Posso dirigir com a CNH vencida?

É muito fácil um documento expirar sem que prestemos atenção. Mas quando isso acontece, o que fazer até obter uma nova via. Será que pode dirigir com CNH vencida?

Posso dirigir com a CNH vencida?
Conduzir a situação respeitando as leis de trânsito exige cuidados

Afinal, pode ou não pode dirigir com a CNH vencidaEm vigor há quase 18 anos, o Código de Trânsito Brasileiro visa a segurança e melhora do trânsito nas cidades, que cresce incessantemente e carece de cuidados. Como em um dos seus principais artigos – Art. 162, inc. V – que diz respeito à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a importância de estar em dia com sua validade. 

"Posso dirigir com a CNH vencida"?

Toda habilitação possui prazo de validade a contar da data de sua emissão. E quando ele chega ao seu fim, o motorista possui mais 30 dias de “vida extra” para poder dirigir normalmente e ficar completamente ciente de sua situação: CNH vencida e necessidade de renovação para não ser punido no trânsito.

"O prazo expirou e eu não renovei a carteira"

Dirigir com a CNH vencida nos dias de hoje é visto como uma grande negligência, já que o Detran oferece serviço que se antecipa ao motorista, enviando e-mail ou correspondência para alertá-lo sobre a validade da habilitação. Entretanto, muitos motoristas só descobrem o erro ao serem parados em uma blitz.

É importante conferir o prazo de validade e ver como fazer a renovação, pois o motorista que for pego dirigindo com a CNH vencida sofrerá um grande prejuízo: multa gravíssima (R$ 191,54 e sete pontos na carteira), retenção da CNH e apreensão do veículo, devendo ser retirado somente por alguém habilitado.

dirija o
carro dos 
seus sonhos

agende um test drive

Como renovar a CNH

Antes de qualquer coisa, o condutor deve se certificar de que sua CNH está “limpa”; não pode constar suspensão, cassada ou qualquer nova restrição. Só assim poderá partir para a renovação.

Geralmente a renovação é simples, mas varia de estado para estado, principalmente quanto aos valores a serem pagos no processo. O mais comum é realizar o agendamento pessoalmente ou através do site do Detran de seu estado.

Em SP, além deste modo, o condutor pode optar também por um posto do Poupatempo – sem se esquecer de agendar antes pelo site. Depois disto, deve-se ir a um dos órgãos portando o portando o protocolo de agendamento e os seguintes documentos:

  • RG, CPF e CNH (original e cópia);
  • Comprovante de residência – água, gás, telefone ou energia elétrica – emitido há até três meses antes (original e cópia).

Após apresentar os documentos, o condutor – comum ou profissional que exerce atividade remunerada – se preparar para abrir o bolso e pagar a taxa de renovação do Detran e da realização do exame médico em uma clínica credenciada, para comprovar que continua apto a dirigir.

Finalizando o processo, deverá retornar com o resultado do exame médico (e psicotécnico, se necessário) e aguardar cerca de cinco dias úteis para retirar a nova CNH no órgão escolhido. Ou caso queira, também pode recebê-la pelos Correios – pagando a taxa adicional de R$ 11.

Faça um test drive sem custos e sem compromisso. Agende já!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Reinaldo Vieira Reinaldo Vieira

Jornalista formado pela FMU. Guarulhense apaixonado por tecnologia, música, cinema e esportes. Adora escrever e busca estar sempre por dentro das tendências da comunicação social e do design no mundo moderno.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar