9 truques para economizar no almoço por quilo

Faz suas refeições todos os dias fora de casa? Saiba como economizar no almoço por quilo sem passar fome ou deixar de comer o que gosta.

9 truques para economizar no almoço por quilo
Veja como é possível economizar no restaurante por quilo

Quem tem o hábito de comer fora todos os dias sabe quanto isso pesa para o bolso. Entretanto, existem formas e opções disponíveis para economizar no almoço, antes mesmo de montar o prato. Tudo começa por saber organizar o seu prato. Veja dicas de como economizar no almoço em restaurantes nos dias de trabalho.

Como economizar no almoço por quilo

Conheça os truques para deixar o prato mais leve e barato, mesmo com enorme a variedade de alimentos e as opções oferecidas pelos restaurantes:

1. Escolha a comida antes

Quando entrar no restaurante, não vá direto para a fila, observe o que há no bufê e escolha o que vai comer. Isso diminui a chance de pegar comida demais e fazer misturas de alimentos.

Veja 8 coisas substituições que você pode fazer nas refeições para economizar

2. Cuidado com o tamanho do prato

Alguns restaurantes usam o truque de usar pratos maiores do que o consumidor costuma ter em casa para aumentar o lucro. Para não cair nesse truque, coloque os alimentos apenas na região central do prato e não use as bordas.

3. Saladas devem vir primeiro

A salada ajuda a saciar a fome, além de ser mais saudável e mais leve. Ela também ajuda a não exagerar na comida. Comece por ela para ir diminuindo espaços do prato.

4. Conheça sua fome

Quem sempre faz refeições em restaurantes por quilo pode começar a notar os hábitos alimentares para saber qual a quantidade mata a sua fome, assim, evitando desperdício.

5. Escolha um dia para cair em tentações

Para aquelas pessoas que não conseguem resistir aos salgadinhos, doces e churrasco, a sugestão é escolher um dia para comer algo diferente e manter a rotina saudável o resto da semana.

6. Evite comprar bebidas

Alguns restaurantes por quilo chamam a atenção do consumidor por causa do bom preço na refeição, entretanto cobram mais caro pelas bebidas. Para quem não consegue ficar sem a bebida na hora do almoço, a dica é trazer de casa ou comprar em um lugar mais em conta. Evite sucos e refrigerantes, se for o caso compre água que, além de mais barato, é mais saudável. O indicado é consumir em média 200ml de água durante a refeição.

Mealprep: nova era das marmitas saudáveis e econômicas

7. Fique longe dos centros comerciais

Frequentar restaurantes mais afastados dos centros comerciais e escritórios pode fazer uma grande diferença no valor do quilo e para o seu bolso. Quem pretende economizar deve fazer uma pesquisa de preços na região perto do trabalho e comparar os preços das refeições.

8. Participe de programas de fidelidade

Os programas de fidelidade são saídas que os restaurantes encontraram para atrair mais clientes. Para quem costuma fazer a refeição no mesmo local todos os dias, essa é uma forma de economizar no almoço, pois pode ganhar descontos ou até uma refeição gratuita por mês.

9. Coma em horários alternativos

As pessoas que conseguem ter flexibilidade de horário podem optar por almoçar mais cedo ou mais tarde, até depois das 14h para pagar menos pelo quilo. Alguns estabelecimentos têm preços diferenciados em horários menos movimentados.

Leia também:

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar