiba como fazer chupeta no carro em situações de emergência

O bom funcionamento do sistema elétrico do carro depende diretamente das condições da bateria. Por isso, saber como fazer chupeta no carro pode salvar motoristas que se encontrem numa situação emergencial, embora o procedimento seja visto com ressalvas pelos fabricantes de veículos.

Isso porque ao receber uma carga externa, o sistema elétrico de ambos os carros - tanto o que fornece, como o que recebe a energia - pode se desestabilizar, provocando sérios danos aos componentes eletroeletrônicos. Sendo assim, é muito importante saber como fazer corretamente esse procedimeto, conhecido popularmente como chupeta, devido a forma com que a bateria obtém essa carga de energia extra.

Como fazer chupeta no carro com cabo de transmissão

O primeiro passo de como fazer chupeta no carro é rápido e simples de se fazer: o motorista precisa ter atenção redobrada e não fazer com pressa. O material necessário é um cabo do tipo jacaré, também conhecido como cabo de bateria ou cabo de arranque de emergência. Esse cabo tem quatro extremidades, duas vermelhas, que sinalizam a polaridade positiva, e duas pretas, que são as pontas negativas.

confira
uma solução de seguro sob medida para você

Antes de tudo é preciso ter certeza de que o carro está desligado e que não tem qualquer dispositivo que funcione a eletricidade ligado.

Primeiro, uma das pontas vermelhas deverá ser plugada no pólo positivo da bateria do carro arriado, sinalizada com um sinal de +. Em seguida, a outra extremidade vermelha deverá ser conectada à bateria que vai ceder a carga. Depois, é a vez da ponta negativa, que primeiro será fixada na bateria carregada, para depois ser conectada à bateria sem vida. Essa ponta também é sinalizada, mas com o sinal -.

Após a fixação do cabo de bateria, o carro com bateria carregada deverá ser ligado por cerca de três minutos e, em seguida o carro com a bateria arriada.

O carro que recebe a chupeta precisa permanecer ligado por aproximadamente quinze minutos, para garantir a carga completa de sua bateria. Ou seja, como fazer chupeta no carro, embora seja uma ação simples, toma algum tempo e depende da ajuda de terceiros, fica claro que o melhor mesmo é manter o sistema elétrico sempre em ordem.

O motorista deve estar atento e evitar esquecer faróis, ar condicionado e outros equipamentos que sugam eletricidade ligados depois de estacionar.

Rodar com o tanque na reserva estraga o carro?

Como saber se está carregando

Vale destacar que o processo de remoção do cabo de bateria deve seguir a ordem inversa da que seguiu ao ser instalado. O motorista poderá se certificar de que o procedimento deu certo se o carro com bateria arriada pegar no instante em que for dada a partida. É muito importante após isso manter o carro funcionando por pelo menos quinze minutos (como foi descrito acima), para dar tempo do alternador carregar e poder alimentar todo o sistema elétrico.

Encontre o seguro auto com melhor custo benefício. Confira!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar