Quer comprar um carro sem entrada?

Receba cotações de crédito para comprar o seu carro

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

É melhor comprar carro novo ou usado?

A escolha entre carro novo ou usado sempre suscita muitas dúvidas aos potenciais compradores. Afinal, o que é mais vantajoso? Qual o melhor negócio?

Decisão de comprar carro novo ou usado depende de vários fatores.

O CARRO QUE VOCÊ PROCURA
ESTÁ AQUI
pesquise já,
é rápido e grátis

Seja na primeira compra ou na hora da troca, há quase sempre aquela dúvida: carro novo ou usado? Os futuros proprietários analisam, pedem opiniões, pesquisam preços e, muitas vezes, continuam sem saber qual será a melhor opção. É natural essa incerteza, afinal um veículo é um bem durável e a sua aquisição pesa bastante no orçamento.

A escolha entre carro novo ou usado implica basicamente em questões financeiras, mas, ao contrário do que muitos pensam, não apenas na hora da compra. É preciso considerar os gastos que se terá já com a chave do veículo em mãos. Por isso, essa é realmente uma decisão que não pode ser tomada de ânimo leve.

Carro novo ou usado: prós e contras

No mercado automobilístico brasileiro, a disputa entre carro novo ou usado vem sendo vencida pelos que já tiveram mais de um dono. Enquanto a venda de zero quilômetros apresentou uma queda brusca em 2014, os usados e seminovos estão em alta. Uma mudança no comportamento do consumidor que passou a pensar mais e melhor no dinheiro. Mas por que? Comprar um veículo de segunda mão é sempre melhor?

Ao optar por um carro novo ou usado irá deparar-se com vantagens e desvantagens. Os estreantes saem na frente por não terem tido outros donos, as peças são novas, muito provavelmente o veículo não precisará de reparos constantes, a depender do uso. Além disso, o automóvel sai da loja com garantia de fábrica e um calendário de revisões obrigatórias já precificadas.

Por outro lado, os carros novos geralmente são vendido a preços elevados e vêm praticamente sem acessórios. Para deixar o veículo mais completo, o proprietário precisará investir mais uns bons tostões. Investimento esse que poderá não compensar, uma vez que a desvalorização do automóvel é agressiva assim que ele sai da loja. Assim que chega nas mãos do primeiro dono, o possante já perder automaticamente 20% do valor original. Nos anos seguintes, essa depreciação desacelera. Vale lembrar que o comprador ainda precisará arcar com os custos de documentação, impostos e taxas, um peso extra no orçamento.

Veja como trocar carro usado financiado por novo.

A PROCURA DO CARRO IDEAL?
Na hora de comprar um seminovo ou usado é preciso ter muito cuidado com a procedência. Comece pesquisando com que você pode confirar. Confira!

O preço é algo que chama muito atenção de quem está na indecisão entre um carro novo ou usado. Pelo mesmo preço de um zero quilômetros, é possível encontrar um usado muito bem equipado e que não demandará desse tipo de gasto. Quando o assunto é desvalorização, o usado também é mais vantajoso, pois o maior impacto foi sofrido apenas pelo primeiro dono. Um veículo já rodado, mas em bom estado de conservação, pode realmente ser uma escolha mais justa para o bolso.

Porém, como nem tudo são flores, quem opta por aquele que já tem alguns quilômetros na disputa entre carro novo ou usado pode ter outro tipo de prejuízo. O veículo pode ter saído mais barato, mas o seguro pode até sair mais caro. Depois é preciso considerar que um automóvel com anos de uso tem mais tendência a apresentar problemas e não está mais coberto pela garantia. As idas à oficina podem ser uma constante bem dispendiosa.

Para decidir entre carro novo ou usado, o consumidor precisa colocar prós e contras na balança e ver o que melhor se adapta à sua realidade financeira. Não existe certo ou errado, o que é melhor para um proprietário pode não servir para outro. Por isso, é fundamental estar bem informado e nunca agir impulsivamente na hora da compra ou sob influência de terceiros.

Confira dicas para comprar carro novo.

Novo ou usado na hora da compra

Independentemente de comprar carro novo ou usado, o importante é fazer uma aquisição que atenda às necessidades e demandas. Adquirir o veículo “no escuro” é correr risco sério de decepção ou dores de cabeças futuras. Atenção às dicas para ajudar a tomar a melhor e mais acertada decisão.

  • Não vá além das suas possibilidades financeiras. Por mais que o sonho de um carro zero seja importante para você, escolha a alternativa mais saudável para o bolso em todos os sentidos.

  • Se vai optar por um usado que teve a fabricação descontinuada, verifique como são e quanto custam as manutenções. Geralmente, nessas situações são bem mais caras.

  • Seja carro novo ou usado, é fundamental fazer um test drive. Nos veículos zero, vale para perceber o funcionamento do possante. Nos usados, além disso, serve para detectar possíveis problemas.

  • Os importados podem encantar e, algumas vezes, até terem um preço atrativo, mas é preciso ter atenção. Pode ser muito difícil encontrar assistência ou peças de reposição.

  • Escolha sempre um veículo que se adapte ao seu perfil e estilo de vida, mesmo que essa opção possa sair mais cara. Encare como um investimento a longo prazo.

  • Para quem está decidido a levar um usado para casa, é importante contratar um serviço de vistoria. O mecânico fará uma análise profunda do veículo e poderá afirmar se é um boa opção de compra ou não.

Você procura um seminovo barato e de confiança? Encontre aqui!


Veja também: 

Gostou? Compartilhe!