Como calcular hora extra

Como calcular hora extra trabalhada e em que casos o empregado possui ou não direito de recebê-la.

Como calcular hora extra
Fornecemos a fórmula para garantir seus direitos trabalhistas

Saber como calcular hora extra é importante para quaisquer empregados devidamente e registrados de acordo com a CLT. Direito garantido pela CLT a hora extra é, em resumo, um acréscimo recebido no salário de trabalhadores registrados sempre que exceder as horas diárias acordadas no contrato de trabalho.

Como calcular hora extra

A primeira coisa a considerar para saber como calcular hora extra é o valor base das horas trabalhadas regularmente. Então, se um funcionário trabalha por 8 horas diariamente em cinco dias da semana, serão ao todo 220 horas trabalhadas no mês. Portanto, ao dividir o valor do salário por 220, o resultado obtido será o valor recebido por hora trabalhada. Após obter o valor recebido por hora basta acrescentar 50% a esse valor e então chegará ao valor da hora extra trabalhar. No caso de horas extras cumpridas aos finais de semana e feriados o acréscimo por hora deverá ser de 100%. Há uma segunda exceção quando as horas adicionais forem cumpridas num período entre 22h e 5h, em que são acrescidos 20% ao valor unitário da hora extra calculada.

Faça um empréstimo online em 3 minutos!

Depois que aprendeu como calcular hora extra enquanto unidade o próximo passo é entender como calcular hora extra total, variável de acordo com a quantidade de horas extras cumpridas no mês. Portanto, se um empregado recebe um salário mínimo de R$880,00 trabalhando por 8 horas diárias de segunda a sexta o valor por hora trabalhada será de R$4,00 (880:220=4) e, portanto o valor da hora extra (trabalhada em dias úteis) será de R$6,00 (4+2=6) por hora extra trabalhada. Para saber como calcular hora extra a se receber em um mês, basta multiplicar o valor da hora extra unitária pela quantidade de horas a mais cumpridas no mês.

Quem tem direito a hora extra

Embora o pagamento de hora extra seja um direito de todo trabalhador registrado pela CLT já alguns casos em que a regra não se aplica. Esse é o caso de funcionários com cargos de gerência ou grande responsabilidade na empresa, em que justamente recebem salários mais altos para suprir responsabilidades adicionais. Funcionários que trabalham fora de um ambiente fixo também não possuem direito ao pagamento de hora extra, exceto no caso de motoristas que possuam GPS que permitam controle de horário e localização do automóvel. Uma terceira exceção se aplica a empresas que possuam sistema de banco de horas em que a hora extra trabalhada é compensada em horas de folga posteriores.

Ganhe um tablet para estudar inglês online! Oferta limitada

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Tabata Franco Tabata Franco

Paulistana, formada em Comunicação e Multimeios e em Produção de Áudio e Vídeo. Transita por produções e projetos nas áreas de cinema/vídeo, fotografia, redação e artes em geral. Comunicativa, ama a palavra, se encanta pelas linguagens.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar