Aditamento Fies: como renovar o contrato de financiamento

O E-konomista preparou o passo a passo para o processo de aditamento Fies, uma vez que é preciso comprovar, semestralmente, que continua matriculado.

Aditamento Fies: como renovar o contrato de financiamento
A renovação do aditamento deve ser feita a cada semestre

O aditamento FIES é a renovação semestral que aqueles alunos com contrato de financiamento (simplificado ou não simplificado) devem fazer, por meio do SisFIES.
 

FIQUE DE OLHO:
Acesse mais informações deste tipo nas páginas do E-Konomista e depois se cadastre para receber gratuitamente conteúdos relevantes para você.
O procedimento deve ser feito mediante solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição e confirmação electrónica pelo estudante financiado.

 

Como solicitar o aditamento FIES

Todo o procedimento deverá ser realizado no prazo de 20 dias após o início das etapas descritas abaixo:


1º passo

O estudante deverá procurar a CPSA localizada na instituição de ensino superior para solicitar o inicio do procedimento de aditamento.


2º passo

Verificar na aba Aditamento do SisFIES se as informações do contrato estão corretas e se permanecem as mesmas.


3º passo

Comparecer novamente à CPSA e retirar uma via do Documento de Regularidade de Matrícula (DRM), que deverá estar assinada pelo presidente ou vice-presidente da comissão.

 

O que é aditamento simplificado e aditamento não simplificado?

O simplificado é aquele em que não há alteração nos dados do contrato.


O não simplificado é aquele que há alteração nos dados do contrato. Ou seja, após ser solicitado o aditamento FIES junto à CPSA, se houver alguma informação no SisFIES que necessite de alteração nos dados do contrato é preciso rejeitar a solicitação. O procedimento então será o de comparecer à CPSA para solucionar as pendências.


Documentos necessários

É preciso apresentar os originais e cópias dos seguintes documentos:
 

  • Documentos do aluno (instituição de ensino)
  • Documento de regularidade de inscrição emitido pela CPSA
  • Termo de concessão ou de atualização de bolsa parcial, caso exista
  • CPF
  • Certidão de casamento, CPF e Documento de Identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência,
  • Comprovante de rendimentos (salvo no caso de fiança solidária)


O que é o CPSA?

A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento é responsável pela validação dos dados que foram apresentados no ato da inscrição.

Confira agora como funciona o Fies e quais são os passos para solicitar o financiamento.


Se você que saber mais informações relevantes sobre temas como este, basta acessar esta página do E-Konomista e depois se cadastrar no site. 


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar