10 cidades onde se vive bem com pouco dinheiro

No Brasil ou pelo mundo, conheça as diversas cidades onde se vive bem com pouco, possibilitando a seus habitantes arcar tranquilamente com despesas essenciais.

10 cidades onde se vive bem com pouco dinheiro
Conheça algumas cidades nacionais e a nível mundial para viver com pouco

Sejam em épocas de grande fartura ou em tempos de crise financeira, existem cidades onde se vive bem com pouco dinheiro, as quais podem ser encontradas nos locais mais surpreendentes, inclusive ali, em uma cidade vizinha a sua. Nestas, é possível encontrar um custo muito inferior relacionado a itens essenciais como comprar uma casa, pagar um aluguel ou o custear a educação dos filhos.

Cidades onde se vive bem com pouco dinheiro

A seguir vamos listar 10 cidades onde se vive bem mesmo que não se tenha muitos recursos financeiros disponíveis. A escolha das cidades não necessariamente compreende um ranking linear, mas leva em consideração dados fornecidos pela classificação do site Custo de Vida, o qual analisa diversas cidades brasileiras com o auxílio dos próprios residentes, e do site Numbeo, que fornece uma análise similar, porém a nível global.

1. Guaratinguetá – SP

A cidade de Guaratinguetá no interior de São Paulo está entre as mais baratas para se viver no país. É possível encontrar refeições em restaurantes por R$ 12,67 e, para moradia, mesmo em regiões mais caras da cidade a média de aluguel para uma kitnet é de R$ 1.000. Já para a educação dos pequenos, a mensalidade de uma pré-escola ronda os R$ 400.

2. Uberaba – MG

Uberaba é conhecida por suas grandes criações de gado e uma série de atrações turísticas que incluem o artesanato local e um rico patrimônio histórico cultural. A cidade também é umas das mais baratas do país, sendo possível encontrar refeições por R$ 11,75 e alugar um apartamento de 2 quartos em uma das regiões mais caras da cidade por R$ 800.

3. Viçosa – MG

A cidade ficou muito conhecida nacionalmente por sua universidade, onde nela também encontramos um baixo custo de vida, já que uma refeição em restaurante barato custa em média R$ 6,90. No supermercado o litro e leite é encontrado por R$ 2,40 e o pão francês, R$ 9,50 o quilo. Para moradia, um apartamento de três dormitórios em região de alto padrão tem custo aproximado de R$ 1.300.

4. Novo Hamburgo – RS

A cidade de Novo Hamburgo está entre as melhores opções de cidades onde se vive bem com pouco dinheiro, atraindo um grande fluxo turístico todos os anos por seu cenário acolhedor e atrações como alguns balneários. Um almoço em restaurante barato sai por R$ 9,40 e o custo para moradia em um apartamento de dois quartos em região de alto padrão é de aproximados R$ 668.

5. Campina Grande – PB

Repleta de pontos turísticos como o sitio arqueológico do Ingá ou o Museu de Arte Popular, a cidade também figura no ranking das mais baratas para se viver. Como comparativo de alimentação, um almoço em restaurante custa cerca de R$ 10,14 e, um litro de leite no supermercado, R$ 2,74. Para moradia e educação, o aluguel para um apartamento de 2 quartos em região cara gira em torno dos R$ 1 mil, enquanto a mensalidade para um colégio de ensino fundamental é de R$ 250.

6. João Pessoa – PB

A cidade já é muito conhecida pelos Brasileiros e é o ponto de partida para conhecer as riquezas do estado. No entanto, ao mesmo tempo que o grande fluxo de turistas encarece um pouco alguns custos, o custo de vida para os locais é bastante atrativo. Na capital paraibana, um almoço em restaurante custa R$ 10,58 em média, já em moradia, se optar por viver em um apartamento de três dormitórios em região de alta valorização, o custo médio é de R$ 1.488,89; no quesito educação, a mensalidade para uma faculdade de Administração, por exemplo, é de aproximados R$ 596,67.

7. Bangkok, Tailândia

No ranking mundial podemos encontrar entre as cidades mais baratas para viver a conhecida e destino de muitas celebridades Bangkok, na Tailândia. Nesta exótica cidade é possível almoçar em um restaurante barato por R$ 5,57 e viver em um apartamento de um dormitório em regiões mais afastadas do centro pro aproximados R$ 741,12.

8. Bali, Indonésia

Bali faz parte da lista de viagens dos sonhos de muita gente e, surpreendentemente, também faz parte da lista de cidades com menor custo de vida. Um almoço custa R$ 5,59 em um restaurante barato e para alugar uma moradia, apartamentos fora do centro tem custo médio de R$ 1.911.

9. Lviv, Ucrânia

A cidade de Lviv, na Ucrânia vem se tornando um modelo de desenvolvimento no país e com uma boa colocação no ranking de custo de vida mundial, sendo esta uma opção entre as cidades onde se vive bem com pouco dinheiro. Um restaurante barato oferece a opção de almoço por R$ 7,57, um litro de leite custa em média apenas R$ 1,93 e 1kg de arroz, R$ 3,04. Quanto às despesas de aluguel, os custos aproximados para um apartamento de três dormitórios no centro da cidade é de R$ 1.532,09.

10. Valenzuela, Filipinas

Valenzuela está entre as maiores cidades das Filipinas, o que proporciona uma boa infraestrutura ao local e, ainda assim, se faz presente entre as mais baratas no ranking mundial. O custo de uma refeição em restaurante considerado barato é de R$ 7,94; já os valores compreendidos para o aluguel são ainda mais atraentes, sendo o custo de um apartamento de 3 dormitórios no centro da cidade de aproximados R$ 617,80.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar