Como identificar barulhos no carro

Saber identificar barulhos no carro pode evitar despesas maiores como a temida retífica de motor. Saiba quais são os mais comuns e fique atento.

Como identificar barulhos no carro
Identifique e antecipe-se!

O funcionamento correto de um veículo nada mais é do que a perfeita coordenação entre suas partes mecânica, elétrica e de arrefecimento. Quando são percebidos barulhos no carro, pode ser que algum componente esteja em desalinho, quando não defeituoso e exigindo reparo ou mesmo sua substituição.


Barulhos no carro

Aprender a identificar corretamente tais barulhos no carro pode fazer a diferença entre uma simples manutenção de rotina ou uma dolorosa incursão à oficina mecânica para fazer intrincados reparos. Antecipe-se, e evite danos maiores ao seu patrimônio:

Motor

Um dos ruídos mais característicos em um motor vem dos tuchos, componentes que funcionam como uma espécie de amortecedor para as válvulas, já que preenchem folgas em seu interior, tornando o movimento no interior das válvulas sincronizado. Quando se percebe algum barulho no motor, são grandes as chances de que sejam tuchos batendo, o que pode ser confundido com o temido ruído de motor batendo.

O ruído do tucho batendo é intermitente e uniforme. Em todo caso, barulhos no carro dessa natureza precisam ser investigados por um profissional especializado, dadas a inúmeras possíveis causas..


Barulho no freio

Entre os barulhos no carro, talvez o mais facilmente identificável seja os que têm origem nos freios. É comum, quando chove ou o carro passa por alguma região inundada, que as pastilhas molhem, apresentando depois um ruído parecido com um silvo agudo. Normalmente, ao secar, esse ruído desaparece, mas, caso ele persista ou seja ouvido em tempo seco, pode ser que haja algum desgaste nas pastilhas, lonas ou que a pinça de freio esteja apresentando flutuação.
Aprenda a identificar os barulhos nos freios


Barulho no escapamento

Também facilmente identificável, pode tornar a vida dos ocupantes de um veículo um verdadeiro tormento. Geralmente começa ameno, com um discreto ronco ao acelerar, mas, se não for corrigido com rapidez, pode aumentar de intensidade, tornando-se um forte ronco. Se chegar nesse ponto, o consumo de combustível se eleva, a potência do carro diminui e a única solução será a troca do silencioso.
Veja outros sinais que indicam hora de fazer manutenção no carro


Outros barulhos estranhos no carro

Existem outros tipos de barulhos que podem ser percebidos e que não sejam identificados com facilidade. Uma consulta ao manual do proprietário pode ajudar, embora o mais recomendável é que se faça uma avaliação numa oficina por um profissional especializado, mesmo que o barulho seja ouvido e desapareça depois

 

Gostou? Compartilhe!
Julio Benck Julio Benck

Jornalista em permanente formação, entende que toda profissão tem sua arte e uma beleza característica, é só saber encontrar.

Na Web: