Como criar aplicativos para Android

Criar aplicativos para Android parece uma tarefa difícil? Não é! Há plataformas que fazem essa função. Confira.

Como criar aplicativos para Android
Conheça as principais plataformas para criar aplicativos para Android

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

Criar um aplicativo para smartphone parece algo complicado não é? Felizmente, não é. Hoje em dia há diversas plataformas chamadas de “fábricas de aplicativos” que permitem construí-los sem necessitar de conhecimentos de programação. 

A criação caseira de apps para smartphones começou com poucas plataformas mas hoje já existem diversos sites completos e fáceis de manusear. A maioria deles é em inglês, mas já existem plataformas brasileiras que não ficam para trás na eficiência, design, funcionalidade e facilidade de criação. 

Porque criar um aplicativo?

Existem diversos fins para um aplicativo, os mais comuns são:

  • Para divulgar a sua empresa ou serviço
  • Para divulgar sua arte
  • Para facilitar o acesso de seguidores de canais de vídeo no Youtube
  • Simplesmente para se divertir com seus amigos (e quem sabe, se levar jeito, se tornar um desenvolvedor de apps para celular profissional)

As empresas de aplicativos possuem ferramentas gratuitas e pagas, e você se diverte fazendo apps deforma muito simples. 

Quais as melhores plataformas

Em português:

Plataforma criada por desenvolvedores brasileiros que teve muito sucesso no Brasil e hoje já tem versão em inglês e espanhol. São criadas diariamente cerca de 100 novas apps e algumas com bastante destaque, como é o caso da Cultura de Ponta, de eventos culturais em São Paulo. Fácil de usar, com opção gratuita ou premium e cria modelos personalizados  para Android, iOS, Windows Phone, Blackberry e até mesmo Java.

A Easy Easy apps é uma plataforma americana que possui versão para o português do Brasil. Muito fácil de utilizar,  cria apps para Android e IOS de forma fácil e autodidática.  Ele te ensina passo a passo como criar, editar, publicar e atualizar o seu aplicativo e já tem casos de aplicativos criados por essa plataforma que tiveram sucesso no Brasil, como é o caso do Connection Express e da UNA (Centro Universitário de Ensino Superior em Belo Horizonte).

Em inglês:

É o desenvolvedor de aplicativos mais famoso do mundo.  Ele dispõe de duas abordagens diferentes. O usuário pode construir o aplicativo usando: o kit de ferramentas online (se você preferir uma criação mais livre) ou o próprio TheAppBuilder irá trabalhar junto com você para definir e construir a estrutura do aplicativo e preenchê-lo com o conteúdo inicial. Por isso ele é ideal para iniciantes e conhecedores de HTML.  A plataforma cria apps para Android e IOS. É fácil de utilizar e tem inúmeros casos de sucesso.  Gratuito ou pago, você escolhe. 

O favorito de muita gente, o App Machine cria aplicativos profissionais para Android e IOS. Baseado na ferramenta de drag-and-drop (de carregar e largar) você pode criar aplicativos com variedade de recursos, tais como: informações, fotos e vídeo.  Ele permite também que você conecte o seu aplicativo ao Facebook, Twitter, ou lojas online. Você pode projetar o aplicativo com o seu próprio estilo único e escolher os seus caminhos de navegação, cores, fontes e ícones, tomando o controle completo do layout e observando o seu progresso usando o visualizador.  Fácil de utilizar, com versão gratuita e é o que nós do E-konomista indicamos como o melhor se você dominar bem o inglês. 

FIQUE POR DENTRO
Cadastre-se para receber todas as novidades e informações publicadas na página do E-konomista. É gratuito!

Plataforma com enfoque na criação de apps para empresas.  Ele fornece uma grande variedade de recursos, incluindo pedidos de: comida, carrinho de compras, programas de fidelidade, entre outros. O conteúdo é dinâmico e interativo. O usuário pode atualizar instantaneamente o aplicativo online, e modificar tudo dentro dele, sem ter que enviar o seu aplicativo para uma longa atualização com a Apple ou a Google. Também gratuito ou pago para  Android e IOS.

Criar aplicativo para Android

Para exemplificar como funcionam as plataformas, escolhemos o Fábrica de aplicativos, em português, para te mostrar como é fácil criar o seu:

1. Clique nesse link  e escolha a opção “Crie o seu agora”

2. Faça o seu cadastro e escolha o tipo de conta que quer (gratuita, Premium, etc)

3. Visual do aplicativo: Você pode utilizar um esquema de cores já pronto e adicionar suas próprias imagens nos mais variados setores do software (ícones de seções, logotipo, imagem de fundo etc). Para fazer essas alterações extras, basta clicar em “Modificar o tema”.

4. Adicionar conteúdos:  você deve adicionar os chamados Moblets , ou seja,  as páginas de seu aplicativo. Para isso, você pode utilizar uma grande diversidade de conteúdos multimídia, como textos, galerias de fotos, páginas do Facebook, feeds RSS, mapas do Google, vídeos do YouTube, listas ordenadas e muitos outros. O processo de edição é bastante simples e consiste em dar um nome ao Moblets, especificar a URL que contém os conteúdos a serem importados e definir um ícone personalizado para tal página.

5. Finalizando a construção:  você deve informar o nome, categoria, URL de download e descrição de seu aplicativo. Além disso, você precisa escolher um ícone que será utilizado na identificação de seu software publicado (sendo possível utilizar um dos oferecidos pelo pela plataforma ou enviar uma imagem inédita).

6. Distribuir o aplicativo: basta clicar em “Gerar meu app” e sua criação será imediatamente publicada. Sinta-se livre para divulgar a URL – ou o QR Code – de download com seus amigos. Se quiser colocar seu app no Google Play ou Apple Store tem que ter pacote pago. 

Cursos para criar aplicativos

Gostou da ideia? Que tal aprimorá-la e se tornar um desenvolvedor de aplicativos para gadgets? Existem vários cursos online e presenciais que ensinam e profissionalizam quem quer entrar nesse mercado tão promissor e com poucos profissionais capacitados.

A Google oferece um curso gratuito de criação de apps. Você pode baixar os 2,6 GB de material, que incluem vídeos, imagens e textos, gratuitamente. Porém, se quiser uma certificação, suporte, participação de projetos e testes você deverá realizar o pagamento de US$ 199,00 mensais. O curso tem duração de aproximadamente 10 semanas.  

Importante: o curso é em inglês.

  • Caelum - curso de desenvolvimento de aplicativos android 

Se você prefere um curso presencial, e mora em São Paulo ou Rio de Janeiro, pode fazer o elogiado curso da Caelum.  É um curso completo com 40horas de aula. Consulte maiores informações no site. 

Se você já tem algum conhecimento de desenvolvimento de aplicativos e gostaria de aprimorá-lo para entrar no mercado de trabalho com maior qualificação, nossa dica é adquirir o curso elaborado por Carlos Tosin. É avançado, detalhado, e oferece certificado a quem concluir o curso com nota igual ou superior à 6,5. O valor é R$ 559,80 (12x sem juros de R$ 46,65). Preço válido até 30 de abril de 2015.

Ganhar dinheiro desenvolvendo apps

Sim é possível, mas não é um mercado fácil. É uma área promissora pois está crescendo a passos largos e ainda há poucos profissionais habilitados para criação de aplicativos. Uma pesquisa recente da Instituição Gatner previu que 81% dos aplicativos baixados são gratuitos, e mesmo que os usuários não paguem, eles movimentaram um mercado de 5,2 bilhões de dólares no ano passado. Como?

Propagandas

A forma mais comum é o desenvolvedor do app, com o programa pronto, incluir no código do programa scripts que vão mostrar propagandas durante a execução. Os sistemas mais utilizados são o do Google (Admob) e o da Apple (iAd).

Patrocínio

Outra forma é por meio de investidores. Os mais frequentes são os  investidores chamados angel (anjos, em inglês), que colocam dinheiro em uma empresa – mesmo sem ser um negócio com garantias de sucesso – por acreditarem que o projeto algum dia vingue. Esse tipo de negócio é muito comum em empresas nos Estados Unidos. Ainda que em um primeiro momento pareça algo estranho, há várias companhias que seguem esse modelo de negócio.

É grátis, até certo ponto

Muitos aplicativos possuem funções limitadas de forma gratuita, e se os usuários gostarem do serviço acabam por comprar ou assinar pacotes pagos.  Eles normalmente custam barato, cerca 1 dólar pela utilização dos benefícios Premium e de pouco em pouco, os desenvolvedores conseguem pagar o investimento e ter lucro. 

Cadastre-se grátis e concorra a vários prêmios!


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar