As principais áreas de risco quando chove forte em SP e RJ

Conheça as principais áreas de risco nos municípios de São Paulo e Rio de Janeiro.

As principais áreas de risco quando chove forte em SP e RJ
As áreas mais afetadas pelas tempestades

No Rio de Janeiro e em São Paulo, as chuvas de março foram muito acima da média: em um dia, chegou a chover mais de 40% do esperado para o mês. Se antes o problema era a falta de água, hoje a situação é outra e o motivo de preocupação são os alagamentos e as áreas de risco de deslizamentos em ambas as cidades.

Áreas de risco no Rio e em São Paulo: por que existem

Basicamente, as áreas de risco de enchente são aquelas onde não há escoamento de água ou onde a água possa se acumular e não permitir o trânsito e invadir casas da região. Mas vamos falar mais especificamente dos deslizamentos, que já fizeram mais de 20 vítimas fatais só esse mês nos dois municípios. Eles ocorrem pela construção de residências em ambientes com declive e com solo frágil. E, além disso tudo, o material da construção e a estrutura das casas também são frágeis, o que contribui com os riscos de deslizamentos e causa uma espécie de efeito-dominó entre as residências.

A presidente da república já prestou um depoimento informando que as vítimas desabrigadas dessas enchentes terão prioridade no próximo pacote do Minha Casa Minha Vida, mas não deu datas para que isso ocorra. Enquanto esperam, uma grande parcela da população sofre com as chuvas e suas consequências. Conheça as áreas de risco de São Paulo e Rio de Janeiro neste artigo.

Áreas de risco São Paulo

De acordo com a Defesa Civil de São Paulo, existem aproximadamente 407 pontos de risco em períodos de chuva em São Paulo. Essas áreas de risco estão por todas as regiões da cidade, mas se concentram em maior grau nas zonas Sul e Norte do Município. A Zona Oeste é a que menos sofre com áreas de risco de deslizamentos, pois é localizada em uma região mais plana e com menos construções em solos em declive. Veja abaixo as principais áreas de risco da capital paulista:

Bairro

Áreas de risco

M’Boi Mirim

50

Capela do Socorro

42

Campo Limpo

32

Freguesia do Ó

25

Perus

24

Cidade Ademar

24

Casa Verde

21

Butantã

21

Pirituba e Jaraguá

20

São Mateus

20

Guianases

17

Jaçanã

14

Jabaquara

13

Itaquera

12

Itaim Paulista

12

Parelheiros

11

Vila Prudente

8

São Miguel

7

Cidade Tiradentes

7

Aricanduva

6

Ermelino Matarazzo

6

Penha

5

Ipiranga

4

Lapa

3

Vila Maria

2

Santana

1


Áreas de risco Rio de Janeiro

Pelo fato de o município do Rio de Janeiro estar localizado entre morros e colinas com comunidades instaladas nesses locais, a Defesa Civil redobrou a sua atenção e implementou locais de abrigo temporário e uma sirene em todas as comunidades cariocas. Já que, por ora, o problema dos deslizamentos não pode ser resolvido, o jeito é estabelecer locais seguros para a população se abrigar durante as chuvas fortes e evitar que as tempestades façam vítimas nas comunidades.

Veja como usar o FGTS para comprar imóvel

Acesse o site da Defesa Civil do Rio de Janeiro para saber onde estão os pontos de abrigo e as sirenes e veja abaixo as comunidades que têm o sistema de alerta e abrigo já instalados.

A: Adeus, Alemão, Andaraí, Arrelia, Azevedo Lima

B: Babilônia, Bacia, Baiana, Barão, Barro Preto, Barro Vermelho, Bispo, Borel,

C: Cabritos, Cachoeira Grande, Cachoeirinha, Caixa D'Agua, Cantagalo, Caracol, Cariri, (Merindiba), Catumbi (Mineira), Chácara do Céu, Chacrinha, Chapéu Mangueira, Comandante Luis Souto, Cotia

D: Dona Francisca

E: Encontro, Engenho da Rainha, Escondidinho, Espírito Santo, Fazenda Catete;

F: Formiga;

G: Guaíba, Guararapes;

I: Inácio Dias;

J: Jamelão, Jardim do Carmo, Joaquim de Queiroz, Julio Otoni, Juramento

L: Ladeira dos Tabajaras, Liberdade;

M: Macacos, Mangueira, Matinha, Matriz, Mineiros, Morro da Fé, Morro do Céu;

N: N. Sra da Guia, Nova Brasilia, Nova Divinéia;

O: Ocidental Fallet, Ouro Preto;

P: Palmeiras, Pantanal, Parque Alvorada, Parque Candelária, Parque João Paulo II / JK, Parque Nova Maracá, Parque Proletário Grotão, Parque Silva Vale, Parque Vila Isabel, Pavão-Pavãozinho, Piancó, Prazeres, Pretos Forros;

Q: Queto;

R: Rato, Relicário, Rio das Pedras, Rocinha, Rua Bricio de Moraes, Rua Frei Gaspar, Rua Laudelino Freire, Rua Mira, Rua Quiririm;

S: Salgueiro, S. Alexandrina / Paula Ramos, Santa Marta, Santa Terezinha, Santos Rodrigues, São Carlos, São João, São Miguel Arcanjo, Sapê, Sereno, Sítio Pai João, Sumaré;

T: Telégrafos, Travessa Antonina / São José, Tuiuti;

U: Unidos de Santa Tereza, Urubu;

V: Vidigal, Vila Cabuçu, Vila Cruzeiro, Vila Elza, Vila José de Anchieta, Vila Matinha, Vila Pequiri, Vila Pereira da Silva.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar