10 importados que você queria muito ter nos anos 80 e 90

Confira 10 produtos importados que eram muito desejados pelos consumidores brasileiros e que fizeram sucesso nas décadas de 1980 e 1990.

10 importados que você queria muito ter nos anos 80 e 90
Itens que foram os queridos das gerações passadas

A economia mudou muito nas últimas décadas e alguns produtos que eram bem difíceis de serem encontrados no Brasil, hoje são comuns em muitas lojas e sites, ou até mesmo ficaram ultrapassados e caíram de uso.

Graças a escassez de produtos importados, nos anos 80 e 90 os preços de alguns artigos eram bem caros. E mesmo assim o interesse e desejo de ter um desses itens era grande.

10 importados muito desejados nos anos 80 e 90

Relógio com calculadora, marcas de perfume e calça jeans… Os anos 80 e 90 foram recheados de pérolas que eram muito requisitadas pelos consumidores, e que por serem produtos importados eram caros.

Uma das formas de ter esses itens era apelando para as versões pirateadas e que, de certa forma, também eram importadas já que vinham do Paraguai. Confira alguns desses itens mais procurados na época:

1. Relógio digital

Os relógios digitais foram uma febre nos anos 80. Pra ter uma ideia do quão completo esses aparelhos eram, eles possuíam até calculadora e joguinhos! A marca Cassio era pioneira com os modelos Casio Game-10 e Casio Calculadora, que na época custavam cerca de 75 dólares.

2. Vídeo Cassete

Nada de Netflix, Blue-Ray ou DVD. Para assistir a um filme em casa as pessoas precisavam ter um vídeo cassete. Eles custavam, em média, 600 libras. Um absurdo! Por isso o produto muito contrabandeado do Paraguai para o Brasil por preços bem mais acessíveis.

3. Filmadora VHS

E é claro que possuindo um vídeo cassete, todo mundo queria produzir suas próprias fitas caseiras. Para isso era preciso adquirir uma filmadora VHS, objeto nada leve de ser carregado em todas as festas de família.

4. Tênis importados

Ter um tênis importado era simplesmente o sonho de qualquer jovem brasileiro. Não era nem um pouco fácil ou barato ter modelos como um Nike, então o jeito era “apelar” para o chamado Chinesinho, tênis de baixo custo e cujo modelo era bem parecido com o de um All Star Converse.

5. Óculos dobrável

A famosa marca Ray Ban inovou ao lançar o modelo de óculos Clubmaster dobrável, que além de caber no bolso, não quebrava com facilidade. Virou febre e desejo de muita gente aqui no Brasil. Porém, esse modelo nunca mais saiu de moda e até hoje pode ser encontrado por valores não tão baixos, entre R$400,00 e R$600,00.

6. Telefone sem fio

Não existiam telefones sem fios nas lojas brasileiras. Por isso, famílias bem ricas importavam o produto considerado extremamente moderno e prático, o que saia bem caro.

10 itens nos quais você 'investia' nos anos 90

7. Perfume Azzaro

O perfume que faz sucesso no meio masculino até hoje ficou conhecido no Brasil já nos anos 80. Hoje ele está um bom mais barato do que já naquela época, saindo por aproximadamente R$140,00.

8. TV portátil

Em 1984 foi lançada a TV Epson ET-10, a primeira TV portátil do mundo. O aparelho, que mais parecia um rádio, contava com uma tela de cristal líquido em cores e de apenas 2 polegadas. Mesmo assim o item era extremamente procurado e pirateado no mercado brasileiro

9. Agenda eletrônica

Quantos contatos caba na agenda do seu smartphone? Pois o auge de uma agenda eletrônica, item caro e muito procurado nos anos 90 era de 100 contatos. O que era considerado um avanço enorme!

10. Pager

Pager ou Bip, assim eram conhecidos os aparelhos para enviar mensagens e que foram muito famosos nos anos 90. Pagava-se uma mensalidade pelo serviço, o que seria algo como R$110,00 hoje em dia. Praticamente um plano de celular!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar