Como escolher a administradora do seu consórcio de motos

Apesar de ser uma modalidade de crédito que não tem juros, o consórcio de motos tem outras taxas que podem variar bastante de administradora para administradora, elevando bastante o valor final da sua moto. Saiba o que considerar para escolher uma administradora de consórcio confiável. 

Como escolher a administradora do seu consórcio de motos
Fuja de armadilhas na hora de comprar o seu consórcio de motos
  • Saiba que critérios considerar e o que avaliar na hora de escolher administradora do seu consórcio de motos.

Quem opta por um consórcio de motos está consciente em relação às peculiaridades deste tipo de crédito. O consórcio de motos é para quem não precisa da moto de imediato, quer fugir das altas taxas de juros dos financiamentos, ou quer poupar dinheiro com um fim definido e não tem muita disciplina financeira.

 

Faça uma simulação e escolha o seu consórcio de motos.

 

Dito isto, agora é escolher uma administradora para comprar a cota do consórcio de motos. As administradoras de consórcios de motos mais seguras do mercado, são as geridas pelas próprias empresas fabricantes, como é o caso do Consórcio Nacional Honda ou Consórcio Yamaha Motor. Isto porque, as fabricantes dão garantias de entrega, e além disso são grandes marcas com know-how e credibilidade administrando o seu consórcio de motos.

 

Em todo caso, para certificar-se da idoneidade do consórcio de motos que pretende adquirir, consulte o site do Banco Central do Brasil, responsável por regular e fiscalizar o setor de consórcios e a atuação das administradoras.

 

 

COMO ESCOLHER A ADMINISTRADORA DO CONSÓRCIO DE MOTOS?

Há alguns critérios importantes que devem ser levados em consideração na hora de escolher um consórcio de motos. Um deles é saber da procedência da administradora do consórcio. Não se deixe seduzir por promessas de contemplação rápida. Se o consórcio for sério, não há como saber quando será contemplado.

 

Outro fator, é o valor da taxa de administração e do fundo de reserva. Esses valores variam de acordo com a administradora do consórcio, e pode girar em torno de 13% a 20% por todo o período. Isso quer dizer que o valor da taxa de administração é o valor que a sua moto sairá mais cara. Por isso, se você comprou uma cota num consórcio de motos no valor de R$10 mil e paga 15% de taxa de administração, significa que você pagará pelo menos R$1.500 a mais pela sua moto.

 

Investigue também quantas assembléias e sorteios devem acontecer por mês e quais as condições de contemplação. Quanto mais sorteios acontencerem, mais chances você tem de ser contemplado. Informe-se sobre o funcionamento dos sorteios e dos lances. Leia atentamente todas as cláusulas do contrato antes de assinar e não assine enquanto tiver dúvidas.

 

 

COMPARE E ESCOLHA O CONSÓRCIO DE MOTOS MAIS BARATO

Com o comparativo abaixo, você consegue visualizar o valor da moto à vista, o valor das parcelas e o valor final do consórcio e ter uma noção de quanto vai pagar a mais de taxas pela sua moto. Fazer uma simulação é fundamental para saber se a parcela do seu consórcio de motos caberá bem no seu bolso.

 

Consórcio Nacional Honda
Honda CG 125 FAN KS
Valor da moto: R$6.051,00
Prazo: 60 meses
Parcelas: R$128.72
Valor final: R$7.723,20


Consórcio Yamaha Motor
Yamaha Factor 125 K
Valor da moto: R$6.026,00
Prazo: 60 meses
parcelas: 129,66
Valor final: R$7.779,60

 

Quer saber mais? Faça uma simulação para um consórcio de motos com o o seu perfil.

Leia também» Consórcio de motos: vantagens desvantagens.

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar