Seguro contra roubo e furto: veja onde fazer

O que é um seguro contra roubo e furto, quando contratá-lo e quais as vantagens, desvantagens e as melhores empresas que oferecem esse serviço.

Seguro contra roubo e furto: veja onde fazer
Veja as diferenças, vantagens e desvantagens desse serviço

Ninguém deseja ter um carro roubado, mas essa é uma situação que, infelizmente, pode acontecer. Para garantir uma assistência ao seu automóvel num momento assim, contratar um seguro contra roubo e furto pode ser a melhor opção. Mas é importante ficar de olho nas variações que esse tipo de serviço oferece.

Há apenas seguro contra roubo e também contra roubo e furto. Mas qual a diferença entre eles? Qual é melhor ou mais vantajoso? A cobertura garante exatamente o quê?

O E-konomista responde essas e outras perguntas, a fim de ajudar os leitores na escolha do seu seguro.

Melhores seguros contra roubo

Procurar um seguro contra roubo para o seu carro não é difícil, afinal a maioria das seguradoras e outras empresas, como bancos, disponibilizam o serviço.

Diferente de um seguro completo de carro, esse não cobre problemas técnicos ou em caso de acidentes. A cobertura é exclusiva para casos de roubo.

Além de fazer a comparação de valores entre as diferentes empresas, antes de uma contratação efetiva do serviço é importante conferir detalhadamente quais as garantias que ele oferece, evitando possíveis surpresas desagradáveis na hora de acionar o seguro.

A maioria dos seguros contra roubo oferecem acesso à assistência 24 horas e possuem mensalidades bem mais acessíveis aos proprietários de carros que um seguro completo. Algumas coberturas também abrangem casos de incêndios e explosões. Mesmo assim, sempre confira o que cada plano garante.

A promessa é de mensalidades acessíveis, mas para saber o valor exato a ser pago é preciso faze uma avaliação direto com o corretor, afinal, todo preço de seguro de carro vai depender do ano e do modelo do automóvel em questão. Há parcelas a partir de R$ 79,90, pelo Seguro Autofácil, vinculado ao BNP Paribas Cardif.

A seguradora Tókio Marine também trabalha com a forma mais simplificada de seguro de auto com cobertura somente para roubo, assistência 24 horas com guincho limitado à pouca quilometragem. Para saber os valores, também é preciso entrar em contato com a empresa e fazer a avaliação específica para o seu carro.

Roubo e furto

As coberturas de um seguro contra roubo (quando há contato entre ladrão e vítima) e furto (sem contato entre ladrão e vítima) podem ser básicas ou ainda conter adicionais, que atendem aos pedidos individuais de cada cliente.

É a opção mais adequada para quem deseja ter um respaldo básico caso tenha o carro roubado. Entre os seguros mais contratados está o Seguro Auto Roubo Itaú, oferecido pelo banco Itaú e o Grupo Porto Seguro, que é referência no mercado de seguros. É uma proteção exclusiva contra roubo ou furto e destinado a comercialização de veículos de passeio nacionais com até 26 anos de modelo ou importados com até 5 anos de modelo.

O pagamento total pode ser feito em até 10 vezes no cartão de crédito ou em débito em conta corrente. Ele oferece uma indenização de 90% do valor do automóvel, com base na Tabela FIPE, em caso de roubo ou furto. Além de assistência 24 horas que cobre imprevistos e situações de emergência, até mesmo como uma simples troca de pneus. Não há cobertura para colisão ou incêndio.

Vale a pena contratar esse tipo de serviço?

Um seguro contra roubo e furto funciona para quem procura opção mais barata para proteger, parcialmente, seu automóvel. Financeiramente, é realmente mais em conta, porém, é necessário avaliar o custo-benefício oferecido por cada empresa.

É preciso também não esquecer o fato de que se você bater o carro, esse tipo de seguro não é válido. Por isso é importante pesquisar antes de contratar. Dá pra achar alguns pacotes de seguro completo com parcelas não E ao contratar o seguro contra roubo e furto, não abra mão de uma assistência 24 horas. Inicialmente pode parecer que isso não faz muita diferença, mas ao primeiro imprevisto enfrentado, o cliente percebe que esse item é bem importante.

Onde vender ou comprar carro batido

Como acionar o seguro em caso de necessidade

Se o pior acontecer e o seu carro for roubado ou furtado, o primeiro passo é ligar para a seguradora. Eles entrarão em contato com a polícia e fornecerão os dados do seu veículo para que os policiais comecem a busca para tentar encontrar o automóvel.

Depois, o cliente deve ir até uma delegacia para abrir um boletim de ocorrência (B.O.), relatando todo o ocorrido. O boletim de ocorrência é obrigatório para que a seguradora confirme o incidente e reembolse o cliente.

O reembolso só acontecerá se a polícia não encontrar mesmo o carro em questão.

Cada empresa fornece, então, uma lista com os documentos necessários para que a vítima preencha, entregue e seja ressarcida.

O valor a ser recebido é com base no preço de mercado do veículo, de acordo com a tabela da FIPE - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Por isso, o valor tende a ser menos do que o gasto na hora da compra, já que carros sofrem desvalorização ao longo dos anos.

O pagamento é feito em até 30 dias após a entrega de todos os documentos necessários.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar