Cartão de débito: os cuidados com as cobranças indevidas

Use seu cartão de débito sem sustos no final do mês; conheça as boas práticas em débito automático, cheque especial e cobranças indevidas a evitar.

Cartão de débito: os cuidados com as cobranças indevidas
Ao identificar qualquer movimentação suspeita, reúna provas e exija seu reembolso

Ainda que muitos consumidores optem por manter distância das tentações à crédito, saber utilizar o cartão de débito tem extrema importância para a saúde financeira. Entenda o que deve ser analisado em seus extratos e confira dicas valiosas para não se endividar com o cheque especial.

Cartão de débito: fique atento às armadilhas e deslizes

Cheque especial, dificuldade em coordenar seus gastos e cobranças indevidas que passam despercebidas aos olhos do titular da conta. Essas e outras situações são apenas algumas das armadilhas que um cartão de débito utilizado indiscriminadamente pode ocasionar. Para isso, conheça boas práticas para sua vida financeira e use seu dinheiro de plástico com consciência.

Débito Automático

Sinônimo de comodidade e muitas vezes, descontos extras pela adesão do serviço, o débito automático é uma preferência bastante útil, porém perigosa se o cliente tem o perfil mais esquecido. Ao colocar suas despesas para serem debitadas automaticamente da conta bancária mês a mês, lembre-se sempre de conferir o valor enviado na fatura e questionar quando este for divergente do montante descontado neste período.

Consultas de Extratos

Uma das melhores dicas para quem não quer terminar o mês com saldo negativo nem se assustar com débitos não autorizados ou demais movimentações que não estavam em seus planos, é estar sempre atento aos extratos de seu cartão de débito. Se a questão para a falta de consulta é o valor cobrado pelas consultas nos caixas eletrônicos, isso não é mais desculpa; é possível ter na palma das mãos todas as operações realizadas e detalhadas por meio do internet banking ou aplicativos para smartphone, os quais são isentos de taxas.

Cheque Especial

Visto pelos economistas e pelos endividados como um lobo em pele de cordeiro, o cheque especial é uma das maiores armadilhas dos utilizadores frequentes do cartão de débito. Nele, em um acordo entre instituição bancária e cliente, um valor além do saldo disponível é liberado para utilização quando este torna-se negativo.

Entretanto, ainda que essa pareça ser uma vantagem dada pelo banco a clientes que necessitem que um crédito imediato, os juros cobrados por cada período de utilização podem fazem do cheque especial uma dívida extremamente difícil de ser quitada. Portanto, esteja sempre ciente de seu saldo real na conta, recuse ofertas do banco para aumentar o limite desse crédito, e o mais difícil: evite ao máximo utiliza-lo.

Cobranças Indevidas

Entre as principais reclamações registradas no Banco Central, as cobranças indevidas lideram o ranking. Em alguns casos, a cobrança acontece após o cancelamento, alteração ou pagamento de determinado serviço que constava em débito automático, o qual continua sendo debitado da conta.

Outras questões envolvem cobranças de taxas e serviços diversos da própria instituição bancária, onde o cliente não efetuou tal solicitação ou não autorizou o débito.

Em ambos os casos, o cliente deverá reunir todas as provas acerca do cancelamento/alteração do serviço em questão, bem como os comprovativos de pagamento dos meses anteriores ao fim do contrato, encaminhando todos os documentos ao banco, explicando a situação e exigindo o reembolso imediato. Em caso de negação, o cliente deve procurar os órgãos de defesa do consumidor (como o Procon) o mais rápido possível, acompanhado de um advogado de sua confiança, com a finalidade de mover uma ação contra a instituição bancária.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar