Os 7 carros mais roubados em São Paulo

Boa mecânica, qualidade e peças com um bom valor de revenda no mercado negro. Conheça os 7 carros mais roubados em São Paulo e fique em alerta!

Os 7 carros mais roubados em São Paulo
Veja quais são os carros mais roubados em São Paulo e ligue o alerta

O estado de São Paulo possui a maior frota de carros do país, e ocupa também o primeiro lugar no ranking de roubo de carros. Se você é de São Paulo e busca um novo veículo ou se já possui algum, veja quais são os carros mais roubados em São Paulo e fique alerta!

Ranking de carros mais roubados de São Paulo

Há vários fatores que são levados em consideração na hora de comprar um carro, como custo benefício, depreciação, facilidades de encontrar peças de reposição, custo de manutenção... Muitos desses fatores são os mesmo que fazem com que alguns carros sejam mais roubados, pois são mais facilmente revendidos, e as peças são mais procuradas no mercado negro.
1- Palio (Fiat)
Por ser um veículo com uma grande venda na cidade paulista, muitos assaltantes o procuram para fazer desmanche e reutilizar as peças. E por isso entra na lista dos carros mais roubados em São Paulo

2- Gol (Volkswagen)
Assim como o Palio, o Gol é um automóvel muito comum na cidade de São Paulo. Para além disso, ele apresenta boa mecânica, pouca resistência a roubo e peças com boas qualidade, que o faz ser um dos carros mais roubados em São Paulo.

3- Uno (Fiat)
O Uno é, com certeza, um dos veículos mais populares no país. E não é a toa que também seja “famoso” pelos ladrões e o torne um dos carros mais roubados de São Paulo. Tem uma boa aceitação no mercado, é muito fácil de ser arrombado e tem peças que estão sempre sendo procuradas. Uma harmonia perfeita!

4- Fiesta (Ford)
O Ford Fiesta, principalmente o da segunda geração, é um dos modelos roubados em São Paulo e no Brasil. Este carro é vendido com o sobrenome RocCam e uma das suas principais vantagens para os ladrões é o fato de ter peças que podem ser usadas em diferentes veículos, por isso é tão visado nos grandes centros urbanos para alimentar o mercado ilegal de peças.

5- Fox (Volkswagen)
Outro automóvel também popular, o Fox tem um grande número de vendas no Brasil, pois alia custo e benefício. Tudo o que atrai os compradores, chama a atenção dos assaltantes também, como: boa mecânica, resistente e de fácil manutenção.

6- Celta (Chevrolet)
Até na versão 1.0, o Celta é um carro resistente e popular, o que o faz estar entre os mais roubados em SP. Pelo fato de ser popular, os ladrões têm mais facilidade para repassar o veículo quanto para desmontar e vender as peças.

7- Voyage (Volkswagen)
Confortável, bonito e resistente, o Voyage está entre as preferências dos ladrões em São Paulo. Por isso, este modelo costuma ter o valor do seguro mais caro em todas as seguradoras.

Como aumentar a segurança do seu carro

Você tem um desses carros citados acima como mais roubado em São Paulo e está com medo da insegurança da região? Para proteger o seu veículo e aumentar a sua segurança, você pode usar os seguintes recursos:

Rastreador veicular

Os rastreadores veiculares são ferramentas de geolocalização que, se forem instalados corretamente, são capazes de indicar onde o carro está parado ou circulando. Normalmente, os aparelhos são pequenos e emitem sinais através de antenas, sendo que as versões mais modernas contam com antenas internas que emitem sinais amplificados, aumentando a capacidade de localização.

É possível usar um rastreador com ou sem mensalidade. No primeiro caso, você tem apenas o serviço de localização. Já na segunda alternativa, há o suporte de uma equipe disponível 24 horas e que ajuda na localização, identificação e recuperação do seu carro.

Seguro auto

O seguro auto é um serviço que você pode contratar para proteger o seu veículo de roubo ou furto, acidente e incêndio. Este serviço é mais completo e consequentemente mais caro. Porém, mas seguro, visto que se o seu carro for roubado, você será ressarcido.
 

Gostou? Compartilhe!
Carolina Benevides Carolina Benevides

Jornalista brasileira, Carolina Santarosa é formada pela Universidade de Fortaleza desde 2011. Atualmente cursa o 2º ano do Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto. A profissional já trabalhou no marketing da Red Bull, foi Assessora de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza e do North Shopping Fortaleza. Fez intercâmbio acadêmico nos Estados Unidos e atualmente mora no Porto (Portugal).

Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar