Veja quanto cobrar para dar aula particular

Qual é o preço justo de uma aula particular? Veja 7 dicas de como estabelecer o preço de sua aula particular para cobrir seus gastos e ser competitivo no mercado

Veja quanto cobrar para dar aula particular
Saiba o que levar em conta na hora de precificar a sua aula particular

Estabelecer o preço a ser cobrado por aula particular não é algo muito fácil porque precisam ser levados em consideração vários fatores. Veja no nosso artigo dicas sobre como precificar seu serviço para obter um valor justo e que te gere bons lucros.

Aula particular – quanto devo cobrar?

O preço de uma aula particular deve ser estabelecido de acordo com o trabalho desenvolvido pelo educador, com os gastos que ele tem para realizar as aulas e com a experiência que ele tem neste mercado. Se você tem dúvidas sobre qual o valor justo a se cobrar para ter um bom rendimento com aula particular, veja algumas formas de calcular esse preço se fazendo as seguintes perguntas:

1º Quanto você precisa ganhar por mês?

A vontade é dizer um milhão de reais, certo? Mas precisamos ter os pés no chão e ver quais são os gastos mensais que temos que precisam ser cobertos pelo valor ganho com as aulas. Para estabelecer esse montante, você precisa ter noção dos seus gastos – faça as contas do que você tem de gastos fixos e variáveis todos os meses. Depois que chegar a esse número, divida-o pela média de horas que pretende trabalhar durante aquele período. Esse é apenas o primeiro passo.

2º Quanto você vai gastar para produzir/dar as aulas?

Aqui você precisa contabilizar o quanto você vai gastar todos os meses com produção das suas aulas. O gasto com o material didático, com os itens que você precisa para dar aula, com xerox, etc. Veja o quanto as aulas vão custar no seu bolso e novamente estime um valor mensal. Divida esse resultado pela quantidade de horas que você trabalha no mês e some o valor a seu preço de base estabelecido na etapa anterior.

Black Week English Live Neste Natal, ganhe um tablet para aprender inglês

3º Onde você vai dar aula particular?

O local onde você irá dar a aula particular precisa influenciar diretamente no valor da sua aula. Se você vai dar aulas na sua própria casa e se ela não for central, é preciso contar que os alunos terão gastos para chegar lá, e portanto tem que cobrar mais barato. Se sua casa for central, o valor pode subir um pouco. Se você tiver que se deslocar até uma sala no centro ou até a casa do próprio estudante, o valor de deslocamento deve entrar no preço base estipulado. Calcule os gastos mensais, divida pelas horas trabalhadas e some ao total.

4º Qual é a sua experiência?

Esta pergunta é crucial para determinar o valor -  porque uma coisa é clara: quanto mais tempo de experiência você tiver, mais você terá habilidades em ensinar e portanto pode cobrar um valor mais alto. Se está começando a dar aula particular agora, é indicado que você ofereça um preço competitivo para que as pessoas te deem um voto de confiança e contratem o seu serviço. Mas quanto tempo é considerado uma boa experiência? Isso é variável, mas em média um profissional pode dizer que tem experiência em dar aula particular a partir de 2 anos no mercado.

5º Qual matéria você dá aula?

Aqui vale a Lei da Oferta e da Procura. Professores que dão aula das disciplinas mais procuradas têm grande concorrência, há muitos profissionais que oferecem, por isso precisam driblá-las com qualidade das aulas aliada a um bom preço. Quem oferece disciplinas mais específicas, que exigem maior grau de especialização -  como aulas específicas de algum curso superior, como cálculo, por exemplo, ou de um idioma menos procurado do que o inglês e o espanhol – pode (e deve) cobrar mais caro já que a procura é menor e há menos profissionais disponíveis no mercado.  Já aulas particulares de matérias do ensino fundamental, de preparação para o Enem e Vestibulares , por exemplo, já não têm por que serem mais caras que as outras, são igualmente fundamentais. Mas se no mercado de aulas particulares da sua cidade, alguma disciplina tiver muita procura e os alunos estejam disputando vagas – como para matemática, por exemplo – o valor cobrado pela aula particular de matemática pode subir.

6º Ex-alunos com sucesso podem influenciar no valor das aulas?

Sim! Os resultados atingidos com as aulas particulares devem influenciar no valor cobrado – é uma taxa de sucesso, que funciona como uma garantia do serviço prestado. Faça uma estimativa dos seus alunos que passaram no vestibular, não ficaram em recuperação ou passaram em uma disciplina que tinham dificuldade e inclua no seu currículo e publicidade. Conseguir deles depoimentos ajuda a criar confiança e empatia com o público.

7º Quanto os profissionais da minha área estão cobrando?

Essa é uma estatística que você precisa levar em consideração – verificar se está praticando um preço compatível com o mercado. A sua aula particular deve respeitar os critérios expostos acima, mas também não pode custar muito mais ou muito menos do que os profissionais com a mesma experiência e formação que você. Faça uma pesquisa de preço, verifique quanto eles cobram e quais as vantagens/desvantagens que o seu serviço tem frente ao deles para conseguir manejar os preços.  Verifique se a conta vai bater de acordo com os gastos e lucros que você pretende ter.

Ganhe um tablet para estudar inglês online! Oferta limitada


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar