É débito ou crédito: qual a melhor opção na hora de pagar as contas?

Na mesa do bar, no supermercado, e mesmo no balcão de pagamento das contas do mês, a pergunta é no débito ou crédito sempre surge. Saiba qual a melhor resposta para as suas finanças.

É débito ou crédito: qual a melhor opção na hora de pagar as contas?
Quando chega a conta, vem sempre a pergunta: cartão de débito ou crédito?

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

As compras com cartão de débito ou crédito movimentaram quase 190 bilhões apenas no primeiro trimestre do ano, um aumento de 17% em relação ao mesmo período do ano passado.

O número de brasileiros com conta bancária aumentou. Hoje, mais de 60% dos brasileiros possuem uma conta no banco para a gestão de suas finanças pessoais, quase 30% a mais do em 2008. Estes números também influenciaram a ampliação do uso do cartão de crédito, muitas vezes vinculado ao cartão bancário, que geralmente oferece as modalidades de pagamento com cartão de débito ou crédito.

É débito ou crédito?

Esta é a pergunta que mais ouvimos quando puxamos o cartão para pagar uma conta. E na hora, às vezes, ainda hesitamos em responder. 

Com as tecnologias digitais, o dinheiro de plástico e as movimentações monetárias virtuais passaram a ser utilizadas nas mais diversas transações financeiras, desde a cerveja do happy hour até a aquisição de bens de consumo mais caros, como uma geladeira ou televisão. 

O fato é que os consumidores têm mudado os hábitos e preferido, cada vez mais, pagar com cartão em vez de usar dinheiro ou até mesmo cheque. Isto porque o pagamento com cartão é mais prático e seguro. E o aumento das redes de comércios e serviços que aceitam esta forma de pagamento também estão se ampliando, o que facilita ainda mais este tipo de transação. Mas para as finanças pessoais, é vantajoso pagar tudo com cartão? E qual a melhor opção, débito ou crédito?

Vantagens e desvantagens de pagar com cartão de crédito

Pagar com débito é usar o dinheiro que se tem no presente, sem fazer dívidas ou comprometer as finanças pessoais no futuro. E pagar à vista é quase sempre o melhor negócio. Além disso, o cartão de débito não tem os mesmos encargos do cartão de crédito, que acabam quase sempre por tornar a compra mais cara.

CONTROLE AS SUAS FINANÇAS Com o cartão de crédito certo, você pode fazer compras programas e colocar as finanças em dia. Encontre o melhor cartão de crédito para você.
 

Muitos consumidores simplesmente ignoram as taxas e impostos cobrados pelo uso do cartão de crédito. Sem falar na anuidade e nos juros por atraso, que giram em torno de 9,5% ao mês. E o maior erro de quem extrapola o uso do cartão de crédito é deixar de pagar a fatura ou pagar apenas o valor mínimo. É aí que começa uma grande bola de neve, que pode comprometer seriamente as finanças pessoais.

Você costuma fazer saques com cartão de crédito? Veja se vale a pena.

A verdade é que a presença dos cartões de crédito na carteira alimentam os impulsos consumistas de quem não tem muita disciplina financeira, além de ser usado indevidamente em situações de imprevisto. Há ainda quem use o cartão de crédito até para pagar contas como luz, água ou TV por assinatura. 
 

Pagar com cartão de crédito, só se for uma compra planejada!

A opção de usar o cartão de crédito para pagar contas, se for planejada, pode até ser vantajosa, pois todo tipo de gasto feito com o cartão  de crédito pode ser convertido em milhas. Mas se as contas são pagas com o limite do cartão por falta de dinheiro para saldar as contas, aí começam os problemas. É preciso não esquecer que o limite do cartão de crédito não é um complemento do salário.

Para que o cartão de crédito não seja o grande vilão das suas finanças pessoais, é preciso ter consciência e disciplina financeira, conhecer as vantagens e desvantagens do uso do cartão e tentar usá-lo de modo a aproveitar apenas os seus benefícios, como as compras e pagamentos programados, e o usufruto dos pontos acumulados para obter descontos em passagens aéreas

Se quiser ter controle total sobre as suas finanças, sempre que vier a pergunta é "débito ou crédito" em situações corriqueiras, como na conta do bar, escolha débito. Deixe o crédito apenas para compras planejadas. Assim, você sabe exatamente os limites que tem no débito e no crédito, e não vai vacilar na hora de responder.

Encontre as melhores oportunidades de passagens para voos nacionais e internacionais.
 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar