Dicas para comprar imóvel

Ter a casa própria é o grande sonho de milhares e milhares de brasileiros que pagam aluguel. Mas comprar imóvel é um investimento alto e que pode comprometer as suas finanças pessoais pelo resto da vida. Saiba como transformar o seu sonho em realidade, fazendo um bom negócio.

Dicas para comprar imóvel
Como comprar imóvel e não transformar um sonho em pesadelo

Diferente de comprar um automóvel, comprar imóvel é um investimento, e de alto custo. Por isso mesmo, precisa ser muito bem pensado, pois dependendo das condições, pode ser um compromisso para a vida toda. 

Antes de comprar imóvel é preciso saber o que exatamente você pretende. A ideia é morar ou fazer um investimento para depois revender? Mesmo que o seu objetivo seja comprar imóvel para morar, o ideal é que não seja algo que tenha tendência a ficar "encalhado", pois nunca se sabe o que pode acontecer no futuro.

COMO ESCOLHER E COMPRAR IMÓVEL RESIDENCIAL

Ter a casa própria é o sonho de milhares e milhares de brasileiros. Confira 7 dicas para que este sonho não se torne um pesadelo:

1. Qual o seu perfil?

Para não perder tempo pesquisando aquilo que não lhe interessa, o primeiro passo é saber qual o seu perfil, o que você quer de uma casa e o que cabe no seu orçamento, fazendo já uma previsão pelo menos para os próximo 5 anos.

O que é mais importante para você? Espaço, localização, prefere apartamento ou casa? Tem uma família grande? Pretende ter? Quanto tempo pretende viver no imóvel? Você já pensa em comprar o imóvel da sua vida? Tudo isso depende da sua faixa etária, da sua situação e estilo de vida. É casado? Tem filhos? Quantos? Qual a idade? Tem animais de estimação e não abre mão deles? 

2. Que tipo de imóvel pode comprar?

Já pensando nestas condicionais acima, é hora de definir valores. Se você tem um cônjuge que também tem rendimentos, sentem-se e ponham as contas no papel. Quanto por mês vocês podem disponibilizar para pagar as prestações do imóvel? Vocês teriam condições de comprar imóvel na planta e acumular aluguel e prestações, mais intermediárias?

Pense no seus itinerários diários, na sua rotinade vida. Se a localização for importante para você, talvez seja preciso abrir mão de espaço para morar onde quer, devido ao preço do metro quadrado de determinados bairros...

3. Qual é o seu limite de financiamento bancário?

Agora com as contas no papel e já tendo uma estimativa de quanto pode investir num imóvel, vá ao seu banco e veja qual é o seu crédito bancário. Ou, seja, qual é o valor que o banco está disposto a financiar e com quais condições. Mas não fique limitado ao banco onde possui conta, faça uma pesquisa em diferentes instituições financeiras em busca das melhores taxas e condições.

4. Pesquise os imóveis

Já com uma ideia em mente do que busca num imóvel e de quanto pode investir, comece a procura pelo imóvel ideal. Visite várias construtoras, se quiser um imóvel novo, ou imobiliárias se procura um imóvel usado.

Não se deixe enganar pela propaganda, pelo apartamento decorado, pela lábia dos corretores e pelas ofertas que as construtoras, incorporadoras e imobiliárias apresentam a você como vantagens. Será que o cruzeiro pelo meditarrâneo compensa as alta taxas de juros que você vai pagar? Ou aqueles metros quadrados a menos na cozinha?

5. Não compre o imóvel de primeira

Não deixe a emoção falar mais alto. As estratégias de venda estão cada vez mais sofisticada, justamente para os compradores perderem "a razão" e agirem pelo emoção. Pense como um investidor e pergunte-se: futuramente, eu conseguirei vender este imóvel e lucrar com ele? 

Fique de olho nos preços! Todo mundo sabe que comprar imóvel está caro. O setor imobiliário está superfaturado. Além disso, cuidado com as altas taxas de financiamento, que nem sempre são fixas!

6. Não ceda a pressões

Os corretores têm uma retórica muito forte e vão lhe apresentar mil e uma vantagens em comprar imóvel que não é exatamente o que você busca... muitas vezes num local diferente do que você queria e mais caro do que podia. Também não caia na conversa de que são apenas R$15 mil a mais por um imóvel espetacular. Saiba até onde pode ir… R$15 mil a mais, com taxas de juros e numa compra a longo prazo, é sim muito dinheiro!

7. Consórcio imobiliário ou financiamento?

Dificilmente alguém tem o dinheiro integral para comprar imóvel à vista. Por isso, é preciso recorrer a sistemas de crédito. É possível comprar imóvel por meio de consórcio imobiliário ou financiamento. Você precisa saber o que melhor cabe na sua vida, tendo consciência de que no caso do consórcio imobiliário, pagará mais barato, mas pode ser preciso esperar anos até ser sorteado. Com o financiamento, as prestações são mais altas, mas se comprar imóvel já pronto, pode se mudar logo que o negócio for fechado.

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar