Carro com câmbio automático ou manual: qual escolher?

Conforto, custo de manutenção e maior segurança, são alguns critérios que devem ser pesados antes de optar pelo câmbio automático ou manual em carros de passeio.

Carro com câmbio automático ou manual: qual escolher?
Conheça as diferenças antes de escolher

Escolher por um carro com câmbio automático ou manual pode gerar muitas dúvidas na hora da compra, principalmente pela diferença que representam no preço final. De fato, nos modelos em que o câmbio automático entra como opcional, a escolha pelo conforto em dispensar o pedal de embreagem pode sair caro no bolso.

Antes de esmiuçar as diferenças na hora de optar por câmbio automático ou manual, convém destacar que o câmbio automático não é uma invenção recente, já que data de 1932 o registro da tecnologia, idealizada e desenvolvida pelos brasileiros José Braz Araripe e Fernando Lemos, que a venderam à GM, responsável pela criação do primeiro carro com câmbio hidramático em 1940, o Oldsmobile.

Diferença de preço entre câmbio automático e manual

Nos sites das montadoras, é possível customizar o modelo de carro, incluindo no pacote câmbio automático ou manual. Dependendo do modelo escolhido, a diferença pode ser de apenas R$ 300,00, no caso do Toyota Corolla GLi 1.8, cujo preço salta de R$ 68.740 para R$ 69.040, caso o comprador queira incluir o câmbio automático CVT.
Seguro Auto Caixa SeguradoraCote, personalize e contrate online

A mesma diferença quase insignificante não é percebida por quem decide comprar um Citroen C4 Lounge THP Origine 1.6. Isso porque o valor a ser pago caso a escolha seja pelo câmbio automático é de salgados R$ 8.400, fazendo com o preço do carro pule de R$ 72.590 para R$ 80.990.

Para quem não quer sair da casa dos três dígitos na hora de escolher entre câmbio automático e manual, outra opção interessante é o Renault Duster Dynamique 2.0. No SUV da montadora francesa, o conforto do câmbio automático custa apenas R$ 400 a mais, com o preço do carro saindo a R$ 83.540.

Vantagens e desvantagens do câmbio automático

Em ambos os casos, seja câmbio automático ou manual, existem fatores que pesam contra e a favor, principalmente em relação ao custo de manutenção. Essa é uma das vantagens do câmbio manual, mais em conta em termos de reparos e que demanda menos revisões justamente porque utiliza componentes mais baratos. Isso, claro, se o motorista utilizá-lo corretamente. Em compensação, como exige troca de marchas e o acionamento do pedal de embreagem, torna-se bem menos confortável do que o câmbio automático.

Existe ainda uma opção intermediária entre o câmbio automático e o manual. Trata-se do câmbio automatizado, que dispensa o pedal de embreagem, mas exige a troca de marchas manualmente. Tem como vantagem não fazer com que o consumo do carro aumente, tampouco causar perda de potência, no entanto, costuma gerar indesejáveis trancos que comprometem a dirigibilidade e o conforto.

Já o câmbio automático representa mais conforto e durabilidade, mas tem como maior desvantagem o custo de manutenção, não apenas por ter componentes mais caros, mas por exigir constantes trocas de óleo de câmbio e do filtro, que devem ser feitas impreterivelmente em oficinas especializadas.

Youse é o Seguro Auto Online da Caixa Seguradora. Barato, rápido, sem burocracia.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Julio Benck Julio Benck

Jornalista em permanente formação, entende que toda profissão tem sua arte e uma beleza característica, é só saber encontrar.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar