Quer financiar um carro?

Receba já uma cotação com a melhor solução de crédito para você

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

6 dicas de como fazer um financiamento de carro

Saiba como fazer um financiamento de carro e aproveitar todas as vantagens desta modalidade de crédito de acordo com o seu perfil financeiro.

Saiba como fazer um financiamento de carro

Se você chegou até aqui, é porque está decidido a trocar ou comprar um carro, mas ainda não tem reunidas todas as condições financeiras necessárias para isso. Assim como a maioria dos brasileiros que não têm dinheiro para comprar um carro à vista, a solução imediata que você encontrou foi o fazer um financiamento de carro. Veja como fazer um financiamento de carro e garanta um bom negócio.

 

Quer comprar um carro?
Faça já uma simulação de financiamento ou de consórcio e veja qual é a melhor solução para você.

 

Dicas de como fazer um financiamento de carro

1. O financiamento de carro é a melhor solução?

A primeira dica é refletir sobre as suas reais necessidades e condições e avaliar se o financiamento é realmente a melhor solução para você, tendo em vista o custo final que terá com o carro devido às altas taxas de juros. Se você precisa do carro de imediato, talvez não haja outra solução, além do financiamento ou do leasing. Mas se pode esperar um pouco mais, opte pelo consórcio.

 

Em todo caso, se resolver realmente financiar, tente dar o máximo possível de dinheiro de entrada. Quanto menos financiar e quanto menor for o prazo de pagamento, menos você irá pagar de juros.

 

2. Decida quanto pode pagar e em quanto tempo

Depois de ter decidido pelo financiamento de carro, faça um mapeamento das suas finanças pessoais, do seu perfil de motorista, e da função que terá o carro na sua vida para assim poder escolher uma marca e modelo que melhor se adeque às suas necessidades e condições. 

Defina o limite máximo que pode pagar pelo carro, considerando as parcelas mensais e o valor final. Faça simulações para encontrar a melhor relação entre as taxas de juros e o prazo. Sabendo que quanto maior for o prazo de pagamento do financiamento, menores serão as parcelas, mas maiores serão os juros e o valor final do carro. 

 

3. Peça isenção da TAC

A TAC é a Taxa de Abertura de Crédito. Esta taxa não é obrigatória, mas muitas financeiras, bancos e concessionárias se aproveitam da falta de informação dos consumidores e acabam por cobrar a taxa.

 

4. Faça uma pesquisa de mercado

Pesquise as diferentes taxas dos bancos e concessionárias. Semanalmente, o Banco Central divulga uma lista atualizada com as taxa pré-fixadas de juros para aquisição de veículos. As taxas variam muito de uma instituição financeira para outra, e a diferença pode pesar muito na conta final. Compare, faça simulações, informe-se e só compre o carro quando tiver a certeza de ter encontrado as melhores condições para o seu perfil.

 

5. Compre o carro que cabe no seu bolso 

Ao comprar o seu carro, não pense apenas nas despesas que terá com o financiamento, mas considere as despesas totais do carro, já incluindo emplacamento, seguro DPVAT, IPVA, seguro privado, combustível, manutenção, etc. Como sempre repetimos aqui, as suas despesas com o carro, incluindo parcela, não devem ultrapassar 25% do seu orçamento doméstico. Mais do que isso, é correr o risco de endividar-se e desequilibrar as finanças pessoais.

 

6. Não atrase nenhuma parcela

Atrasar as parcelas é pagar juros em cima de juros e criar uma bola de neve! Por isso é tão importante fazer muito bem as contas antes de fechar negócio, já contando com imprevistos financeiros, para não correr o risco de atrasar nenhuma parcela, mas nem por um dia. Ou, o que seria pior, acumular parcelas atrasadas!

 

Leia também » 

Gostou? Compartilhe!
Carolina Benevides Carolina Benevides

Jornalista brasileira, Carolina Santarosa é formada pela Universidade de Fortaleza desde 2011. Atualmente cursa o 2º ano do Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto. A profissional já trabalhou no marketing da Red Bull, foi Assessora de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza e do North Shopping Fortaleza. Fez intercâmbio acadêmico nos Estados Unidos e atualmente mora no Porto (Portugal).