Chrome poderá economizar até 60% dos dados móveis no smartphone

Com o upgrade da função Data Saver, o Chrome novamente garante a economia dos seus dados móveis e a experiência do usuário em conexões lentas.

Chrome poderá economizar até 60% dos dados móveis no smartphone
Conheça as funcionalidades do seu Chrome para poupar dados móveis no browser.

Ele desbancou o Firefox, Safari, Opera e tantos outros navegadores que já estiveram entre os favoritos. Hoje, semeia longos anos de reinado oferecendo soluções exatas para as necessidades do usuário. Afinal, o Google Chrome ganhou duas novas funcionalidades que prometem uma considerável economia em dados de internet móvel.

Em um momento onde a Google mantém-se de olhos bem abertos sobre os países com deficiência em cobertura móvel, até 60% do seu pacote de dados será poupado enquanto usa o browser. E o melhor, isso também inclui os vídeos que assiste fora de casa.

Funcionalidades do Chrome para economizar dados móveis

A primeira das funções apresentadas para o Chrome nesse quesito caiu nas graças dos usuários logo no começo desse ano. Sob o nome de Data Saver ou Economia de Dados, a extensão promete uma economia de até 60% dos dados que seriam utilizados para carregar textos e imagens no browser. Tudo isso graças a um sistema de compressão das páginas que visita, antes mesmo de fazer o download delas.

O diferencial, lançado ainda há poucas semanas traz mais uma função que, definitivamente, agradou aos usuários. Agora, o Chrome Data Saver permite economizar até 67% dos seus dados móveis enquanto estiver assistindo vídeos em formato MP4 através do navegador com a extensão.

O recurso, por sua vez, é capaz de detectar conexões lentas e otimizar os sites para que apenas o conteúdo essencial seja exibido. Por isso, alguns ícones e imagens podem simplesmente ser removidos e fotos sairão com baixa resolução. A funcionalidade está disponível somente para equipamentos Android.

Uma segunda funcionalidade recente nesse quesito é nada menos que a possibilidade de realizar o download das páginas, o que já era permitido pelo navegador Opera há algum tempo. Dessa forma, o usuário poderá baixar suas músicas, fotos e vídeos enquanto estiver sob uma conexão sem fio e visualizar esse conteúdo offline. Atualmente a função está disponível somente em versões de teste, mas deve ser liberada em breve a todos os usuários.

O fim das conexões lentas?

A Google vem se mostrando a cada nova funcionalidade, produto ou projeto, uma grande entusiasta para otimizar a experiência de cada usuário perante conexões ruins e utilização de dados móveis. Na Índia, por exemplo, a empresa lançou o app YouTube Go, permitindo o download dos vídeos para visualização offline.

Em parceria da Google com o governo indiano, fechou-se um acordo para a instalação de hotspots em 100 ferroviárias até o final do ano. Com isso, a iniciativa Google Station fornecerá software para que os estabelecimentos possam disponibilizar WiFi aos seus clientes – gratuitamente ou não.

Atualmente a implantação já executa parte da sua meta em mais de 53 estações, de modo que pesquisas estimam que mais de 15 mil indianos estão agora online todos os dias graças ao projeto.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar