Quer comprar um carro sem entrada?

Receba cotações de crédito para comprar o seu carro

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

10 dicas simples para descobrir se um carro já foi batido

Antes de investir na compra de um novo automóvel, descubra se é um carro batido para não ter problemas futuros e gastar uma fortuna. Confira as dicas que o E-konomista preparou.

A documentação do veículo pode ajudar a identificar se é um carro batido

Test drive gratuito é direito de todo consumidor: agende já o seu, sem custo e sem compromisso.


Na hora de investir em um carro seminovo ou usado sempre vêm a dúvida se será um bom negócio, principalmente porque se for um carro batido. Não é que existam problemas neste tipo de veículo, porém, é preciso ter certa atenção, pois alguns veículos podem demonstrar, reflexos desse acidente ao longo do tempo como por exemplo, rangidos e barulhos. E lembre-se, nem sempre um carro com pintura impecável será uma ótima aquisição.

À PROCURA DO CARRO IDEAL?
Cadastre-se e encontre o carro ideal para você e o seu bolso. Receba as melhores dicas do mercado automobilístico no Brasil e no mundo diretamente no seu email. 

Descubra se o carro é batido

Existem alguns itens que podem ser verificados antes de comprar um carro e que "denunciam" se o mesmo já sofreu algum tipo de colisão. Confira e aprenda a identificar um carro batido:

10. Documentação

Caso o veículo tenha sofrido uma grande colisão e tenha passado por reparos estruturais é possível que haja a remarcação do chassi. E essa mudança no carro batido é descrito no documento e identificado como Sinistro ou REM, que significa chassi remarcado.

9. Pintura

Se você for principiante no assunto e não sabe como identificar carro batido, a dica é avaliar a pintura em um local iluminado. Com bastante atenção você poderá identificar diferenças nos tons das cores. Procure em pontos estratégicos, como por exemplo, próximo aos para-choques.

8. Massa plástica

Caso desconfie de algum ponto no carro com pintura alterada, você também pode dar pequenas “pancadinhas” na região para descobrir se fazem barulho diferente do restante do carro. Em caso positivo, pode significar o uso de massa plástica para corrigir algum amassado, resquício de um carro batido.


Veja também: Dicas de compra e venda de carro batido.


7. Simetria

Para saber se é um carro batido e que não passou pelos devidos reparos, você pode observar se as portas estão todas alinhadas, desde a do capô, as laterais e a do porta-malas. Elas devem manter o mesmo “espaço” em todo contorno do carro. Assim você poderá observar se estão empenadas.

6. Pequenos danos

É muito comum ver especialistas em compra e venda de carros seminovos ou usados passando a mão pela lataria na tentativa de observar pequenas ondulações. Isso porque o famoso martelinho de ouro pode não ter sido 100% eficiente e denunciar um ponto de batida na lataria do veículo. Você também pode fazer esse procedimento.

5. Ferrugem nas soldas

As soldas das montadoras dificilmente enferrujam, mesmo com o tempo. Mas, caso o veículo tenha sofrido uma colisão frontal e teve a necessidade de unir o painel com o paralama, por exemplo, ferrugem nas soldas podem denunciá-lo. Procure por grandes diferenças nas juntas e observe se foram refeitas.

4. Formato oval

É o que identifica fortes colisões traseiras. Os profissionais em reparos conseguem, com destreza, reparar carro batido no porta-malas, sem deixar muitos vestígios. Porém, se o step do carro ficar neste local, retire o tapete e observe se a estrutura em que ele se encontra está perfeita e não oval. Além disso, os remendos e soldas também podem ajudar a identificar.


Saiba se vale a pena comprar carro batido.


3. Faróis e lanternas

Repare se esses itens estão todos iguais e, dependendo de quanto usado for o carro, se ele não está demasiadamente novo. Em alguns casos, quando o carro sobre uma batida, os donos costumam trocar apenas aquele farol ou lanterna que foi danificado. É notável a diferença entre o equipamento novo e usado.

2. Vistoria cautelar

Caso você esteja realmente interessado na compra daquele veículo e ainda tem as suas dúvidas pode negociar junto ao vendedor uma vistoria cautelar. Empresas especializadas no ramo chegam a cobrar um valor a partir de R$ 150,00 para avaliar os principais itens e descobrir se o mesmo é um carro batido.

1. Consultas Onlines

O próprio site do Detran permite que seja realizado uma consulta da situação do veículo a partir do CPF do proprietário e código Renavan do veículo. Sites particulares (cobrança média de R$ 50,00) realizam essa consulta em parceria com os principais órgãos públicos relacionados ao trânsito, como por exemplo o Car Check.
 

Antes de comprar, experimente. Agende um test drive sem custo e sem compromisso.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!