Câncer de mama pode ser evitado com hábitos saudáveis

Sociedade Brasileira de Mastologia quer ressaltar a importância da alimentação e exercício para evitar a doença

Câncer de mama pode ser evitado com hábitos saudáveis
Mulheres com mais de 40 anos devem fazer exames anuais

O movimento Outubro Rosa, comemorado anualmente, nasceu na década de 90, nos Estados Unidos. O objetivo é compartilhar informações sobre o câncer de mama e conscientizar sobre a importância da detecção precoce da doença. Aqui no Brasil, o Outubro Rosa é celebrado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), anualmente, desde 2010.

Este ano, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) pretende enfatizar a importância de manter hábitos saudáveis para evitar o câncer. Esta iniciativa surgiu após uma pesquisa recente que revelou que o risco de desenvolver a doença aumenta em mulheres com excesso de gordura corporal no abdômen, principalmente na pré e na pós-menopausa.

A pesquisa revelou que a alimentação inadequada altera os hormônios do corpo, como a insulina. “A alimentação inadequada altera hormônios corporais, como, por exemplo, a insulina. Quando aumenta a quantidade de insulina que o corpo precisa para absorver a açúcar no corpo, por exemplo, essa insulina pode agir na mama causando alteração, favorecendo o câncer”, afirmou Jordana Carolina Marque Godinho Mota, coordenadora da pesquisa. O estudo mostrou também que aquelas mulheres que mantêm um estilo de vida saudável têm 49% menos chance de desenvolver o câncer de mama, enquanto as mulheres que não seguem tais orientações têm 74% de probabilidade.

A recomendação da SBM é que as mulheres façam pequenas refeições a cada três horas, em média, com alimentos saudáveis, e evitem açúcares e carboidratos. Outra orientação muito importante é que o tempo entre o diagnóstico e o início do tratamento não ultrapasse 60 dias.

Diagnóstico precoce é importante

A estimativa do INCA é que neste ano cerca de 60 mil mulheres no Brasil sejam diagnosticadas com o câncer de mama. De acordo com o Instituto, a doença é a que mais mata mulheres no país. Com o tema “A vida pede atitude. Movimente-se: faça mamografia anualmente”, a Sociedade Brasileira de Mastologia destaca que o diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento rápido e a cura da doença.

Para manter hábitos saudáveis, Jordana Godinho Mota recomenda que as mulheres já saiam de casa com a alimentação planejada para o dia todo, evitando alimentos industrializados, refrigerantes, frituras e gorduras. As medidas, segundo a coordenadora da pesquisa, devem ser mantidas também pelas pacientes que estão no tratamento contra a doença. Mulheres com mais de 40 anos devem fazer exames anuais. “De um ano para o outro, um caroço pode aumentar muito e dificultar o tratamento”, revelou a pesquisadora.

Dicas de hábitos saudáveis:

  • Comer a cada três horas, em pequenas quantidades;
  • Priorizar alimentos naturais e evitar os industrializados;
  • Evitar açúcar e carboidratos, especialmente refrigerantes, pão branco e macarrão;
  • Reduzir a ingestão de gorduras;
  • Comer proteínas, frutas legumes e verduras.
Foto: Divulgação Inca

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar