8 delícias que você não pode deixar de experimentar quando for a Portugal

Acha que a comida típica de Portugal se resume a bacalhau? Te provaremos que não! Há muitas delícias da comida portuguesa que vão te pegar pelo estômago. Confira!

8 delícias que você não pode deixar de experimentar quando for a Portugal
Conheça as delícias típicas da comida de Portugal que você precisa provar

GANHE O MUNDO FALANDO INGlÊSfaça um teste e descubra o seu nível

Vai visitar Portugal? Então prepare-se para conhecer um país que possui uma culinária deliciosa, diversificada e marcante, para deixar saudades na volta ao Brasil! Nós conhecemos pouco da culinária portuguesa, então prepare-se para muitas novidades. São diversas as delícias do país, tanto doces quanto salgadas. E um conselho: leve umas roupas um pouco mais folgadas porque é provável que você ganhe alguns quilinhos por lá, e sem peso na consciência, pois vale cada caloria!

ECONOMIZE NA SUA PRÓXIMA VIAGEM
Receba as dicas, ofertas e informações no seu email e viaje mais barato.

8 itens da culinária diversa e deliciosa de Portugal

Preparado para conhecer alguns dos pratos mais típicos e deliciosos deste país? Aproveitamos para avisar que as imagens são de dar água na boca e, quando estiver em terras portuguesas, não deixe de provar cada uma destas iguarias:

1. Bacalhau

deliciasdeportugal


Alguém tinha alguma dúvida que esse era o primeiro item da nossa lista? A comida típica portuguesa é mundialmente conhecida pelas inúmeras receitas que tem com esse peixe de sabor maravilhoso. Tem receita de bacalhau para todos os gostos: Bacalhau com Natas (não se assuste, nata em Portugal é creme de leite, e é simplesmente delicioso), Bacalhau à Brás (bacalhau desfiado com batata palha),  Bacalhau à Gomes de Sá (lascas de bacalhau amaciadas em leite com batatas cozidas e ovos), Bacalhau com Broa (bacalhau inteiro assado com uma camada de broa de pão por cima acompanhado de legumes) Bacalhau à Braga (bacalhau frito em batata rodelas) e muitas outras receitas, todas acompanhadas de arroz, legumes, e muito, muito azeite português. Comer bacalhau em Portugal é obrigatório, pá!

2. Comidas regionais: tripas à moda do Porto, feijoada à transmontana...

deliciasdeportugal


Se ao viajar você gosta de comer as comidas regionais, que é conhecida mais pelos nativos do que pelos turistas e que contam um pouco da história do país, precisa provar a comida regional portuguesa – que é cheia de sabor. Assim como a nossa feijoada e o nosso baião de dois, por exemplo, em Portugal as comidas regionais são pesadas, com bastante carne e muita história. As tripas à moda do Porto, por exemplo, é um prato que remonta ao período dos descobrimentos de Portugal. Diz a lenda que o Infante D. Henrique pediu à toda a população da cidade do Porto alimentos de todo tipo para abastecer à nau que ia à caminho da tomada de Ceuta. A cidade ficou desabastecida de alimentos, principalmente de carnes e teve de sobreviver com os miúdos e alimentos que restauram, entre eles as tripas. Assim, cunhou-se o prato que hoje até dá nome aos naturais da cidade do Porto, que são conhecidos como “tripeiros”. Assim também é a Feijoada à Transmontana, a Sopa de Pedra, a carne de porco à Alentejana e muitas outras.

3. Francesinha

deliciasdeportugal


O prato mais famoso da cidade do Porto e servido em todos os restaurantes, cafés e afins (e todos dizem ter a melhor francesinha da cidade) é um explosão de sabor. A iguaria típica dos portuenses leva esse nome porque, segundo reza a lenda, foi uma adaptação de um imigrante português que, ao voltar à Portugal depois de muitos anos vivendo na França, fez um prato inspirado no croque monsieur (tosta francesa) mas com um sabor bem português. Hoje, o prato é servido em todo o país e você precisa provar quando for a Portugal. O que é a francesinha? É um sanduiche para comer de talheres bem peculiar: são dois pães de forma recheados com fatias finas de lombo de porco assado, bife de boi, presunto, linguiça e salsicha fresca. Por cima, muito, mas muito queijo flamengo, típico de Portugal. E o mais importante: o molho. Os restaurantes guardam a receita a sete chaves, pois o molho é que define a francesinha, mas a base é de tomate, cerveja, louro, salsa e muita pimenta. Há quem acrescente vinho do Porto, licores e outras especiarias, um verdadeiro segredo. Pensa que acabou a receita? Não! A maioria dos restaurantes servem ainda com um ovo frito em cima do queijo e com batatas fritas a acompanhar!Um prato nada light, deliciosamente calórico.

4. Alheira e outros enchidos

deliciasdeportugal


Portugal é o país dos enchidos. Enquanto aqui no Brasil nós temos o costume de chamar a maior parte dos enchidos de linguica (e dar nomes específicos à elas), lá cada enchido tem um nome diferente e um sabor muito singular. Muitos nós nem sabíamos da existência, são variados e deliciosos e muito tradicionais na comida portuguesa. Assim como todos os pratos da gastronomia de Portugal, os enchidos têm história. A começar pela (maravilhosa) Alheira: sua origem está associada a presença de judeus na região de Trás-os-Montes no fim do século XV. A inquisição era atuante nessa época, e para driblar os inquisidores os judeus inventaram a alheira: um enchido com carne de aves misturado a farelo de pão que se assemelhava à linguiça e chouriço, carnes típicas do povo português à base de porco. Como os judeus não comiam porco por imposição de sua fé, ao fabricar caseiramente as alheiras, eles ‘enganavam’ a inquisição. O resultado é um enchido maravilhoso. E além da alheira tem também o chouriço (com variações, como de porco preto, de sangue, etc) , a farinheira, a morcela, o salpicão (é um enchido!) e muitos outros. É de se deliciar!

Tenha ofertas de pacotes de viagem e reservas de hospedagem de última hora na palma da mão. Baixe o app grátis e fique de olho nas oportunidades!


5. Bifana, Prego e Leitão

deliciasdeportugal


Esses são os recheios dos sanduiches (ou sandes, como se diz por lá) tipicamente portugueses. Se os americanos têm os hamburgueres, os portugueses têm as bifanas, os pregos em pão e as sandes de leitão –  e como eles dizem: é de comer e chorar por mais!  As bifanas são bifes de porco no pão, salteados com alho e/ou especiarias. Normalmente as bifanas são temperadas com mostarda ou molho picante. O prego é um bife de carne de vaca fino e macio, também temperadado com molho de mostarda ou picante. E as sandes de leitão, seguem a mesma lógica, fatias finas com capa crocante de leitão temperado com pimenta preta dentro do pão. Ao contrário do que estamos acostumados, as sandes típicas portuguesas não vêm encrementadas com queijo, ovo, salada e afins como no Brasil. É carne e pão. E sinceramente: não precisa de mais, é delicioso. Você vai encontrar também as bifanas, pregos e leitão para comer no prato, acompanhado de arroz e batatas fritas (sem pão).

6. Peixes e mariscos

deliciasdeportugal


Na culinária portuguesa, os frutos do mar têm um lugar especial e isso vem da tradição da pesca no país. Com litoral todo banhado pelo oceano atlântico e ainda com influências gastronômicas do mar mediterrâneo, os peixes e mariscos estão sempre nos pratos dos portugueses e há quem diga que o melhor peixe do mundo vem de Portugal. A sardinha assada na brasa é muito comum, e quem é apreciador desse peixe, vai adorar a sardinha à moda portuguesa. Há também o costume de comer pescada, tamboril, salmão, polvo, espetadas de peixe, lula, camarão e todo tipo de marisco incluídos nas receitas portuguesas, regados a muito azeite e ervas aromáticas.  

7. Doces e delícias das confeitarias

deliciasdeportugal


Entrar em uma confeitaria portuguesa é esquecer que a palavra dieta alguma vez na vida já existiu. Os portugueses têm doces e confeitos de encher os olhos e agradar o paladar. Comecemos pelo famoso e indispensável pastel de nata. Essa delícia da culinária portuguesa já atravessou fronteiras, é falado por todo o mundo e mais uma vez: são cheios de história. Os mais famosos são os Pastéis de Belém,  que é uma marca de pastel de nata e tem a receita secreta guardada desde 1837. Os mestres pasteleiros da Oficina do Segredo são os poucos detentores da receita, assinam um termo de responsabilidade e fazem um juramento em como se comprometem a não divulgá-la. Uma delícia difícil de explicar, massa folhada crocante por fora com recheio leve e cremoso por dentro.  Além dos pastéis, há muitas outras delícias que precisam ser provadas por quem vai visitar Portugal e a base da maioria delas é em ovo: as natas do céu, os ovos moles, as bolas de berlim (semelhantes ao nosso sonho) e sem esquecer as tartes (tortas) de bolacha, de amendôa, de natas, os bolinhos de natal, e o famoso arroz doce, iguaria típica portuguesa. Os doces portugueses conquistam o coração de qualquer louco por açúcar!

8. Vinhos

deliciasdeportugal


Por último, mas não menos importante: os vinhos. Os vinhos portugueses sempre tiveram expressão importante dentro da Europa, e nos últimos anos têm ganhado prêmios e menções honrosas importantes, tendo sido colocados entre os melhores do mundo. A variedade de vinhos produzida em Portugal é imensa e vão muito além do vinho tinto e branco. Por lá são comuns também os vinhos verdes, frisantes e o famoso Vinho do Porto. O vinho do porto é natural e fortificado, produzido exclusivamente a partir de uvas tintas provenientes da região demarcada do Douro, no Norte de Portugal. O que torna o vinho do Porto diferente dos restantes vinhos, além do clima único, é o fato de a fermentação do vinho não ser completa, sendo parada numa fase inicial (dois ou três dias depois do início), através da adição de uma aguardente vínica neutra (com cerca de 77º de álcool). Assim o vinho do Porto é um vinho naturalmente doce (já que o açúcar natural das uvas não se transforma completamente em álcool) e mais forte do que os restantes vinhos (entre 19 e 22º de álcool). Uma delícia para ser apreciada na cidade do Porto, fazer a visita às Caves de armazenamento em Vila Nova de Gaia e levar um bom número garrafas para casa!

Desenrole a língua! Aprenda inglês rápido e definitivamente.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar