Os 10 carros mais roubados em SP em 2016

Incentivados principalmente pela alta demanda do mercado negro, os carros mais roubados em SP este ano também são alguns dos mais populares. Veja a lista.

Os 10 carros mais roubados em SP em 2016
Saiba quais são os modelos mais visados e os locais de maior ação dos criminosos

Seja apenas na cidade ou no estado como um todo, São Paulo concentra uma das maiores frotas automobilísticas do Brasil, acabando assim por concentrar também alguns dos mais altos índices de furtos e roubos do país. A grande problemática desta situação fica não somente pelo risco à segurança dos motoristas, mas também para o alto preço que os carros mais roubados em SP demandam na contratação de seguros nestas regiões. Veja, a seguir, quais são os modelos mais visados pelos assaltantes e as regiões de maior incidência para os crimes.

Os carros mais roubados em SP

A lista a seguir dos carros mais roubados em SP foi estabelecida de acordo com um levantamento de dados feitos junto ao Índice de Veículos Roubados da Superintendência de Seguros Privados (Susep) em todo o Estado. O índice leva em conta a soma de todos os sinistros registrados em carros roubados e furtados e divide este número pela quantidade de veículos segurados de cada modelo. O ranking se refere às coletas realizadas até o dia 23 de Maio de 2016 no sistema.

10. Fiat Siena 1.0

Número de sinistros: 635
Veículos segurados: 22.848

Este sedã acabou por agradar o mercado Brasileiro e obteve um bom impacto de vendas chamando, dessa maneira, também a atenção dos criminosos. Outro ponto levantado por alguns consultores referente à sua visibilidade para roubos é o fato de possuir uma mecânica compatível com modelos como a Strada, Palio e a versão Weekend.

9. Ford Fiesta acima de 1.0

Número de sinistros: 755
Veículos segurados: 62.829

O fator estimado como maior causa dos furtos do modelo Fiesta é o fato de possuir um grande mercado informal de peças. Sendo este um veículo muito comercializado com muitas peças para possíveis intercâmbios com outros modelos, há um aumento da visibilidade para roubar ou furta-lo.

8. VW Volkswagen Fox acima de 1.0

Número de sinistros: 756
Veículos segurados: 41.033

O modelo da Volkswagen é um dos maiores sucessos de venda da montadora, mas seu preço acessível e mecânica fácil criam uma demanda que também existe no mercado negro de peças, crescendo assim o interesse dos criminosos pelo modelo.

7. GM Chevrolet Corsa 1.0

Número de sinistros: 825
Veículos segurados: 94.213

Mesmo com as interrupções na produção e distribuição do modelo pela General Motors no Brasil, o modelo ainda possui um grande mercado. Tal presença e a demanda por peças acaba por fazer com que este veículo seja muito buscado por ladrões, que veem na facilidade em executar arrombamentos uma oportunidade. O modelo ágil e compacto acaba sendo ainda utilizado para outros furtos, roubos e em fugas.

confira
uma solução de seguro sob medida para você

6. Fiat Uno 1.0

Número de sinistros: 930
Veículos segurados: 51.965

Um modelo de carro de tamanho médio, o Fiat Uno acaba por entrar na lista por sua larga distribuição. O modelo atende a uma gama muito variada de consumidores, apresentando uma mecânica muito simples e baixo custo de manutenção; infelizmente saltando também aos olhos dos criminosos. O fato de o modelo ser relativamente fácil de ser arrombado e de encontrarmos empresas que utilizam frotas inteiras com este veículo faz com que ele esteja presente na lista dos favoritos para tais delitos.

5. VW Volkswagen Voyage

Número de sinistros: 980
Veículos segurados: 31.828

O Voyage é um modelo de grande sucesso e que possui muito interesse por parte dos brasileiros desde os primeiros exemplares comercializados. Porém, por não se tratar de um veículo propriamente popular e com uma manutenção um pouco mais cara, isso acaba por fomentar o mercado ilegal de peças. O fato de possuir uma série de itens que são compatíveis com outros veículos também acaba por estimular os furtos e roubos.

Os 50 carros mais roubados no Brasil em 2016

4. Fiat Strada

Número de sinistros: 1.041
Veículos segurados: 36.485

Outro campeão de vendas na categoria é o modelo Strada, entrando no ranking principalmente pela presença no mercado e também por possuir uma vasta gama de peças compartilhadas com outros modelos, tornando-o uma boa estratégia para os desmanches. Assim, suas peças acabam sendo utilizadas para proprietários deste e de outros modelos que acabam por financiar o mercado negro.

3. VW Volkswagen Gol 1.0

Número de sinistros: 1.480
Veículos segurados: 92.118

Este é outro modelo que não costuma causar espanto aos consumidores por estar entre os carros mais roubados em SP. O modelo Gol é um de seus carros chefes e está entre preferidos pelo brasileiro; sua mecânica muito bem acertada e de boa qualidade em peças faz com haja, inclusive, um grande mercado para desmanches. A facilidade de manutenção deste veículo também se reflete em uma facilidade pra desmonte de peças, bem como a praticidade na qual os criminosos já desenvolveram para leva-lo embora.

2. Fiat Palio 1.0

Número de sinistros: 1.509
Veículos segurados: 78.902

O modelo Palio é um dos clássicos populares da montadora Fiat e sua presença forte no mercado já o colocou no topo das vendas por diversas vezes. Entretanto, assim como também foi considerado o modelo mais barato a ser comercializado no país, sua presença marcante também fez com que houvesse um aumento exponencial no número de desmanches para o mercado negro de peças.

1. GM Chevrolet Celta 1.0

Número de sinistros: 1.511
Veículos segurados: 85.078

Como um dos modelos mais populares da montadora General Motors, a grande exposição do veículo acaba por chamar a atenção dos assaltantes. Por este e outros motivos, o grande número de vendas e a facilidade de manutenção em sua mecânica, faz com que este encabece o ranking dos carros mais roubados em SP este ano. Entre as principais finalidades para o crime está a procura por peças no mercado negro.

Os 10 carros mais roubados no Rio de Janeiro em 2016

2015

É possível ainda conferir a evolução dos modelos entre os mais roubados e furtados, principalmente quando comparados aos índices obtidos no ano de 2015, sendo os 10 mais visados os modelos:

10º lugar: VW Volkswagen Parati
9º lugar: Fiat Siena
8º lugar: Ford Fiesta
7º lugar: Chevrolet Celta
6º lugar: Fiat Ducato
5º lugar: Chevrolet Corsa
4º lugar: Peugeot 307
3º lugar: Fiat Palio
2º lugar: Fiat Uno
1º lugar: VW Volkswagen Gol

Locais para ficar atento

Além dos modelos que sofrem uma maior incidência de crimes, existem locais que são preferidos pelos bandidos, principalmente dentro da cidade de São Paulo. Entre as regiões que contabilizam o maior número de ocorrências registradas, a Zona Leste da capital dispara no ranking, sendo a localidade de Itaquera a campeã de roubos e furtos. Ainda dentro das maiores incidências na cidade estão São Mateus, Guaianazes, Tatuapé, Ipiranga, Itaim Paulista, Vila Prudente, Penha, São Miguel e Sapopemba.

Diversas vias de acesso também estão entre os locais mais incidentes para o condutor perder seu veículo para a criminalidade. Entre elas, as de maior risco são as avenidas Jacu-Pêssego, Sapopemba, Ragueb Chohfi, Marginal Tietê, Rodovia Fernão Dias, Aricanduva, Marechal Tito, Estrada M Boi Mirim, Avenida São Miguel e Avenida Itaquera.

Encontre o seguro auto com melhor custo benefício. Confira!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar