Em uma batida de carro, quem deve pagar o conserto?

Uma batida de carro sem gravidade normalmente causa danos materiais que podem ser facilmente reparados com um acordo sem a necessidade de intervenção policial.

Em uma batida de carro, quem deve pagar o conserto?
O que deve ser feito pelas partes envolvidas

Uma batida de carro, como todo acidente automobilístico, é causa de diversos transtornos não apenas para os envolvidos, já que é comum causarem a retenção do tráfego ou danos a terceiros quando, por exemplo, um muro ou uma casa é atingida numa colisão.

Em um incidente como esse existem basicamente dois cenários que exigem abordagens e comportamentos distintos por parte dos motoristas: os acidentes com vítimas ou em que ninguém se fere, pelo menos não com gravidade.

De qualquer forma, em ambos os casos, é preciso ter calma para não perder o controle da situação. Quando há vítimas ou pessoas seriamente feridas, a prioridade será, acima de qualquer coisa, a preservação da vida.

Como proceder em uma batida em relação aos danos materiais

Em boa parte das batidas de carro os danos ficam apenas no prejuízo material. Nesse caso, quando há uma colisão, a primeira providência é retirar os carros da pista, liberando o tráfego e sinalizar com o triângulo, se necessário. Não faz diferença para efeito de registro policial, uma vez que cabe à Polícia Militar apenas o registro do fato e encaminhamento a uma Delegacial.

Em casos de colisões em que o impacto ocorre por trás, via de regra, a responsabilidade é do motorista que colide na traseira, uma vez que fica caracterizada desatenção ao trânsito à frente e às regras básicas de circulação. No entanto, os motoristas deverão usar de bom senso e honestidade.

Assumir cada um a sua parcela de responsabilidade pela batida de carro e cobrir os danos da forma mais justa possível. Tomar cada um o número do celular é fundamental para futuros acertos. Nesse momento, uma das partes deverá fazer uma ligação na hora, para garantir que ambos terão os números reais e corretos.

E quando um dos motoristas envolvidos tem seguro?

Nesse caso, a reparação dos danos é um pouco facilitada, embora cada seguradora tenha seus próprios procedimentos para avaliar a possibilidade de cobertura. A seguradora orientará o outro motorista a fazer os reparos em uma oficina credenciada. Caso haja preferência por um local fora da rede autorizada, o proprietário deverá assinar documento isentando a seguradora de responsabilidade por possíveis falhas na execução dos serviços.

O que fazer em caso de haver vítimas

Embora possa inspirar grandes cuidados, quando há pessoas feridas gravemente, a melhor forma de ajudar é não tocando nas pessoas, nem nos carros impactados. A prudência recomenda sempre chamar pelo apoio dos Bombeiros ligando para 193, e da Polícia, pelo número 190. Para acelerar o socorro, é importante verificar o estado das possíveis vítimas, relatando-o com o máximo de detalhes para os Bombeiros por telefone. Isso vai ajudar na preparação dos procedimentos antes mesmo da chegada dos profissionais.

Também pode ajudar manter uma conversação calma com as pessoas feridas, para certificar-se de que não vão perder a consciência. Jamais, sob nenhuma hipótese, deve ser servida água ou qualquer outra substância para uma vítima de batida de carro.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar