Quanto custa viajar para Belém do Pará? Saiba o melhor período

De grande carga histórica e cultural, Belém do Pará oferece atrações, gastronomia e variada vida noturna. Veja quanto custa a viagem e pontos turísticos locais.

Quanto custa viajar para Belém do Pará? Saiba o melhor período
Veja qual o melhor período para encontrar passagens e hospedagens na cidade.

Município que constitui a capital paraense, Belém do Pará reúne uma infinidade de atrações que abrangem o contato com a natureza, a arquitetura histórica, gastronomia, entretenimento e vida noturna. Veja, a seguir, quais são os melhores períodos para viajar ao local e encontrar preços e atrações ainda mais acessíveis.

O melhor período para visitar Belém do Pará

De tradição bucólica e modernidade dos eventos e agitação local, Belém do Pará comporta cerca de 1,5 milhão de habitantes, oferecendo uma grande estrutura para a recepção de turistas. Considerando então os custos para passagens aéreas, hospedagem e atrações locais, veja qual é o melhor período para visitar o local e usufruir de todas suas belezas gastando pouco.

Estação das Docas, no Belém do Pará

Passagens Aéreas

Com valores variáveis de acordo com seu ponto de partida, escolher o mês ideal para viajar a Belém do Pará também pode influenciar consideravelmente no gasto total. Veja quais são os valores médios para o destino, partindo de São Paulo e Rio de Janeiro.

São Paulo: com valores entre R$ 448 e R$ 2.564 - para os períodos de alta temporada. As passagens aéreas oferecem os menores custos quando cotadas em meses como Setembro, Outubro e Novembro, meses que antecedem a chegada do verão brasileiro e são posteriores ao término das férias e verão no hemisfério norte do globo.

Rio de Janeiro: para o Rio de Janeiro mantém-se relativamente a lógica, no entanto, mostram-se valores mais acessíveis em um maior número de meses do ano. Neste trajeto, os valores são compreendidos entre R$ 610 e R$ 2.457, sendo os mais baratos ofertados na segunda quinzena de Outubro e praticamente todo o mês de Novembro.

Hospedagem

Considerando o período em comum para os menores custos de ida para a região de Belém do Pará, foram cotados valores para hospedagem entre os dias 10 e 16 de Novembro (6 diárias) para duas pessoas. Nestas datas, encontram-se hotéis 5 estrelas com café da manhã incluso, como é o caso do Atrium Hotel Quinta das Paredes, por R$ 1.580. Outras opções para o mesmo padrão estão no Radisson, em oferta por R$ 1.885; e o quatro estrelas Golden Tulip Belém, por R$ 1.766.

A hospedagem em hostels pode ser encontrada por preços ainda mais atrativos, como é o exemplo do Belem Hostel, cobrando R$ 600 pelos 6 dias no local.

O que fazer em Belém do Pará

Mercado Ver-o-Peso, no Belém do Pará

Entre as maiores regiões do Norte do país, Belém do Pará e sua grande carga histórica oferecem uma grande variedade em cartões postais para visitação. Entre eles, o mercado do Ver-o-Peso é parada obrigatória; com 388 anos de idade, o mercado reúne sabores da região, como frutas, ervas e peixes locais.

Ao sair do mercado, bem ao lado podemos ver a Estação das Docas, outro ponto turístico obrigatório. No local, há o espaço destinado ao anfiteatro, boulevard de feiras e uma infinidade de lojas, bares e restaurantes para passar uma tarde ao lado das docas ou curtir a vida noturna com shows e eventos no local.

Também em Belém do Pará, estão disponíveis diversos parques e passeios que nos permitem o contato mais próximo com a natureza. Entre eles, o Mangal das Garças tem destaque, aplicando uma pequena tarifa para cada atração no local. Para visitar o borboletário, o Farol de Belém, o Viveiro das Aningas e o Memorial da Navegação da Amazônia, o custo é de R$ 5 cada; se optar por comprar um passaporte único a todas as atrações, paga-se R$ 15.

Além deste, o Parque Zoobotânico Emílio Goeldi também é uma excelente opção, principalmente para os pequenos. Nele, estão reunidos cerca de dois mil animais e três mil plantas de 500 espécies. Para entrar no parque, o custo é de R$ 3 onde crianças e idosos não pagam e estudantes têm direito à meia entrada.

Fotos: Flávio Jota de Paula /  Guia da Semana

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar