Como administrar uma pequena empresa familiar

Como administrar uma pequena empresa familiar e não deixar com que os assuntos se misturem? Veja nossas dicas e saiba como ter sucesso.

Como administrar uma pequena empresa familiar
Mostramos como administrar uma pequena empresa familiar em poucos passos

Muitas das empresas brasileiras começaram ou ainda são negócios familiares. Porém, nem todos sabem como administrar uma pequena empresa com tamanho grau de intimidade, sem deixar que assuntos familiares interfiram nos negócios. Veja algumas dicas valiosas para ter sucesso nesta empreitada:

Como ser um bom chefe e alcançar seus objetivos

Como administrar uma pequena empresa familiar

Não existe fórmula mágica, assim como em todo negócio, você precisa definir metas, trabalhar duro, delegar funções e a vezes, dar broncas. Esse último item pode ser especialmente quando se pense em como administrar uma pequena empresa familiar. Como dizer que seu pai, irmã, primo, tio ou sobrinha está fazendo alguma coisa errada sem que isso atrapalhe o convício familiar? Veja nossas dicas e transforme sua empresa familiar num empreendimento de sucesso.

Planeje antes de agir

Se você já tem uma empresa, pense antes de mudar alguma coisa. Analise e estude sua ideia de vários ângulos diferentes, nessa hora a experiência de um familiar mais velho pode te ajudar a ver falhas ou dar ideias novas sobre um projeto.

Defina quem faz o que

Respeito pelos mais velhos e medo de delegar tarefas para os mais novos não pode interferir na hora de cobrar resultados. Todos estão trabalhando para desenvolver a empresa. Isso quer dizer que todos têm que por a mão na massa, mostrar e cobrar resultados.

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

Controle o caixa

Um dos pontos importantes de como administrar uma pequena empresa (familiar ou não) é ter o registro do fluxo de caixa, ou seja, o controle de quanto entra e quanto sai. A empresa paga as contas da empresa e as contas pessoais de cada funcionário/membro da família devem ser pagas com os salários que recebem. Retirar dinheiro do caixa para pagar contas pessoais vai fazer sua empresa perder o controle financeiro.

Tome decisões com cabeça fria

Se tem algo que pode acabar com a paciência de uma hora para a outra, essa coisa é a família. Se você precisa tomar uma decisão importante, seja ela uma estratégia, um contrato com fornecedor, uma negociação grande ou até o horário de almoço que alguém precisa fazer, não o faça nervoso. Fique calmo e haja de maneira racional, afinal, você está em um ambiente profissional e não na sua casa.

Os modelos de negócios mais utilizados pelas empresas

Combine interesses

Ter um funcionário que não quer estar ali não é bom, pior ainda se for um membro da família. Se demitir um funcionário já é uma experiência ruim em pequenas empresas, imagina demitir alguém da sua própria família? Para evitar esse tipo de constrangimento, escolha pessoas que compartilhem dos mesmos gostos e que tenham vontade de trabalhar e aprender. 

Tem dúvidas de como administrar uma pequena empresa familiar? Deixe seu comentário aqui embaixo para podermos ajuda-lo.

Encontre a conta bancária ideal para você. Saiba mais.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar