Quer comprar um carro sem entrada?

Receba cotações de crédito para comprar o seu carro

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

Como funciona o rodízio de veículos?

O sistema de rodízio de veículos funciona durante os cinco dias úteis da semana. Em cada dia da semana alguns veículos ficam proibidos de circular durante o horário de pico, de acordo com o último número da placa.

Entenda o sistema de rodízio de veículos
  • A finalidade do sistema de rodízio de veículos é aliviar o trânsito e melhorar a qualidade atmosférica do ar, poluído devido ao excesso de veículos.

Nos últimos anos, o número de veículos no Brasil aumentou consideravelmente. A situação do trânsito nas grandes cidades tem se tornado insustentável, e muitas metrópoles já pensam em adotar o sistema de rodízio de veículos, como já acontece há muitos anos na cidade de São Paulo.

 

Faça uma cotação de um consórcio de carro.

 

São Paulo é a cidade no Brasil com a maior frota de veículos automotores. Só no ano de 2013, foram registrados mais de 130 mil novos automóveis na capital. A frota atual de veículos de São Paulo contabiliza 5,4 milhões de carros, uma média de 2 automóveis para cada habitante. Contando com motos, caminhões, ônibus entre outros veículos automotores, São Paulo tem cerca de 7,6 milhões de veículos circulando nas vias urbanas diariamente.

 

Como uma medida para tentar diminuir o tráfego de veículos na cidade e melhorar a qualidade do ar, gravemente afetada pela poluição emitida pelos veículos, foi adotado o sistema rodízio de veículos, que proíbe em certos dias da semana e em horários de pico a circulação de veículos de acordo com o número final da placa.

 

Trânsito no Brasil: na contramão da economia verde.

 

RODÍZIO DE VEÍCULOS EM SÃO PAULO

A cidade de São Paulo é a única, por enquanto, que adotou o sistema de rodízio, também praticado em outras grandes capitais do mundo, como Paris e a Cidade do México. Mas outras grandes cidades do Brasil já começam a considerar a hipótese de ter um sistema de rodízio, devido ao elevado número de automóveis, da situação do trânsito e da poluição atmosférica.

 

FUNCIONAMENTO DO RODÍZIO DE VEÍCULOS

O rodízio de veículos em São Paulo foi implementado pela Lei nº12.490, em 1997, e funciona durante os cinco dias úteis da semana, aos finais de semana e durante os dias de feriado, o rodízio não funciona. Com o sistema de rodízio, há restrição dos veículos que podem circular em determinados dias de acordo com o último número da placa. Veja:

 

Horário de rodízio: das 07h às 10h, e das 17h às 20h.

Dias da semana em que os veículos não pode circular nestes horário, de acordo com o último número da placa:

  • Segunda-feira: 1 e 2
  • Terça-feira: 3 e 4
  • Quarta-feira: 5 e 6
  • Quinta-feira: 7 e 8
  • Sexta-feira: 9 e 0

Em 2013, foi aprovada a votação que determina o fim da cobraça da multa para o motorista que não cumprir o rodízio pela primeira vez. Caso haja reincidência num período de 12 meses, é cobrada uma multa. Mas em qualquer caso, o motorista é penalizado com 4 pontos na CNH.

 

Leia também » A economia brasileira e a invenção dos carros populares.

 

Gostou? Compartilhe!