Conheça o anel que pode salvar vidas

Trata-se de um acessório tecnológico, que vem com um botão do pânico

Conheça o anel que pode salvar vidas
Um pequeno botão no anel pode ser acionado em momentos de perigo

Após ser agredida por estranho enquanto caminhava na rua, há 16 anos, a russa Kathy Roma ficou assustada e com medo. Segundo ela, tudo aconteceu durante o dia, em um bairro tranquilo. Ela foi abordada por um homem, que inicialmente, tentou puxar uma conversa. Com a negativa de Kathy, ele partiu pra cima dela e a esfaqueou em diversas partes do corpo. Foram três golpes na altura do coração, abrindo a barriga da jovem. Apesar de gritar por ajuda, ninguém a ouviu.

Depois desses momentos de terror, Kathy Roma conseguiu sobreviver. Mas nunca esqueceu o que viveu naquele dia. E decidiu criar algo para ajudar a salvar vidas. "Desde aquele dia eu fiquei pensando se algo poderia ter me poupado dessa experiência", contou Kathy durante a apresentação do Nimb, o anel tecnológico que ela ajudou a desenvolver.

Apesar de parecer um acessório comum, o anel tem visual moderno e minimalista, e possui um detalhe muito importante, que o diferencia dos demais. Um pequeno botão que pode ser acionado em momentos de perigo. Feito isso, um alerta é transmitido para contatos pré-selecionados pelo usuário.

A vítima aperta o botão no anel durante 3 segundos e os contatos irão receber a sua localização, por meio de um aplicativo. Em resposta, quem vê o pedido de socorro manda uma confirmação de que a ajuda está a caminho, o que fará o anel vibrar, para que a vítima seja notificada.

A ideia do anel Nimb, além de proteger pessoas que têm o costume de andar sozinhas na rua, é também ajudar idosos, crianças e quem tem problemas de saúde. Uma forma simples e rápida de pedir ajuda. Para que o anel fosse produzido, Kathy e sua equipe recorreram a uma campanha de financiamento coletivo online e alcançaram a verba necessária. Foram cerca de dois mil doadores e mais de 237 mil dólares arrecadados. O anel Nimb já está sendo produzido na Califórnia, nos Estados Unidos e custa a partir de 99 dólares e estará disponível para venda em março de 2017. As vendas são feitas online e o anel é entregue em todo o mundo.

Foto: Divulgação Nimb

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar