10 absurdos que passavam na TV quando você era criança

O conteúdo era impróprio para as crianças, mas o programa era infantil. Veja as bizarrices que você assistiu e não eram considerados nenhum "problema" para as crianças.

10 absurdos que passavam na TV quando você era criança
Os 10 absurdos televisivos aos quais você esteve exposto quando era uma inocente criança

qual seu nível de inglês?faça um teste online e descubra








Domingo à tarde, família reunida na sala para comer uma macarronada e assistir corpos seminus procurando um sabonete numa banheira. A grade da televisão brasileira entre os anos 80 e 90 esteve recheada de bizarrices e conteúdo inadequado para a criançada. Não só nas atrações de domingo, os programas infantis também esbanjavam sensualidade e conteúdos sugestivos que nem nos dávamos conta. Crescida, a nossa geração fica espantada ao lembrar desses doces momentos em família.

QUER ECONOMIZAR COM A TV A CABO?
Cadastre-se no E-konomista e faça uma simulação de TV a cabo para encontrar a melhor solução para você.

Sacanagem sem limites

E não era só depois das 22h. Toda hora era hora para exibir conteúdos bastante sexualizados na telinha. Enquanto o grupo É o Tchan embalava as festas infantis e adultas com a música “Boquinha da Garrafa” e aparecia em todos os canais, cada programa tinha a sua peculiaridade sacana. E nós, reles inocentes, nos divertíamos com as situações. Confira alguns programas e atrações "nada ortodoxas" que você com certeza já assistiu.

1. Domingo Legal

absurdosquepassavamnatv


O Gugu foi o rei das atrações apelativas nos anos 90 e a audiência pretendida e adquirida não era só de adultos. Prova disso é o hit Pintinho Amarelinho. Mas vamos a uma situação mais bizarra: enquanto a Eliana entoava o seu top hit, tema de abertura do Pokémon, uma dançarina seminua sensualizava sobre um palanque num pole dance ao som da música. Quê? Momento desnecessário. E o programa mesclava as atrações infantis com outras que julgavam ser apropriadas para ver em família: briga na lama com mãos de tarados atrás do ringue, jogo da camiseta molhada, estourar a bexiga com movimentos sugestivos, Gretchen se esfregando no Van Damme, o nosso deputado Tiririca passando lama no bumbum de uma dançarina, acordar artistas seminus em suas casas e, é claro, a banheira do Gugu. Uba uba ubaê!

2. Programa H

“Uh, Tiazinha! Mexe essa bundinha e vem...”. O programa que revelou a Tiazinha e a Feiticeira era exibido aos fins de tarde, de segunda a sexta, na Band. Iniciou sob o comando de Luciano Huck. Um dos quadros do programa era escolher um garoto para responder a perguntas de conhecimentos gerais enquanto a Tiazinha dançava ao seu redor. Se errasse, a moça o depilava ou cometia alguma atrocidade. Ajuda Luciano!

3. Xuxa 

absurdosquepassavamnatv

A Rainha dos Baixinhos exibia looks um tanto quanto duvidosos em seu programa infantil: um dia, em uma edição especial de Carnaval, apareceu com um decote que mostrava a lateral dos seios completa e descia até o umbigo. Pra quê? A Xuxa também é lembrada pela apresentação da banda Gilette cantando “Short Dick Man” e embalando a criançada! As Paquitas da Xuxa não eram vistas só na TV. Se as crianças fossem à sessão proibida da banca de jornal ou espiassem a coleção de Playboys de alguém, encontravam as meninas também na revista, sem o tradicional traje. A paquita Luciana Vendramini posou aos 17 anos... e a venda da revista era para maiores de 18. Como?

4. Nem a Angélica escapa

No Clube da Criança, podia até levar uma banda que incluiu no repertório a música “Eu quis comer você”. Foi essa a apresentação dos Cascavalettes no programa da Angélica. Quando a loira pergunta o que ele disse na música e o cantor repete, ela diz “Olha só, que barato!”. Que barato, né?

5. A Lagoa Azul

Clássico da Sessão da Tarde, o filme mais repetido de todos os tempos. Richard e Emmeline são os protagonistas do longa. À medida que eles crescem isolados na ilha, aparecem questões como menstruação, masturbação, nudez, sexualidade e gravidez que são exibidas – todas em seguida – e o filme termina com um bebê. Talvez muita gente tenha pulado a etapa de fazer a clássica pergunta depois que viu o filme, à tarde.

6. Malhação

absurdosquepassavamnatv


Na sequência dos absurdos televisivos, vem a centenária série de TV. A cada temporada, uma virgindade era perdida pela protagonista. Em algumas, até rolava gravidez. Mesmo que mostrassem as angústias da adolescência, muitas crianças assistiam antes de mudar de canal para ver Chiquititas na sequência.

7. Strip Maravilha

Mara Maravilha, um dia, apareceu estranha no seu programa, Show Maravilha. Simulando um strip, ficou só de top, arremessou o casaco na plateia e começou a rodar a cabeça que nem louca. Detalhe: a plateia – e os telespectadores – tinham entre 4 e 12 anos. Seus assistentes de palco eram garotões sarados com hairstyle imitando os Hanson. Os meninos estamparam seminus um pôster de uma revista infanto-juvenil.

8. Escolinha do Professor Raimundo

Por ser uma escolinha, era um programa que chamava a atenção da criançada. Mas de escolinha não tinha nada, os alunos sabiam até demais. Cacilda era a ninfomaníaca conhecida pelo bordão “beijinho, beijinho... pau pau”. Dona Santinha Pureza curtia apanhar do marido. Maria Angélica dizia estar na escolinha só para ficar perto do Seu Peru e tinha até índio com nome de Suppapau.

9. Escolinha do Barulho

Cópia da Escolinha do Professor Raimundo na Record, transmitia reprises ao meio-dia. A aluna Fifi de Assis sabia tudo e quando tirava um 10 alegava sentir calor, terminando o programa quase nua. Zip Zap Bop era a extraterrestre sexy, Marilynn Brasil era a caricata loira burra. Tinha também o cego, o gaúcho afeminado, o corno, entre outros. E aí, depois, querem nos ensinar que não pode fazer bullying com o coleguinha...

10. Depois das dez tem top less

absurdosquepassavamnatv


Cocktail Tutti Frutti era o programa do SBT que só foi transmitido por um ano. Por quê? Grupos morais e religiosos exigiram a retirada da grade por conta da grande audiência infanto-juvenil. O programa consistia em jogos de perguntas e respostas que rendiam vários top less das assistentes. E no fim, às vezes, rolava um strip completo. É claro que a garotada ficava acordada depois das 22h...

Veja suas séries prediletas sem legenda. Aprenda inglês online e divirta-se!


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar