Casamento gay cresceu 15,7% no Brasil

Dados do IBGE também mostram que união homoafetiva cresceu 5 vezes mais que entre homem e mulher.

Casamento gay cresceu 15,7% no Brasil
No total, 14.168 casamentos foram realizados no Brasil desde 2013

Dados das Estatísticas do Registro Civil 2015, divulgadas nesta quinta--feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram o crescimento no número de casamentos gays. O percentual de união entre pessoas do mesmo sexo foi cinco vezes maior do que o casamento entre homens e mulheres em 2015. O aumento foi de 15,7%, o que representa 0,5% do total de casamentos registrados. Já os casamentos entre pessoas de sexo diferentes aumentaram 2,7%.

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi aprovado em 2013, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Desde então, todos os cartórios estão habilitados a celebrar a união. O crescimento aconteceu em todo o Brasil. Desde que foi aprovado, o número de casamentos gays aumentou em 51,7%. Foram 3.700 em 2014 e 5.614 uniões em 2015. No total, 14.168 casamentos foram realizados no Brasil desde 2013.

Saiba depois de quanto tempo juntos podem declarar união estável

Estados com maior número

De acordo com dados do IBGE, São Paulo é o estado com maior número de casamentos gays. Entre 2013 e 2015 a quantidade saltou de 1.269 para 2.008. Até o ano passado, 14.168 uniões entre cônjuges do mesmo sexo foram registradas nos cartórios do estado, no total.

Em segundo e terceiro lugar aparecem Rio de Janeiro e Minas Gerais, com um total de 1.183 e 918 casamentos entre 2013 e 2015, respectivamente. No final do ranking estão três estados da região Norte: Tocantins, Roraima e Acre, que tiveram, entre 2013 e 2015, um total de apenas 24, 14 e 12 casamentos, respectivamente.

Proporcionalmente, o estado que se destaca na lista do IBGE é o Amazonas, que teve um aumento de 1.300%, saltando de 7 para 98 casamentos registrados entre 2013 e 2015.

Menos divórcios

Em 2015 houve queda no registro de divórcios, passando de 341.181, em 2014, para 329.025 divórcios. De acordo com o IBEG, o homem tem em média 43 anos, enquanto a mulher tem 40 anos, quando se divorcia no Brasil.

Foto: Reprodução Pexels 
Veja também:
Como fazer uma festa de casamento simples 
Festa do divórcio: a moda agora é celebrar a separação 
Regimes de casamento: conheça todos os tipos

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar