Os 10 castelos na Europa mais incríveis para visitar

Quem adora conhecer lugares que misturam fantasia com realidade sabe que não faltam castelos na Europa. Saiba quais são as construções mais fabulosas para visitar.

 

Os 10 castelos na Europa mais incríveis para visitar
Quantidade de castelos na Europa impressiona

GANHE O MUNDO FALANDO INGLÊSfaça um teste e descubra o seu nível

Sejam os medievais e mesmo os que antecederam esse período, existem castelos na Europa para todos os gostos. O continente é campeão quando falamos nesse tipo de construção. Todos os países têm aqueles que são emblemáticos, referência de um tempo onde o poder ficava atrás de grandes muros de pedra ou exibia-se em mansões finamente decoradas.

Os castelos na Europa, além de vestígios da História, alimentam fantasias. Reis, rainhas, príncipes, princesas ou demais membros da nobreza que ali viveram estimulam o imaginário coletivo. Visitar essas construções é sentir-se também um pouco da realeza, entrar na intimidade banhada a ouro das majestades ou surpreender-se com os podres reais.


Castelos sensacionais

Apesar dos castelos na Europa não terem saído de nenhuma fábula, alguns deles inspiraram grandes histórias e foram parar nas telonas. Entre tantas opções, selecionamos as 10 melhores para visitar. Prepare as malas e coloque estas maravilhas no seu próximo roteiro.


1. Castelo de Windsor (Inglaterra)

castelos na Europa


Windsor é uma das residências oficiais dos nobres ingleses e leva o título de maior castelo ocupado do mundo. Foi construído em 1066 durante o reinado de William, o Conquistador. Apesar do Palácio de Buckingham ser o local onde a família real passa boa parte do tempo, muitas vezes a Rainha prefere estar em Windsor, apesar de não ser vista pelos visitantes. Entre as centenas de pavilhões do lugar, ela fica em uma zona mais reservada.

Conheça as viagens de trens mais bonitas da Europa.


2. Castelo Chambord (França)

castelos na Europa


A grandiosidade geralmente é uma característica comum dos castelos na Europa, mas Chambord leva isso ao pé da letra. Idealizado pelo rei Francisco I, teve a consultoria, digamos assim do brilhante Leonardo da Vinci. O local era a residência de caça do nobre e tão logo foi construído, entrou para a história com as suas 426 salas. A passagem por Chambord é obrigatória para quem aprecia arquitetura, obras de arte e gostaria de apreciar o luxo da nobreza no seu melhor.

Cidades com poucos brasileiros para fazer intercâmbio.

3. Castelo de Praga (República Tcheca)

castelos na Europa


Com tantos grandes castelos na Europa, fica difícil dizer qual o maior. De acordo com o Guiness Book, o título fica com o Castelo de Praga, que é também patrimônio da Unesco. E não à toa: os 70.000m² são uma verdadeira jóia em todos os sentidos. O castelo abriga um complexo com outros prédios, torres e capelas e ainda é sede governamental. Uma parte do local está destinada ao “escritório” do presidente e não é aberta a visitantes.

4. Castelo de Coca (Espanha)

castelos na Europa


Coca é, acima de tudo, uma obra de arte. Construído com uma preocupação estética, tanto que os tijolos são bem mais visíveis que as pedras, foi também pensado para proteger quem lá vivia. Nesse sentido, há um fosso profundo, portas de ferro praticamente indestrutíveis e uma ponte elevadiça. Ao contrário dos outros, os resquícios da nobreza não estão expostos, uma vez que o local sofreu saqueamentos e foi, por último, transformado em quartel por Napoleão em 1808.

Faça já o cadastro gratuito e receba informações sobre as passagens baratas no seu e-mail.

5. Castelo Ksiaz (Polônia)

castelos na Europa


E, como não poderia deixar de ser, existem castelos na Europa que misturam histórias reais, muita fantasia e relatos macabros. Duvida? Então precisa conhecer um pouco mais de perto o Castelo Ksiaz. A residência dos nobres poloneses até meados da década de 40 é supostamente assombrada pelo fantasma da última princesa que lá viveu.

ECONOMIZE NA SUA PRÓXIMA VIAGEM
Receba as dicas, ofertas e informações no seu email e viaje mais barato.

Mas há coisas ainda mais assustadoras: de acordo com pesquisadores, por baixo do castelo era o bunker que abrigada Hitler e os principais membros do Terceiro Reich. À custa da instalação dos oficiais, uma parte da estrutura original do castelo foi depredada. Algumas secções do edifício só podem ser visitadas por pesquisadores credenciados pelo governo.

6. Castelo Frankenstein (Alemanha)

castelos na Europa


Nem todos os castelos na Europa precisam ter sido habitados por reis ou rainhas. Existem aqueles que foram casa de...monstros. Pelo menos é o que dizem. Se você já ouvir falar na história do Frankenstein, sabe do que estamos falando. Segundo contam, o local foi construído pela família von Frankenstein e, 400 anos depois, habitado pelos Dippel. O herdeiro destes cresceu e passou a fazer experimentos com cadáveres, supostamente tentando trazê-los à vida, o que só deu muito certo na literatura. Atualmente, a maior parte do castelo está em ruínas, mas mesmo assim vale a visita.

Como enfrentar uma viagem longa de avião.

7. Castelo de Eger (Hungria)

castelos na Europa


Os castelos na Europa foram arquitetados também para serem mecanismos de defesa. Por isso são geralmente cercados por grandes muralhas e possuem fossos com uma certa profundidade. Parece algo arcaico para nós, mas na Idade Média, era suficiente para derrotar todo um exército, como foi o caso em Eger. A construção é famosa por ter “derrotado” os turcos otomanos em 1552: o invasores foram detidos duas vezes pelos obstáculos. Hoje, o local é um dos principais pontos turísticos do país.

Ofertas de pacotes de viagem e hospedagem na palma da mão. Baixe o app grátis e fique de olho nas oportunidades!


8. Castelo Predjma (Eslovênia)

castelos na Europa


Obviamente que no continente não poderiam faltam cenários inusitados para essas construções. Um exemplo disso é o Castelo Predjma, construído no interior de uma grande rocha a 123 metros de altura. À primeira vista é tão impressionante quanto o que está por trás das suas paredes. Toda a estrutura de palacete está presente, assim como uma quantidade inacreditável que galerias subterrâneas.

Veja também: cidades alternativas para fazer intercâmbio. 

9. Castelo de Alnwick (Inglaterra)

castelos na Europa


Esse é um cenário que os fãs da saga Harry Potter certamente reconhecerão. O Castelo de Alnwick foi o set de filmagem dos dois primeiros filmes da série. Cenas externas e internas do local representavam a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, que depois migrou para outros lugares em solo inglês. A construção medieval com 170km² de jardim também apareceu em outros filmes, como por exemplo “Robin Hood”.

10. Castelo de Hunyad (Romênia)

castelos na Europa


Existe algo mais fantástico e misterioso do que um castelo em estilo gótico? Hunyad é um belo exemplar desses e o maior da Romênia. É mais um dos castelos na Europa cercado por boatos e que inspiraram obras literárias. O local era a casa Vlad III, conhecido por torturar com empalamento os turcos que fossem presos no país e beber o sangue das vítimas. Em pouco tempo, a casa virou prisão do torturador. A crueldade de Vlad III e todas as lendas que cercam Hunyad serviram de pano de fundo para o Drácula de Bram Stoker.

Desenrole a língua! Aprenda inglês rápido e definitivamente.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar