Onde achar e comprar carros até 5 mil reais

Quer comprar um carro, mas o orçamento é apertado? Veja as nossas dicas para encontrar carros até 5 mil reais e fazer um bom negócio.

Onde achar e comprar carros até 5 mil reais
Sim, é possível adquirir um veículo a custo baixo. Veja como

Você quer comprar um carro e não quer ou não pode desembolsar muito dinheiro na compra? É possível comprar carros até 5 mil reais*, mas é preciso garimpar bem para não fazer um mau negócio. Veja no artigo locais para comprar carros usados e baratos e cuidados na hora de escolher o seu.

Carros até 5 mil reais a venda - veja onde comprar

Se você está a procura de carros até 5 mil reais sabe que não encontrar um ‘possante’ novinho em folha, certo? O importante é comprar um veículo com bom custo benefício e que não irá te deixar na mão – se o visual for bonito, melhor ainda. É preciso ter muito cuidado para não comprar uma dor de cabeça, pois algumas pessoas vendem carros até 5 mil reais para se livrar de um problema – ou melhor, para passar um problema para a frente – então fique atento ao escolher o seu carro.

Comprar carros usados na internet

Existem vários sites que oferecem carros até 5 mil reais, que podem te dar uma boa ideia do que você vai encontrar no mercado, como:

  • OLX – Na OLX, os proprietários dos veículos oferecem o carro, dão uma descrição simples e oferecem o preço. Assim você pode ter uma boa noção do que vai encontrar à venda por esse orçamento. Coloque o filtro ‘carros usados’ e vá verificando aqueles que estão na sua cidade (ou em cidade próxima) e que tenha um preço que te agrada. Visto o anúncio, você entra em contato com o vendedor e agenda uma visita para conhecer o veículo.

  • Trovit – O site Trovit é um classificado de carros. Site especializado na venda de carros usados que funciona de maneira semelhante ao OLX, onde os próprios donos fazem o anúncio do carro a ser vendido. Quer encontrar carros até 5 mil reais no Trovit? Escreva na busca ‘até 5 mil reais’ e ele irá colocar os anúncios que se encaixam nesse filtro e que estejam próximo de você ( nada de comprar carros usados sem conhecer o veículo).

  • Mitula – Semelhante ao Trovit, o site Mitula tem menor oferta de carros até 5 mil reais, mas o importante é encontrar o carro que seja no valor que você deseja, em boas condições e perto de você, portanto vale a pena dar uma conferida nas ofertas.

  • Zap – outro classificado de carros usados, esse é específico para os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro e tem uma boa oferta de carros até 5 mil reais.

dirija o
carro dos 
seus sonhos

agende um test drive

Comprar carros usados na concessionária

Seja numa concessionária, em uma feira de carros usados ou em lojas especializadas é sempre bom ter uma indicação. Busque referências passadas por amigos ou parentes que compraram um carro usado recentemente. Só assim você vai saber se vale a pena fechar o negócio naquela empresa, se eles não vão te empurrar um carro-problema, se cumprem o combinado na venda, etc. Não fique convencido porque o vendedor garante que o carro é excelente, eles são ótimos em argumento e ganham comissão por carro vendido, portanto não se iluda. A cautela para comprar um carro até 5 mil reais na mão do proprietário e lojas de carros usados deve ser a mesma.

O que você precisa ficar de olho ao comprar carros até 5 mil reais

Carros até 5 mil reais ou serão antigos (com pelo menos 10 anos de uso) ou terão um quilometragem muito elevada, ou serão carros que apresentam algum problema grave – isso se não houver alguma dessas situações combinadas. Por isso é preciso ficar atento.

1. Desconfie de preços muito baixos

Pode ser que a pessoa só tenha que vender rápido porque precisa do dinheiro, mas já dizia o ditado ‘quando a esmola é demais o santo desconfia’. O carro pode apresentar algum problema grave, alguma falha na documentação ou até ser um carro roubado. Fique alerta.

10 carros até R$ 20 mil para comprar ainda este ano

2. Faça uma vistoria completa

Essa é uma dica básica – não se encante somente pelo visual do carro, a máquina precisa estar em bom estado e em bom funcionamento para fechar o negócio. Verifique a quilometragem no painel, verifique o estado dos pneus (e também do estepe), verifique se a bateria tem o selo do Inmetro e a marca dela.  Escolhido o carro, depois de uma vistoria inicial sua, leve a um mecânico. Peça ao seu mecânico que dê opinião sobre a lataria, barulho do motor, suspensão, e, sobretudo, que seja sincero. Afinal, ele está preparado para ver defeitos que você não verá. Se não for possível levar ao mecânico, vá com amigo que entenda de carros.

3. Experimente o carro

Quando dizemos experimente, não é só uma voltinha no quarteirão, vá para um local onde você possa exigir do veículo, testar freios, pedais e todos os equipamentos instalados no carro (rádio, ar condicionado, luzes, etc). Peça para que seu mecânico também dirija o carro. E enquanto ele faz isso, sinta o carro, tanto como companheiro do motorista ou sentado atrás.

4. Não feche o negócio de noite, com chuva ou com pressa

Alguns compradores já se sentiram enganados depois de fechar um negócio tendo visto o carro à noite ou em um dia de chuva. Não ter tempo para perceber com cautela o carro também não ajuda, os defeitos vão aparecer depois e você já vai ter feito a compra. Procure visitar o carro com tempo de sobra, em um dia de sol e com a companhia de uma outra pessoa que irá te ajudar a avaliar.

5. Verifique o histórico do carro

Peça para ver o documento do carro e pesquise na Internet. Existem sites que informam quantos donos o carro já teve, se já foi táxi, se é um carro sinistrado, entre outras pendências como multas e impostos atrasados.

* Preços e dados recolhidos em junho de 2016

Faça um test drive sem custos e sem compromisso. Agende já!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar