20 atrações para visitar de graça em destinos muito badalados

Desfrutar ao máximo, economizar também; boas sugestões para você que pôde colocar em prática a viagem de seus sonhos e quer aproveitar.

20 atrações para visitar de graça em destinos muito badalados
Boas e econômicas dicas para você que vai realizar a viagem dos sonhos

É de conhecimento geral que colocar em prática a viagem dos sonhos é um árduo trabalho; conhecer grandes cidades do mundo pode ser relaxante, fascinante e muitas vezes, bem caro. Principalmente quando as férias estão se aproximando.

Entretanto, não é preciso necessariamente gastar muito em viagens, ao menos não quando se trata das atividades turísticas e culturais que um destino pode oferecer.

Sabendo disso, o site de turismo "Last Minute" escolheu 10 grandes cidades e capitais onde é possível gastar pouco - ou melhor, NADA - para visitar museus, conhecer tradições, ir para shows e concertos e comer com qualidade, bem avaliadas pela Época Negócios. Vale a pena conferir!

1. Amsterdã

Bloemenmarkt, em Amsterdã

O passeio de maior destaque na capital holandesa é explorar os canais que a contornam e, por meio destes, encontrar o Bloemenmarkt. Trata-se do único mercado de flores "flutuante" do mundo, com barcos cheios de belas e exóticas plantas. A explosão de cores e perfumes botânicos é garantida.

Os fãs de música clássica também podem se deleitar com os concertos gratuitos realizados as terças-feiras na Royal Concertgebouw Orchestra ou com as apresentações de jazz organizadas mensalmente no Bimhuis.

2. Berlim

A capital alemã é um berço de história e repleta de atrações gratuitas ao longo de suas ruas. Destaque para a East Side Gallery, uma galeria de arte incomum e única que preserva o pedaço mais longo do Muro de Berlim que ainda está de pé, cobrindo-o com obras de mais de 106 artistas internacionais.

Também é altamente recomendável visitar o Palácio de Reichstag, onde se localiza o Parlamento Alemão e sua cúpula, caso queira ter uma vista perfeita da cidade.

3. Edimburgo

Cemitério Greyfriars, na Escócia

Com uma natureza maravilhosa, a capital da Escócia traz boas emoções e história. Alguns dos grandes destaques gratuitos na terra do Kilt e da gaita de foles são representados pela arquitetura moderna do Parlamento Escocês e - PASMEM - o cemitério de Greyfriars, um dos lugares mais assombrados e cheios de fantasmas de Edimburgo. Localizado no centro da capital, o ponto atrai várias pessoas corajosas e que acreditam no sobrenatural.

4. Londres

Os museus de Londres estão entre os mais bonitos do mundo e muitos têm gratuidade em dias da semana. A National Gallery, a Tate Britain e o Natural History Museum, por exemplo, podem ser visitados de graça.

Os antenados em política também não ficam de fora: em alguns dias da semana a entrada na Câmara dos Comuns e dos Lordes é liberada e pode-se acompanhar o debate ali realizado.

5. Madrid

Museu do Prado, em Madrid

A capital espanhola abriga belos trabalhos artísticos. Com obras de El Greco, Diego Velázquez, Francisco de Goya e Ticiano, o famoso Museu do Prado pode ser visitado gratuitamente das segundas-feiras aos sábados das 18h às 20h e nos domingos e feriados das 17h às 19h.

Para completar, a cidade conta a beleza exuberante na Atocha Station; ali, a estação de trem nos mostra a natureza com jardins tropicais, pequenas florestas e lagos se misturando ao antigo aço, concreto e vidro do lugar montados pelo homem.

6. Nova York

A "Grande Maçã" abriga o famoso Flatiron Building, ícone e um dos primeiros arranha-céus da cidade, que pode ser admirado todos os domingos em tours gratuitos na área do edifício. Já das 12h30 às 12h50 em todas as terças, quartas e quintas-feiras, a Grace Church, igreja na Broadway, oferece concertos do coro The Bach Choir of Bethelehem com entrada franca chamados de "Bach at Noon".

Airbnb tem quarto exótico em NY seis vezes mais barato que o normal

7. Paris

Museu do Louvre, em Paris

Badalada, a cidade não esconde a beleza em seus museus. Entre eles, a gratuidade é concedida sobretudo no Museu de Orsay, no Centro Pompidou e no famosíssimo Museu do Louvre (porém apenas entre outubro e março). Vale a pena também aproveitar um passeio pelo Promenade Plantée, jardim suspenso de 4,5 quilômetros de extensão construído sobre uma antiga ferrovia abandonada localizada na capital francesa.

8. Praga

A velha capital na República Tcheca abriga o relógio astronômico do século 15 na Old Town Square, o que por si só é imperdível. Chamado de Orloj, o relógio conta com um mostrador astronômico, representando a posição do Sol e da Lua no céu, além de mostrar vários detalhes celestes, como a ”Caminhada dos Apóstolos”, um show mecânico representado a cada troca de hora com as figuras dos apóstolos e um mostrador-calendário com medalhões representando os meses. Já ao meio-dia no famoso Castelo de Praga, qualquer visitante pode ver a troca de guarda, cerimônia solene que acontece todos os dias.

9. Roma

Panteão, em Roma

Mesmo longe de ser o destino mais barata do mundo, a "Cidade Eterna" pode ser conhecida também por aqueles que vieram com o dinheiro contado. É possível visitar gratuitamente os museus do Vaticano (lar da magnífica e famosa Capela Sistina) em todos os últimos domingos do mês, das 9h às 14h.

Outra atração de módica para gratuita é a entrada no imponente e conservado Panteão, ou até mesmo na Bocca della Verità. A única diferença é que a última cobra uma pequena quantia do visitante para tirar uma foto com a mão dentro da boca, já que na Antiguidade criou-se a lenda de que essa escultura de pedra era um ótimo detector de mentiras, na qual uma delas poderia custar a mão do réu.

10. Viena

Berço da música clássica com os compositores Puccini e Mozart, a capital austríaca permite aos turistas escutar suas composições a céu aberto e gratuitamente próximo à Ópera Estatal de Viena, entre os meses de abril e setembro. Também há diversão para os amantes da música moderna no Donauinselfest, que é um gigante festival ao ar livre com início marcado para o meio/final de junho.

Outra bela atração é o Castelo de Schönbrunn, onde os turistas podem passear pelos jardins por preços módicos.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Reinaldo Vieira Reinaldo Vieira

Jornalista formado pela FMU. Guarulhense apaixonado por tecnologia, música, cinema e esportes. Adora escrever e busca estar sempre por dentro das tendências da comunicação social e do design no mundo moderno.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar