7 celulares que você amava quando era criança

Se você foi uma criança dos anos 90 sabe que, quando alguém apareceu com um celular pela primeira vez na família foi um alvoroço. Relembre alguns desses modelos.

7 celulares que você amava quando era criança
Relembre alguns dos celulares que marcaram sua infância nos anos 90

Se você foi uma criança nos anos 90 se lembra que, quando alguém apareceu com um celular pela primeira vez na família precisou te aguentar mexendo em tudo para descobrir o que aquilo tinha de novo. Começou com a novidade tecnológica pela falta dos fios, depois passou para o design, até chegar nos joguinhos e demais funcionalidades que faziam as baterias que deveriam durar dias, cair pela metade do tempo. 

Os celulares top de linha

Relembre alguns dos celulares que marcaram sua infância – ou adolescência – e, se algum não foi citado, deixe sua experiência nos comentários.

1. MicroTAC – 1990

Muito mais que um só aparelho, o MicroTAC foi uma família. Alguns exemplos de maior sucesso foram o 9800x, o 550, 650 entre outros. Marcando presença em território brasileiro, a Motorola foi a pioneira em trazer comunicação móvel ao país, apresentando a tecnologia MicroTAC em 1990. A linha era baseada em um design com flip e pesava cerca de 290 gramas. A novidade chegou rapidamente às mãos das crianças, pois os modelos serviram de inspiração para uma infinidade de brinquedos. Nesta fase, as brincadeiras passaram a deixar os telefones de brinquedo com fio para migrar para os “tijolos” de mentirinha. 

2. StarTAC – 1996

celularesanos90


O declínio dos MicroTACs se deu com o surgimento do StarTAC. Lançando a moda dos celulares em formato de concha, a mais nova aposta da Motorola chega em 1996 inspirada nos comunicadores da série Jornada nas Estrelas. Precisa dizer mais alguma coisa? O aparelho adquirido por pais e mães para tratar de negócios rapidamente se torna brinquedo na mão dos pequenos. A novidade, além do design, era a possibilidade de prendê-lo no cinto/calça, tornando as coisas ainda mais divertidas.

3. Baby – 1998

Quem passou pelos anos 90 com certeza se lembra da propaganda do bebê que anunciava a nova era dos celulares. Sim, este mesmo. O “Baby, da Telesp Celular”. Essa leva de aparelhos foram os que lançaram o primeiro terminal pré-pago no Brasil. Os mais famosos foram, sem dúvidas, os modelos LG 330W CDMA e o Motorola Talkabout 182c. Os aparelhos disponibilizados eram, em geral, menores e mais anatômicos que o normal. Possuíam alguns toques padrão, mas a criançada se divertia com isso. E por serem modelos pequenos, diferentes daquelas réplicas do MicroTAC que elas tinham como brinquedo, a novidade era alvoroço instantâneo.

4. Nokia 5120 – 1998 

celularesanos90


Pioneiro de sucessos indestrutíveis da Nokia, o 5120 foi uma febre em 1998. Custava cerca de R$ 400,00 na época, o que era uma fortuna. Apresentava uma tela maior, mas ainda monocromática e a possibilidade de acessar chamadas perdidas/efetuadas/recebidas. Porém, a grande sensação era poder trocar as “capinhas”, disponibilizadas em algumas cores bem chamativas. Outra característica que o fez um ícone foi o famoso jogo Snake, que tornou daí em diante a função de efetuar chamadas totalmente secundária. Além deste, outros dois jogos também vinham na memória.

pague menos na sua conta de celular

5. Nokia 6160 –1998

Em aperfeiçoamento ao 5120, o 6160 foi outro sucesso da Nokia. Com uma bateria que durava cerca de 4 dias e um jogo a mais na memória – que ninguém estava se importando muito –, as crianças já estavam crescendo e, ao invés de um celular de brinquedo, o interesse por um de verdade era maior. Mas, enquanto a hora de ganha-lo não chegava, o jeito era se divertir com os 35 ringtones e reduzir pela metade a duração da bateria com Snake. Outra novidade do modelo era o suporte a USB, uma modernidade absurda para a época.

6. Samsung Voicer – 1999

O Samsung Voicer era, além de bonitinho, uma mão na roda. Com a proposta flip, ele foi lançado em meados de 1999 apresentando um design mais quadrado, mas ganhou logo em seguida versões mais arredondas e futuristas com o modelo Vision e Fashion, com 4 opções de cores. Os dois últimos vinham com jogos e acesso à internet! Por ter esse design mais agradável, o modelo era cobiçado pelos já adolescentes na época, principalmente pelas meninas. Outra novidade do modelo era se arriscar a dar comandos de voz para que realizasse ligações, mas nem sempre isso ficava muito claro para ele.

7. Menção honrosa: Nokia 3310 – 2000 

celularesanos90


Dificilmente você vai conhecer alguém que não teve um Nokia 3310 ou que não saiba de alguém que o teve. Conhecido pela sua “indestrutibilidade”, o aparelho lançado em 2000 vinha com muitas novidades. Neste modelo já era possível inserir papéis de parede e proteção de tela (tudo monocromático ainda), utilizar um facilitador – ou não – de texto T9 para digitar sua mensagens, baixar toques monofônicos, e claro, jogar Snake II. Outros jogos como Space Impact, Bantumi e Pairs II também estavam presentes. E a bateria, pasme: durava cerca de 10 dias enquanto nova. Nos anos seguintes, modelos como o 1100 com a carcaça em plástico e o “Nokia Azul”, modelo 2280 também chegaram ao mercado, com toque agradável às teclas, lanternas e demais funcionalidades, mas ainda mantendo as características que fazem do 3310 um dos melhores celulares da história.

Quer falar no celular sem pagar uma fortuna? Descubra como!


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar