Como começar a carreira depois dos 30

Não se desespere: é comum chegar aos 30 anos e sentir que precisa de um novo rumo profissional. Conheça algumas dicas de como começar a carreira depois dos 30.

Como começar a carreira depois dos 30
Confira dicas para dar uma guinada na carreira nessa etapa da vida

A pressão para uma carreira profissional bem sucedida aos 30 anos é imensa. Por todos os lados há bombardeios com informações sobre como enriquecer antes dos 25, falar vários idiomas aos 20 ou ter uma pequena fortuna aos 30. Por inúmeras razões, que vão desde uma demissão involuntária até a impossibilidade de fazer faculdade, muitas pessoas vivem com uma desconfortável dúvida: é possível começar a carreira depois dos 30 anos?

Como começar a carreira depois dos 30 anos

Faça um empréstimo online em 3 minutos!

Notícia boa: é sim. E o primeiro passo para isso é parar de olhar para o passado e pensar que perdeu tempo de sua vida trabalhando em um emprego chato ou priorizando outras coisas quando poderia estar estudando. Tudo que se aprende é experiência que pode ser agregada à nova carreira que se inicia.

Adriane Silveira, em entrevista ao site M de Mulher, conta que até os 32 anos trabalhava com RH quando decidiu que começaria uma nova carreira em veterinária, sua verdadeira vocação para a qual não conseguiu estudar porque precisou começar a trabalhar muito nova. Ela se organizou financeiramente e aos 37 anos finalmente realizou seu sonho.

1. Devo mudar?

Se está pensando em mudar seus rumos profissionais aos 30 anos pense: o que lhe deixa insatisfeito? É o seu emprego atual, sua área de atuação dentro da empresa ou a profissão como um todo? Imagine cenários hipotéticos onde você seria promovido, ganharia um aumento, pudesse trabalhar em casa, mudasse de chefe, mudasse da área técnica para a gestão ou mudasse de emprego. Qual lhe agrada mais?

2. Vou começar uma nova carreira. O que posso fazer?

Se decidir pela mudança de profissão estará recomeçando e entrará no mesmo patamar de estudantes e profissionais que estão adentrando agora no mercado de trabalho. Nesses casos, é preciso se perguntar “o que quero fazer?” tendo como base três perguntas:

  • Qual a minha vocação? : pense no que você gosta de fazer e consegue se enxergar trabalhando nisso diariamente para ganhar dinheiro e fazer sua carreira. Não tenha medo de ousar: se você se formou em Administração mas gosta mesmo de fazer doces e bolos talvez o que lhe faz feliz seja a segunda opção;
  • Quais as minhas competências? : na escola você era bom em redação ou era sempre aquele com as melhores ideias do grupo. Ou não ia tão bem em geografia, mas tinha raciocínio lógico e sabia liderar. Pense em quais são suas habilidades e experiências e o que você pode aprimorar para começar a carreira depois dos 30 anos;
  • Quais são as oportunidades do mercado? : se já sabe que pretende seguir na área gastronômica ou quer trabalhar como jornalista freelancer procure saber como estão as contratações. Conversar com profissionais que já atuam e pesquisar em sites de empregos pode oferecer uma base.

3. Pesquise e não vá no embalo

Busque entender melhor a profissão na qual quer começar a carreira depois dos 30 anos, conheça as áreas de atuação e já vá analisando com qual você se adapta melhor. Conversar com quem exerce a profissão, perguntar sobre os pontos negativos e positivos, salário, dia a dia, responsabilidades e dificuldades também ajuda, além de participar de workhops e palestras.

Também não vá no embalo das profissões ou negócios do momento. Não é porque a alimentação saudável ou as paletas mexicanas estão em alta que é nesse negocio que você deve investir. Pense que quem já atua nisso conhece o mercado, os concorrentes e tem um diferencial, e você vai demorar para engrenar e ter retorno financeiro. Busque algo que tenha a ver com você.

4. Prepare-se

Você vai precisar se preparar em inúmeros sentidos – desde o financeiro até uma nova faculdade se necessário. Talvez começar a carreira depois dos 30 anos não traga um retorno imediato, e por isso é importante fazer uma poupança para os momentos de aperto.

Também leve em consideração os gastos com uma nova graduação ou cursos técnicos para aprimoramento. E pense no fator idade: apesar de desagradável, algumas profissões não tem as portas abertas para profissionais mais velhos. Avalie se não está se arriscando demais.

Leia mais: Como enviar currículo por email: veja modelo

Inspire-se

Para inspirar aqueles que estão começando a carreira ou que decidiram tomar um novo rumo profissional e ainda estão inseguros quanto à decisão, listamos algumas personalidades bem sucedidas que só deram a grande guinada na carreira após os 30 anos. Se eles conseguiram você consegue também!

  • Ray Kroc: o nome não é familiar, mas com certeza você já provou a famosa casquinha da rede de fast food dele. O fundador da rede McDonald’s trabalhou como vendedor de copos de papel e misturadores de milk-shake até os 52 anos!
  • Mary Kay Ash: a fundadora de uma das principais marcas de cosméticos do mundo, a Mary Kay, vendia livros e utensílios domésticos de porta em porta até os 45 anos;
  • Andrea Bocelli: o tenor, produtor musical e intérprete de canções belíssimas tocava piano em bares até os 33 anos;
  • Ang Lee: produtor e roteirista, vencedor de dois Oscars pelos filmes “O Segredo de Brokeback Mountain” e “As Aventuras de Pi”, não tinha trabalho fixo até os 31 anos;
  • J. K. Rolling: a autora de Harry Potter, uma das sagas mais famosas da literatura e do cinema, e uma das mulheres mais bem sucedidas da história era mãe solteira e dona de casa até ver sua vida mudar aos 31 anos. Antes disso seu primeiro livro, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, foi rejeitado por várias editoras;
  • Harrison Ford: um dos atores de maior sucesso de Hollywood, intérprete de Indiana Jones e Han Solo da saga “Star Wars”, Ford era carpinteiro até os 30 anos;
  • Amancio Ortega: o empresário espanhol trabalhava como assistente em lojas de camisas quando, aos 30 anos, fundou a rede de lojas Zara.

Ganhe um tablet para estudar inglês online! Oferta limitada

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar