Calcule exatamente o valor do seu salário líquido

O E-konomista explica quais são os valores das contribuições de Imposto de Renda e de Seguridade Social (INSS) comuns a todos os brasileiros que trabalham com carteira assinada.

Calcule exatamente o valor do seu salário líquido
Entenda quanto é descontados de IR e INSS sobre o valor do salário bruto

O salário líquido é o valor recebido do mês trabalhado, já com os descontos dos impostos. Todo trabalhador sabe que é descontado um valor que vai além de benefícios como plano de saúde, previdência privada, auxílio refeição ou vale transporte. Porém, não sabe ao certo quais são esses impostos e como é calculado o salário líquido do mês.
A fórmula para este cálculo é simples: o salário líquido é igual ao salário bruto menos a contribuição do INSS e do Imposto Retido (IR), que previsto por lei, pode ser retido na fonte (IRRF).
 
Salário líquido = Salário bruto – (INSS + IRRF

Os valores vigentes para 2015

Lembre-se que os valores da contribuição mensal podem variar de acordo com a faixa salarial de cada trabalhador:
  • 8% para aqueles que recebem até R$ 1.399,12
  • 9% para aqueles que recebem entre R$ 1.399,13 e R$ 2.331,88
  • 11% para aqueles que recebem entre R$ 2.331,89 e R$ 4.663,75
Na prática: como funciona o cálculo do salário líquido
  • Exemplo 1
Considerando que o seu salário bruto – aquele descrito na sua carteira de trabalho – seja de R$ 2.000,00, a alíquota do INSS será de 9%: R$ 2.000,00 x 0,09 = R$ 180,00
  • Exemplo 2
Considerando que o seu salário bruto – aquele descrito na sua carteira de trabalho – seja de R$ 2.500,00, a alíquota do INSS será de 11%:
 
R$ 2.500,00 x 0,11 = R$ 275,00
 
Para calcular o valor que é retido na fonte (IRRF) para fins de cálculo do Imposto de Renda (IR) é preciso deduzir o salário bruto da contribuição do INSS:
  • Exemplo 1
R$ 2.000,00 – R$ 180,00 = R$ 1.820,00(*)
  • Exemplo 2 
R$ 2.500,00 – R$ 275,00 = R$ 2.225,00
 
Quem recebe até R$ 1.868,22 está isento do Imposto de Renda.
 
A partir deste valor obtido é calculado o valor retido para efeito de Imposto de Renda, que pode variar entre 7,5% a 27,5%. 

Confira a tabela de Imposto de Renda 2015

  • 7,5%: salário entre R$ 1.868,22 e R$ 2.799,86 (parcela a deduzir de R$ 140,11)
  • 15%: salário entre R$ 2.799,86 e R$ 3.733,19 (parcela a deduzir de R$ 350,11)
  • 22,5% salário entre R$ 3.733,19 e R$ 4.664,68 (parcela a deduzir de R$ 630,09)
  • 27,5% salário acima de R$ 4.664,68 (parcela a deduzir de R$ 863,33)
De acordo com a tabela, para aqueles que recebem R$ 2.225,00 mensais ou R$ 26.700,00 anuais, o imposto cobrado é de 7,5%, que confere o valor de R$ 140,11.
  • R$ 2.225,00 x 0,075 = R$ 166,88
  • R$ 166,88 – R$ 140,11 = R$ 26,77

Conclusão

Salário bruto (R$ 2.500,00) – INSS (R$ 275,00) – IR (R$ 26,77) = Salário líquido (R$ 2.198,23).
O salário líquido para quem recebe, um salário bruto de R$ 2.500,00, é de R$ 2.198,23.
 
Achou difícil o cálculo do salário líquido?
 
Não se preocupe, o E-konomista descomplica. Confira alguns sites que fazem as contas de forma gratuita.
 
Atenção! 
Os cálculos acima não consideram os descontos de benefícios para o trabalhador como plano de saúde ou vale transporte, assim como horas extras trabalhadas durante a semana e aos finais de semana. O valor da parcela é calculado com base no Imposto de Renda anual a ser descontado.

 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar