Como escolher o melhor cartão de crédito

Você costuma utilizar crédito na sua conta? Confira algumas dicas que ajudarão na hora de escolher o melhor cartão de crédito para sua vida financeira.

Como escolher o melhor cartão de crédito
O meio de pagamento pode ajudar a controlar as despesas. Saiba como

O cartão de crédito é uma facilidade moderna e, em muitos momentos, pode ajudar na administração das despesas pessoais. Por outro lado, quando usado sem controle, transforma-se em uma arma poderosa e com danos letais ao orçamento. O brasileiro gastou R$ 534 bilhões em cartão de crédito em 2013: uma alta de 15% em relação a 2012, de acordo com dados do Banco Central. Mas como escolher o melhor cartão de crédito?

O meio de pagamento é amplamente utilizado como controle de finanças pessoais, pois pode agrupar todas as contas em uma só fatura. Por outro lado, uso do crédito rotativo do cartão atingiu em média 241,61% no ano passado, segundo levantamento da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac).

Para ajudar a ter uma gestão saudável do seu “dinheiro de plástico”, reunimos dicas importantes. Veja a lista e aprenda como escolher o melhor cartão de crédito e controlar suas finanças.

Como escolher o melhor cartão de crédito


Escolha
O primeiro passo é optar por um cartão que atenda às suas necessidades. Faça uma pesquisa em todas as operadoras e leve em consideração as taxas cobradas, inclusive aquela cobrada decorrente ao atraso da fatura. 

Limite
Para não ter uma surpresa desagradável ao fim do mês com a chegada da fatura, especialistas financeiros dizem: o limite do cartão deve ser, no máximo, 50% do valor do seu salário.

Na ponta do lápis
Anote todas as despesas feitas com o cartão de crédito para ter o controle completo dos seu orçamento. Para auxiliar nessa tarefa, existem diversos aplicativos gratuitos que podem ser instalados no seu celular (Gastos Diários, Minhas Economias, Minhas Finanças, entre outros).

Menos é mais
Reduza o número de cartões. Com diversas fontes de gastos é mais fácil se perder nas compras.
Saques só em último caso. As tarifas cobradas para saques com cartão de crédito costumam ser elevadas.   

Deixe em casa
Andar com cartão de crédito pode facilitar as compras por impulso. Por isso, só o carregue quando sabe que vai precisar dele. Além disso, é mais seguro, contra eventuais assaltos.   

Corra do rotativo
Com juros de, em média, 9% ao mês, o crédito rotativo é algo a ser evitado. Pague sempre a fatura completa e, caso não tenha o valor completo, opte por usar o cheque especial, pois tem taxas mais baixas. 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar