Vale a pena alugar um apartamento mobiliado?

Recentemente introduzido no cenário brasileiro, conheça os prós e contras de alugar um apartamento mobiliado, bem como o perfil adequado para a locação.

Vale a pena alugar um apartamento mobiliado?
Saiba até quando vale a pena pagar mais pela praticidade e mobilidade

Praticamente uma questão cultural, em países pela Europa e América é bastante comum encontrar casa e apartamento mobiliado para alugar. Nestes locais, a mobília faz parte do imóvel e os moradores entram e saem apenas com seus bens pessoais.

No Brasil o costume não se aplica, porém a procura vêm aumentando devido à necessidade de mobilidade constante - o que inviabiliza os custos frequentes com empresas de mudança -, seja por questões pessoais ou profissionais. Se este é o seu objetivo, veja até onde vale a pena alugar um apartamento mobiliado no Brasil.

Apartamento mobiliado: os prós e os contras dessa comodidade

Cerca de 20% mais caros que os imóveis vazios, um apartamento mobiliado pode, ainda assim, representar economia, conforto e, principalmente, praticidade para alguns perfis. Entretanto, com a raridade em encontrar algo do gênero pelo país, o próprio termo ainda é mal interpretado pelos proprietários, os quais costumam anunciar como mobiliado imóveis que possuem armários embutidos, gabinetes e demais facilidades estruturais.

Uma casa ou apartamento mobiliado vai muito além disso. O conceito é aplicado quando o novo inquilino não precisa ter a necessidade de trazer nenhum móvel essencial (e em alguns casos até mesmo eletrodomésticos) para a nova casa; sofá, cama, mesas, cadeiras, geladeira, micro-ondas, fogão, eletrônicos e itens decorativos são alguns dos exemplos do que pode conter um imóvel alugado pronto para habitar.

As vantagens da mobília para cada perfil

Majoritamente, os imóveis com mobília costumam ser alvo de estudantes, profissionais pouco estáveis na carreira, recém casados e até mesmo estrangeiros. Em comum com todos estes perfis citados está a inconstância e a necessidade da praticidade, uma vez que não sabem por quanto tempo permanecerão no local ou não possuem renda suficiente para mobiliar uma casa vazia.

Nestes casos, o valor excedente que o inquilino precisará pagar pelo aluguel do imóvel ainda compensará sobre os gastos que o mesmo teria com a compra de todo o mobiliário ou com o custo de levar todos os seus pertences a outra residência, caso se mude após pouco tempo. Para os estudantes ainda existe a possibilidade de alugar quartos em casas completamente estruturadas, muitas vezes também com contas e acesso à internet inclusas no valor do aluguel.

Quando o apartamento mobiliado não vale a pena

Ainda que esta pareça ser uma escolha onde contras não pesem, há muito a ser analisado antes de alugar uma casa ou apartamento mobiliado, principalmente relacionado aos custos.

Para famílias maiores ou profissionais que se encontrem mais estáveis em suas carreiras, viver em um imóvel onde os móveis não são seus pode causar certo desconforto e representar gastos desnecessários com o aluguel para móveis que poderiam ser comprados com o valor. O ambiente pessoal e intimista que seus próprios pertences pode proporcionar também fica restrito neste caso, uma vez que qualquer remodelação ou personalização do mobiliário é limitada.

Outro ponto tem relação com o cuidado com os móveis, uma vez que todos os itens passam por uma listagem do proprietário ao início do contrato de aluguel, determinando o estado de conservação em que os mesmos foram entregues. Em casas com animais ou crianças, o cuidado deve ser redobrado, pois qualquer dano aos móveis e eletrônicos presentes no contrato são de responsabilidade do inquilino.

Por fim, se independente do perfil o inquilino já possui seus próprios móveis, alugar um apartamento mobiliado pode representar prejuízo, principalmente se houver a necessidade de vender os móveis que possui. Ainda nesta mesma situação, uma vez que os móveis foram vendidos, toda a despesa com itens que vendeu será repetida para compra-los novamente em caso de uma próxima mudança.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar