As cidades com metro quadrado mais caro do Brasil

O Índice FipeZap divulgou os dados sobre as cidades com metro quadrado mais caro do Brasil de 2016. Saiba quais são elas. 

As cidades com metro quadrado mais caro do Brasil
Rio de Janeiro e São Paulo estão entre as cidades com maior preço por m²

Prepare o bolso se estiver pensando em comprar um apartamento no Rio de Janeiro ou em São Paulo. Essas são as cidades com metro quadrado mais caro do Brasil, segundo dados do Índice FipeZap de agosto de 2016, que apontam ainda Contagem e Goiânia como as cidades com menor valor médio por metro quadrado.

Vai mudar de casa? Veja o guia completo da mudança de casa

O Índice FipeZap apresentou o preço médio do metro quadrado em 20 cidades brasileiras e apontou quais são as cidades com metro quadrado mais caro do Brasil.

No total, o valor médio anunciado foi de R$ 7.637 em agosto de 2016, sendo que o preço médio apresentou queda real de -8,24, tendo em vista que a inflação esperada para o período era de 8,95%.

A média se apresentou praticamente estável, levando-se em consideração os últimos doze meses anteriores. Todas as cidades brasileiras registraram variação inferior à inflação esperada, sendo que no Rio de Janeiro, Recife, Niterói, Distrito Federal e Goiânia houve queda nominal.

As cinco cidades com metro quadrado mais caro do Brasil

  1. Rio de Janeiro: R$ 10.223
  2. São Paulo: R$ 8.613
  3. Distrito Federal: R$ 8.560
  4. Niteroi: R$ 7.423
  5. Florianópolis: R$ 6.555

Já as cidades onde o valor médio do metro quadrado é mais baixo são São Bernardo do Campo (R$ 4.907), Salvador (R$ 4.765), Vila Velha (R$ 4.510), Goiânia (R$ 4.146) e Contagem (R$ 3.642).

Recife (R$ 6.008), Belo Horizonte (R$ 5.999), Fortaleza (R$ 5.982), São Caetano do Sul (R$ 5.905), Vitória (R$ 5.695), Porto Alegre (R$ 5.636), Curitiba (R$ 5.476), Campinas (R$ 5.435), Santo André (R$ 5.267) e Santos (R$ 5.125) também compõem a lista.

O Índice apresentou variação de 0,05% entre julho e agosto de 2016, sendo que cinco das vinte cidades – incluindo as cidades com metro quadrado mais caro do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo – apresentaram variação negativa enquanto as demais apresentaram elevação. No acumulado entre janeiro e agosto, houve ligeiro crescimento de 0,14%.

Em Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis o aumento dos preços em agosto superou a inflação esperada para o mesmo período.


O que é FipeZap?

O Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados é responsável pela pesquisa que aponta quais são as cidades com metro quadrado mais caro do Brasil.

Resultado de uma parceria entre a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) e o portal Zap Imóveis, o indicador faz um acompanhamento da evolução dos preços do mercado imobiliário brasileiro.

Por mês, o índice coleta milhões de anúncios de venda e locação de imóveis residenciais e comercial e faz um rigoroso tratamento estatístico para considerar apenas as informações adequadas. A partir daí são calculados os preços representativos de cada uma das cidades contempladas, que também serão acompanhadas ao longo do tempo com a evolução dos preços sendo mensurada.

O preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos é analisado em 20 municípios brasileiros com base nos anúncios veiculados na internet.

Veja também:
Valor médio do imóvel pago com FGTS pode aumentar 
Veja o valor de mercado da sua casa 
Despesa com moradia é o que mais pesa no orçamento doméstico

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar