Quer comprar um carro sem entrada?

Receba cotações de crédito para comprar o seu carro

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

Consórcio automóvel: tire as suas dúvidas

Que o consórcio automóvel pode ser uma alternativa de crédito econômica e fácil ninguém tem dúvidas, mas há uma série de outros aspectos que um potencial consorciado precisa saber. Confira.

15 coisas que você precisa saber sobre consórcio automóvel
  • Confira uma lista com as 15 dúvidas mais comuns sobre consórcio automóvel.

Se você está decidido a comprar um carro por meio de um consórcio automóvel, informe-se para não ser pego de surpresa no meio do caminho com dados que você não conhecia. Confira uma lista com as 15 dúvidas mais comuns sobre o funcionamento do consórcio e tome uma decisão acertada.

 

1. Para aderir a um consórcio automóvel você deve adquirir cota de um grupo de consoriados com valor determinado, a ser pago num prazo pré-definido.

 

2. Um consórcio automóvel pode ter uma duração de 50 a 80 meses.

 

3. A cota corresponde ao valor do carro que você irá comprar.

 

4. O valor da cota é dividido e pago em parcelas mensais durante o período definido para o consórcio. Se você entrar num grupo com duração de 50 meses e comprar uma cota no valor de R$40 mil, a parcela a ser paga será este valor divido por 50, mais taxas.

 

5. As taxas incluídas nas parcelas são: taxas de administração financeira e fundo de reserva.

 

6. Você tem todo o tempo de duração do consórcio automóvel para ser contemplado. Ou seja, se o seu consórcio tem duração de 50 meses, você pode ser contemplado tanto no primeiro como no último mês. Por isso, se você tem pressa para ter o seu carro em mãos, o consórcio pode não ser o negócio.

 

7. O consorciado que está inadimplente ou com prestações atrasadas não pode participar dos sorteios e nem dar lances. Além disso, deverá pagar juros de 1% ao mês e multa de 2% por atraso.

 

8. Os sorteios de contemplação do consórcio automóvel acontecem periodicamente, e de acordo com as condições do contrato. Leia atentamente todas as cláusulas antes de fechar negócio.

9. Não existe uma regra para dar um lance vencedor e conseguir antecipar a sua contemplação, mas no geral, os lances que têm maior sucesso corresponde a 40% a 60% do valor total da cota.

 

10. Você pode a qualquer momento vender a sua cota do consórcio automóvel, recebendo o valor já pago, desde que esta transação esteja de acordo com as condições do contrato e seja aceita pelo grupo consorciado.

 

11. Você pode vender ou comprar uma cota contemplada, mas fique atento às condições do contrato e certifique-se da idoneidade do negócio. Quem regulamenta e fiscaliza a atividade das administradoras de consórcio automóvel é o Banco Central do Brasil. Para saber se uma administradora é de confiança, consulte o site do Banco Central.

 

12. O consorciado pode antecipar o pagamento das parcelas, que serão descontadas na ordem inversa. Ou seja, as parcelas antecipadas descontarão as últimas parcelas. Mas é importante saber que a antecipação não lhe dá direito à contemplação.

 

13. A cobrança de taxa de adesão é proibida desde a criação da nova Lei do Consórcio, de 06 de fevereiro de 2009. O que as administradoras podem cobrar é uma antecipção da taxa de administração, mas isto não se trata de uma taxa de adesão.

 

14. Depois de ter a carta do consórcio automóvel contemplada e de comprar o carro, o consorciado que quitar as parcelas tem a sua participação no grupo encerrada e a liberação das garantias dadas.

 

15. Depois de contemplado, o consorciado pode optar por comprar um carro mais caro do que o valor da cota, no entanto deverá complementar o valor da carta de crédito.

 

E agora se você acha que tem perfil para ser um consorciado, faça uma pesquisa e encontre uma oportunidade de negócio que esteja de acordo com as suas condições e necessidades.

Gostou? Compartilhe!